MENU

quinta-feira, 12 de janeiro de 2006 - 12:24F-1

DESPACHOS ITALIANOS II

MADONNA DI CAMPIGLIO (depois do almoço ao ar livre com zero grau, programa de índio; mas a comida estava boa) – Faltou contar uma de jantar de ontem. Várias taças de vinho depois, o cara da Ferrari diz: “O melhor ano de Rubens conosco foi 2003. Depois de Silverstone, ele começou a andar bem e fez grandes corridas. Na Hungria perdeu por nossa culpa. Naquele segundo semestre ele percebeu que podia bater Michael. Em Suzuka, ganhou e nos deu o título. Rubens ia começar 2004 com muita força. Mas aí o ‘tedesco’ ganha as cinco primeiras corridas do ano! De onde ele tirou tanta vontade e motivação a gente não sabe. Mas era uma coisa de deixar todo mundo de queixo caído. Michael comeu Rubens vivo. Devorou ele. Não tem quem aguente”.

Comeu vivo. Exatamente isso. Em 2004, Schumacher engoliu Barrichello. Aliás, engoliu todo mundo.

35 comentários

  1. Rogério disse:

    Já li reportagens que no ano seguinte Senna iria para a Ferrari, e não Schumacher… Se não me engano… declarações do próprio Jean Todt… Senna ia engolir o Schumacher se estivesse vivo… E você mesmo escreveu algo (Rodrigo) que comprovou o que falei… A formula 1 depende muito mais do carro do que do piloto… A Williams com suspensão ativa era imbatível… Assim como a Ferrari era imbatível… Eu diria que é como Alonso e Kimi Raikonen… nas primeiras provas a Renault era melhor … depois a McLaren foi melhor… e justamente os melhores carros, tiveram seus pilotos brigando pelo titulo… cadê Schumacher ? 70 pontos atrás do líder…. porque ? porque a Ferrari tava um lixo… e o Schumi comeu poeira….

  2. Callegario disse:

    Nelson Luiz Carneiro

    Relembrem o grid de largada das 3 primeiras corridas em 1994:
    Brasil
    1- Ayrton Senna
    2-M. Schumacher
    3-D.Hill

    Pacífico
    1- Ayrton Senna
    2-M. Schumacher
    3-D.Hill

    San Marino
    1- Ayrton Senna
    2-M. Schumacher
    3-G.Berger
    4-D.Hill

    Senna era mais rapido que Hiill, e este foi campeão em 1996 derrotando M. Schumacher.
    M. Schumacher venceu as tres corridas por um motivo; Senna não completou as provas.

  3. RODRIGO disse:

    Quem o Senna segurou atras dele? o Mansel? vc não lembra da éra da suspensão ativa, o Senna comeu poeira eo récorde vitórias em uma mesma temporada só foi quebrado agora e aquilo foi em 1992!! volto a dizer se o melhor piloto tem o melhor carro fica imbatível, como aconteceu com o Mansel naquela época, e só não foi Bi porque no ano seguinte a FIA proibiu a suspensão ativa, vc lembra? e a Mc Laren nunca mais foi a mesma!! tanto que Senna saiu de lá se o piloto leva o carro tanto no braço, porque Senna deixou a Mclaren para ir para a Willians? vc explica isso? e só para lembrar o nos dois primeiros títulos do alemão na Benneton a Willians tinha mais carro… eo Alemão ganhou, provando o seu valor…

  4. PedroJungbluth disse:

    Tudo bem, Schumacher é hepta, isso ficará para história, mas não podemos imaginar que todos os títulos da F1 tiveram o mesmo valor.
    Ter um escudeiro na melhor equipe é uma coisa, ter um inimigo visceral é outra…
    Lógico que se a McLaren de 1989 não tivesse sido tão forte talvez Senna não tivesse espaço na equipe para sua recuperação na segunda metade do campeonato, que culminou com o título…

  5. Rogério disse:

    Não tem como comparar a tecnologia dos carros dos anos 80 com os atuais… nos anos 80 dependia muito mais da habilidade dos pilotos do que dos carros… Apesar de ter um carro miserável (a McLaren) ele conseguia segurar atrás dele um dos maiores pilotos com um dos melhores carros (a Willians, com Nigel Mansell)… Hoje praticamente todos os pilotos andam iguais. É muito mais determinante o carro que o piloto… Pra mim é o que aconteceu na Ferrari… Schumacher foi mais político que os outros pilotos, teve todas as preferências… aproveitou a boa fase da equipe e fez fama. (Com um certo boicote a um brasileirinho) Ferrari morreu, Schumacher também… Se a Ferrari se recuperar, Schumacher se recupera… Assim seria, com qualquer piloto… Se o Schumacher fosse piloto da Minardi, hoje não seria nada na formula 1…

  6. rodrigo disse:

    O Alemão é só fama? estranho e quendo a época da Mclaren acabou o Senna fez o que? correu da Mclaren para a Willians, pois sabia que na Mclaren não teria como ganhar títulos, mesmo sendo ele o Ayrton Senna, vejam, desde o início da década de 80 os carros começaram a ter papel definitivo nas corridas e aliando isso ao talento de pilotos como Senna, Shummy, Mansel, estas equipes ficam imbatíveis, grande besteira vc falou… Shumacher é 7 vezes capeão mundial com todos os méritos como o Senna teve o dele na época das ibatíveis Mclaren.

  7. Galvão disse:

    Pedro, vc está certo.

  8. PedroJungbluth disse:

    Rogério, atualmente o acerto de carro de pit para o bólido é proibido. Nenhum sinal pode partir do pitlane para os carros, pode apenas receber, além do rádio, é claro.
    Criaram essa regra após o vergonhoso comportamento da Ferrari no GP do Brasil de 2002, onde o Rubens andando de F2001 liderava a prova, seguido de Schumacher de F2002. Estranhamente o carro de Rubens teve “problemas hidráulicos”, um carro muito confiável no ano anterior, e mais que testado.

  9. Rogério disse:

    Acho interessante quando as pessoas dão opiniões sobre o que a mídia libera. Acontecem tanta coisa nos bastidores da F1 que nem a mídia tem acesso, que falar que um piloto é melhor ou pior é até besteira. Se o Barrichello não tivesse provocado uma situação embaraçosa para a Ferrari, mostrando que a equipe havia mandado ele trocar de posição com Schumacher, vcs acreditam que alguém ia ficar sabendo disso ? Pra mim isso foi apenas uma amostra de muita coisa que acontecia dentro da Ferrari. Muitas partes do carro são controladas e monitoradas pelo box. Se os caras quisessem reduzir o rendimento de um carro, poderia fazê-lo… Pra mim, Barrichello ou qualquer piloto que estivesse na Ferrari, nunca venceria Schumacher. Não pelo talento, afinal, só foi a Ferrari virar um fiasco que o Schumi não fez nada de impressionante no campeonato. Schumacher pra mim, é resultado de uma época de sucesso da Ferrari… qualquer piloto que estivesse na Ferrari nessa época seria consagrado. Schumi pra mim é só fama…

  10. Galvão disse:

    ACHO QUE A FERRARI VIVEU UM PERIODO GRANDE DE VITÓRIAS, ERA BARRICHELLO, PORQUE AGORA CONTINUA COM O ALEMÃO MAS O PERÍODO BOM JÁ ACABOU. O ENGRAÇADO É QUE O PERÍODO DAS VACAS GORDAS VAI SER APENAS ENQUANTO O RUBINHO ESTAVA LÁ . . .

  11. PedroJungbluth disse:

    Pô, eu detesto Harry Poter…
    Olha, sobre minhas opiniões sobre a Ferrari, não a critico pela sua filosofia de ter um piloto principal.
    Foi loucura do Rubens achar que bateria o Schumacher depois do Alemão já estabelecido lá… Foi loucura minha também na época acreditar que isso era possível, apesar de não ter me agradado a transferencia… Depois, conhecendo a história da Scuderia, onde pilotos como Gilles já foram escudeiros sob promessas, não me surpreendi com mais nada.
    Essa sempre foi a Ferrari, e sempre será. A equipe não é prioridade apenas, é a única prioridade. Assim pensava Comendadore, assim pensa o Montezemolo, e foi o que ele disse no famigerado caso da Áustria em 2002: “Nunca a Ferrari vai aceitar um piloto que se coloque antes da equipe”.
    Não critico esse método de pensamento, ia adorar ver lá o Rubens e o Massa, mas é %!@$&@#quando o primeiro é o piloto que vc nao gosta.
    Tirando isso, pra mim a Ferrari sempre será o inimigo, mas num sentido saudável de torcida, da mesma maneira que palmeirense odeia corintiano.
    Não significa que eu veja ela como um monstro…

  12. Carlos Piazza disse:

    Rangel, concordo plenamente com o seu raciocinio, perfeito !!!
    Lembre-se contudo, que a maioria das opiniões aqui depositadas parecem vir direto de um livro de contos de fantasia. A maioria maciça da audiencia da F1 moderna é composta por jovens torcedores que desenvolveram um estranho paralelo com as fantasticas estorias de Harry Potter, Sr dos Aneis e coisas deste tipo. Pilotos são heróis ou vilões, escuderias são monstros tecnológicos e por aí vai.

  13. PedroJungbluth disse:

    Isso não significa, caro Josefo, que Rubens não possa ganhar do alemão, pelo menos em outra equipe.

  14. Flavio Josefo disse:

    Foi Shummy venceu Rubens com grande vantagem.. mas eu que mal pergunte…
    Não foi nesse ano que Rubens a mando da equipe dei a vitória ao Shumacher ??????

    O piloto number one não era Shummykis ?

    Então se um piloto number One da equpe que tem todas as preferencias (QUE TODOS SABEM ) não querendo desmerecer seu talento não ganhassees assim .. meu amigo… até o kataima seria campeão..

  15. Rangel disse:

    O Funcionário da Ferrari pode não ter acertado na sua análise, mas me pareceu que era bastante sincero. Bom para os que acreditam na Conspira.ção contra um Brasi.leirinho analisarem. Em 2003 realmente subiu de produção no segundo semestre, mas o Alemão também subiu, tanto é que venceu provas onde se esperava a vitória da Mclarem ou da Williams que estavam superiores. Ficou muito marcada a última prova que Rubens venceu e Schumacher foi oitavo, méritos da vitória para Rubinho e quase um castigo para Schummi que abusou do espírito “já ganhei” e quase perdeu o CAmpeonato. Em 2004 foi um passeio sem limites, e o mecânico disse muito bem, Schumacher engo.liu o Barrica, aliás Michael tem feito isso ao longo dos anos, toda vez que um companheiro se assanha leva uma surra sem dó para saber seu lugar, é isto aí…
    Se o próprio Barrichello presta um depoimento admitindo o maior talento do “Tedesco” por que ainda existe gente que duvida ??

  16. PedroJungbluth disse:

    Bem, ainda sobre Rubens vs Schumacher, sem considerar nenhuma vantagem da equipe em cima do Schumacher…

    Rubens se adaptou bem ao F2002, e muito bem ao F2003 GA -b, que tinha bico de aço.
    Antes do bico de aço, quando o F2003 escapava de frente, o schmacher era muito mais rápido que o Rubens. Deposi desse tal bico (adivinha quando foi instalado? Em Silverstone) o carro ficou mais equilibrado, e com mais “jeito” de Rubens.
    Depois, em 2004, Rubens definiu o carro como “muito rápiudo, mas com pouca possibilidade de acerto”.
    Ora, acho que todos concordam que o acerto do Rubens, traduzindo, sua sensibilidade com o carro, é sua vantagem para o alemão. No momento que ele não pode trabalhar muito com isso, o alemão voa, engole mesmo.

    Na sua última declaração a respeito, Rubens mostrou muita clareza, onde negou grande diferença de velocidade, mas assumiu o maior talento do alemão.

  17. Thiago Azevedo disse:

    Acho o Schumacher melhor que o Rubinho, mas como disseram, a diferença entre eles não é tão grande. E na chuva tenho minhas dúvidas se o alemão é melhor que ele… A verdade é que a Ferrari sempre boicotou o Rubinho, principalmente no início dos campeonatos. Me lembro do primeiro duelo entre eles, na classificação para o GP da Austrália. A diferença entre eles foi de +ou- 0,1 segundos na classificação (a equipe estava observando o duelo entre os dois e perceberam que a parada seria dura) . Uma ou duas corridas depois (em Ímola, pista em que o brasileiro sempre andou bem) o Rubinho tomou cerca de 1 seg. na classificação e tomou 1 volta na prova.
    Aqueles erros absurdos da equipe no GP do Brasil … As quebras somente do carro do brasileiro.
    Boa parte das vitórias do brasileiro ocorreram no final do campeonato, com este já decidido em favor do alemão ou para ajudá-lo, como no GP do Japão de 2003. O Rubinho, na minha opinião, não anda bem em Suzuka, nunca fez corridas brilhantes, com exceção do GP de 2003 que foi vencido por ele. O detalhe desta corrida é que o alemão precisava da ajuda do brasileiro para garantir o campeonato, e aí a Ferrari finalmente investiu nele e ele venceu.
    Embora muita gente discorde, havia diferença entre os carros, não tenho dúvidas. Também não acredito que a vitória do alemão no último GP da Áustria seja legítima (depois daquelas manobras anti-desportivas nos 2 anos anteriores, eles quiseram aliviar para o alemão). O Schumacher sempre tomou coro dele lá.
    Exemplos não faltam…

  18. alexandre disse:

    Olha, não é a toa que a Ferrari não deixou o Rubens guiar pela Honda enquanto pôde. O cara tem talento, sim. E faço coro com o cara lá de baixo: Edgar de melo Filho, volta!!!

  19. Daniel disse:

    Ahan… 2004 não foi o ano em que quase nem deixaram rubens treinar com o carro novo… pra ele nao pegar a mao do carro e acontecer igual a 2002… onde tiveram q sabotar muito rubens com cavaletes e etc… pra nao ficar feio pro nro 1… fora que teve uns 2 ou 3 campeonatos em que o Rubens começava melhor q o alemão e logo a Ferrari arranjava um jeito de “reestabelecer a ordem natural das coisas”…

  20. André disse:

    O desempenho de Schumacher em 2005 só vem a confirmar a minha tese de que ele não é melhor que o Senna.O que dizer da temporada de 1993,onde o próprio Schumacher ultrapassou o Senna em Silverstone,em que o Ayrton com a McLaren com o V8 não oficial da Ford conseguiu ser vice-campeão,com 5 vitórias,e isso com as Williams que praticamente andava sozinha,como bem disse o Carlos.Duvido que o Schumacher fosse conseguir o isso nas mesmas condições,com um carro daqueles…

  21. paulo disse:

    óbvio que rubens começaria toda força e motivação, mas querer passar a imagem de que o rubens só não disputou o titulo pelo impedo do alemão, ai não, todos sabem que o rubens não disputaria o titulo nem se ele tivesse ganho as 5 primeiras, conta éssa pra outro!!!!!!!

  22. CARLOS disse:

    Ô “seu” Nelson Luiz Carneiro, vc deve tá comendo grama mesmo…. não dá pra comparar 1994 com 2004, ainda mais que o carro que o Senna pegou era uma bomba ambulante das sobras do carro de 93, aquela super máquina que praticamente andava sozinha.
    São épocas distintas e os valores eram outros.
    Além disso a Benneton tava com um carro muito equilibrado e bem mais desenvolvido do que a willians sem suspensão ativa e com um motor 1/2 boca.

  23. Fernando disse:

    Que o alemão é melhor que o Barrichelo, não dúvido, e até por isso, a preferência da Ferrari e todo apoio. Que existe uma diferença entre os dois é fato. Contudo, acho que essa diferença realmente não é tão grande quanto a comparação de desempenho de ambos poderia indicar. A preferência da Ferrari pelo alemão era a grande diferença. Sinceramente, ainda acho que o Barrichelo pode até superar Schumacker, desde que um carro igual (dependendo do circuíto) ou pouco melhor.

  24. Nelson Luiz Carneiro disse:

    Relembrem os resultados das 4 primeiras corridas em 1994:
    1. Brasil: vencedor: Michael Shumacher
    2. Pacífico:vencedor: Michael Shumacher
    3. San Marino (onde morreu o Senna): vencedor: Michael Shumacher
    4. Monaco: vencedor: Michael Shumacher

    O alemão ainda ganhou mais 4 corridas naquele ano (CAN, FRA, HUN, NUR).

    “Michael comeu Rubens vivo” é o que a fonte da Ferrari falou pro Gomes. É mesmo! Ele comeu até o Senna vivo!

    O fato é que RB raramente foi mais veloz que MS. O que não é demérito de RB já que, em toda sua carreira na F1, ninguém bateu MS correndo na mesma equipe do alemão, salvo Jordan, naquela quase-corrida em Spa, na sua estréia.

    Eu acompanho F1 desde 1988 e Shumacher é o melhor piloto que eu já vi correr.

  25. Alessandro disse:

    Flávio… por favor… peça pro Edgar Mello Filho voltar a escrever no site…..
    o cara ta fazendo falta… ainda mais depois dessas coisas q vc posta aki no blig…
    abraços
    Alê

  26. Leandro disse:

    Eu ainda acho q a melhor temporada do Rubens foi 2002,em que ele ganhou 4 corridas,fez pole superando o Shummy na Hungria…achei esse depoimento do funcionario da Ferrari conversa pra boi durmir…o Barrichello não teve nenhuma chance em 2003,não foi nem vice (foi o Raikkonen).Ele vinha sendo super criticado até a corrida de Silverstone.O Schumacher nunca engoliu o Barrichello pq nunca tiveram condições de brigar um contra o outro(não que eu pense q o Barrica seja melhor q o alemão,pelo contrário!),eu ainda acho que é injustiça fazer comparação entre os dois,a gente sabe muito bem da hierarquia dentro da Ferrari…pra mim isso é balela…

  27. César disse:

    Eu nunca entendi o motivo da diferença de desempenho entre o Schumacher e o Rubens na temporada de 2003. Era uma diferença muito grande, e o alemão, depois de Silverstone, fez atuações apagadas, culminando com aquela lástima que foi a corrida em Suzuka: enquanto o Rubens desfilava lá na frente, o Michael se enroscava com o Takuma Sato (!!!) e se matou para conseguir chegar do oitavo para baixo. Será que o projeto de um carro pode influenciar tanto assim no desempenho de um piloto, como dizem? Eu não sei, já que um F1 deve ter muitas regulagens, o que deveria permitir uma melhor adequação do comportamento do carro ao estilo do piloto, e obviamente o piloto também precisa “pegar” a manha do carro. Eu realmente gostaria de saber o motivo de tanta diferença, tanto em 2003 quanto em 2004.

  28. andre disse:

    Acho engraçado como as pessoas criticam Barrichelo e ainda acham que Schumacher é um excepcional piloto, comparado a Senna, Mansell, Prost, Piquet, Emerson… as coisas ficam fáceis para um piloto quando existe toda uma equipe por trás para ajudá-lo, mas quando a coisa é nivelada e lhe falta esta estrutura reconhecemos a capacidade do piloto. Quantos excelentes pilotos foram campeões com péssimos carros? É muita covardia comparar Barrichelo com Schumacher quando se tem tamanha apoio da equipe para um determinado piloto. Isso ficou claro e espero que se confirme nesta temporada. Schumacher não comeu Barrichelo. A Ferrari foi quem comeu e apagou Barrichelo.

  29. Rodrigo disse:

    E tem quem dúvide do Alemão…

  30. Gustavo disse:

    concordo em gênero, nº e grau com o funcionário da Ferrari. 2003 foi o melhor ano de Barrichello, principalmente na 2ª metade da temporada. Apesar de não ter sido traduzido em resultados, o desempenho dele me pareceu superior ao de Schumacher, apesar de termos que levar em consideração que o alemão estava administrando sua vantagem no campeonato.
    Em 2004, também esperava o nivelamento de desempenho dos dois, mas aí ele realmente comeu Rubinho (no bom sentido!!!)…RB diz que o carro de 2003 favorecia sua pilotagem, enquanto que o de 2004 favorecia Schumacher. Acho que ele tem razão. Abs

  31. PedroJungbluth disse:

    Bem, eu sou um fã do Rubens, sempre achei um absurdos brasileiros torcerem contra ele (sim, contra, não venham com demagogias) mas devo assumir que ele não venceu o alemão não.
    Tinha sim, diferenças de tratamento, mas isso não significa que ele é ruim, ou que é apenas “um bom piloto”. Disseram ai que na F1 tem que ser mais de 100%, se não não é alguém. Discordo completamente, o Rubens é um grande piloto, capaz de ser campeão sem dúvida, só teve o azar de conviver junto com um dos melhores pilotos, e maior da história, Schumacher.
    Espero que parem agora com esse papo de dizer que ele não tem garra, etc.
    Para vencer Schumacher não basta ter garra, não basta ser muito bom como Rubens, Infelizmente.

  32. antonio augusto purr disse:

    Comeu todo mundo e , na minha opinião , se a Ferrari tiver mais ou menos , vai comer de novo . O cara ficou em 3º no campeonato ( ou 4º se desconsiderarmos a prova americana ) mesmo com um carro prá lá de ruim . Ficou em 3º disputando com Montoya de McLaren , Fisico de Renault , Button de BAR … A outr Ferrari , a de Rubens , disputava com Coulthard , Sato , Klein , etc . Dápra ver a diferença .
    Temos de torcer contra a Ferrari senão volta a previsibilidade de sempre : Alemão na cabeça ! . Massa ganhar do Schumi ? 1 pode ser ; 19 nem em sonho …

  33. Luiz Dresler disse:

    Flavio, na boa, eu bem queria estar ai nesse progrminha de indio que vc tá…rs
    Vc em agum momento achou que o Rubinho era alguma coisa dentro da Ferrari, ele entrou da mesma maneira que saiu, sem nada, sem titulo e sem reconhecimento, ele é um piloto 100%, só que na minha opinião, na F1 para ser alguem vc tem que ser um pouco mais de 100%, casos como o alemão e o Senna.

    Abs e bom “jabá”

    Luiz

  34. Sucrilhos disse:

    uau, e o que teve de sobremesa nesse almoço? Sorvete?
    Bom, falar o quê desse alemão, né? Acho que uma boa maneira de começar a desmotivar ele, e acelerar a sua aposentadoria, é colocar um companheiro de equipe merreca. Um malaio da vida. Pq o que dá pra perceber é que o Rubinho não é ruim, só deu azar de ter corrido junto com um dos melhores de todos os tempos.

  35. Giulio disse:

    Precisa falar alguma coisa? O proprio pessoal que está lá já disse tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>