MENU

segunda-feira, 21 de julho de 2008 - 17:37F-1

NADA DE ORDENS!

SÃO PAULO (tá bom) – Reproduzo post que coloquei agora há pouco no meu bloguezinho de F-1 no site da Bridgestone.

“Ron Dennis jura que não mandou Kovalainen deixar Hamilton passar ontem. Disse que a decisão foi do finlandês, ao perceber o ritmo do companheiro. Pode até ser. Mas se ele não deixasse, a ordem viria. O que dá no mesmo.”

Acrescento apenas que não sou 100% contra ordens de equipe. Dependem muito da situação. Afinal, trata-se de um campeonato de equipes, também. Ninguém corre sozinho. Ontem, era claro que deveria ser dada. Aliás, nem precisava, mesmo. Qualquer piloto sensato faria o que Kovalainen fez. Por isso que o episódio não mereceu deste que vos fala maior destaque. Foi algo natural.

Sou contra, sim, pataquadas como a de 2002 na Áustria. Aquilo foi ridículo. Começo de temporada, decisão desnecessária, boba, um castigo injusto para o piloto que dominou o fim de semana todo, Barrichello. A Ferrari não precisava ter feito aquela bobagem. E Rubens não precisava deixar para a última volta. E Schumacher não precisava ter passado. Foi um festival de sandices.

38 comentários

  1. Flávio disse:

    Não há diferença!
    Ordem de equipe é ordem de equipe!
    O que Barrichello fez na Áustria foi algo lamentável, não precisava…porém foi coisa dele, não foi a Ferrari quem pediu pra que fosse feito daquela maneira, mesmo porque foi a maior prejudicada…
    Ordem de equipe acontece em todas elas…não venham botar “panos quentes” na Mclaren. Pra mim a ordem é algo normal, mas não se pode aqui condenar uma e absolver a outra…

  2. Marcelo Mig disse:

    É interessante acompanhar como o ciclismo de velocidade lida com esse assunto de maneira totalmente diferente do automobilismo.
    Lá o jogo de equipe faz parte da estratégia de corrida de cada um dos integrantes o tempo todo.
    O Tour de France está sendo disputado agora, é uma excelente oportunidade de conferir.

  3. Marcos Micheletti disse:

    O Lito Cavalcanti (EsporTV) quase teve um chilique quando o Kovalainnen abriu pro Hamilton.
    Se fosse “nosso Brazuca” passando o Kimi, talvez ele achasse natural…Aliás, cá entre nós, o Lito não é a cara do Chaves (Roberto Bolaños?)

  4. Kmaratta disse:

    O Ron Dennis não manda mais nada. Ordem da Mercedes.

  5. Dr. Koroiva disse:

    Prá mim, o R.Dennis mandou mesmo e o Kova obedeceu. E não foi a primeira vez. Na França também foi do mesmo jeito. O errado é o Sr. Dennis conversar fiado e dizer que na equipe dele, os pilotos tem tratamento igual e não há ordens de equipe. Ele já fez pior que a Ferrari em 2002. Em 1998, mandou o Coulthard entrar no boxe só para o Mika Hakkinen vencer na PRIMEIRA corrida do ano. Depois deu uma desculpa que era prá consertar um erro qualquer da equipe numa parada do finlandês.
    O episódio da Àustria em 2002 não tinha nessidade e o Barrichello deixou para os últimos metros. Quase parando o carro. Devia ser despedido por expor todos (Ele, Schumacher e a Ferrari) ao ridículo.
    Desse jeito, era melhor não ter deixado passar e depois fingir que não escutou a ordem. E o contrato que se dane.

  6. JT disse:

    Deixei um comentário no blog da Bridgestone mas ele não foi publicado ainda. Nele afirmei que Hamilton passaria todo mundo de qualquer modo. A dobradinha Lewis/MacLaren tem tudo para ser a nova dinastia da Fórmula 1.

  7. Enio disse:

    Deu até pra fazer a leitura labial do Ron Dennis: “Get out of Hamiltons´ face, do it now. Stop the fuckin´ car”.

  8. evandro disse:

    claro que o kova tinha que deixar passar assim como o nelson piquet deixou e´ bom senso so isso

  9. Cristiano, o ruivo disse:

    O Rubinho falou no Linha de Chegada que a gota d’água foi ter que “reduzir os giros” naquela corrida de 6 carros. Pois esse copo demorou demais para transbordar…
    Alguém acredita que o Kova, o Zaca e o Piquetzinho iam conseguir seguirar o Luís Amilton? Tenham dó… aliás, dó mesmo, destruiu a concorrência esse rapaz!

  10. Flavio, se foi jogada da McLaren ou não, pouco importa. Acho que no mano a mano, Kovalainen não seguraria o ímpeto feroz de Hamilton. Aliás, para mim, o inglês fez a melhor corrida da carreira dele em Hockenheim.

    Agora, se quiser ver Kovalainen campeão do mundo, veja aqui: http://douglas.willians.blog.uol.com.br/arch2008-07-20_2008-07-26.html#2008_07-22_02_48_29-8691631-0

    Fica aqui uma sugestão. De blogueiro iniciante para blogueiro consagrado.

    Abraços!

  11. O Way deles disse:

    Flávio Gomes,

    Os ingleses (McLáricos) e os espanhóis (Alonseiros) estão jogando sujo para desestabilizar o ambiente na Ferrari.

    Primeiro é o Santander que vai levar Alonso pra Ferrari, e agora “De acordo com o ex-piloto de Fórmula 1 Martin Brundle, não seria nenhuma loucura que o campeão do mundo Kimi Räikkönen se retirasse no final desta temporada. Para o inglês, o finlandês, de 28 anos, da equipe Ferrari, está infeliz e frustrado.”
    http://www2.uol.com.br/teojose/noticias/ult794u55475.shl

    Para depreciar Nelson Ângelo, Keith Collantine, responsável pelo blog f1fanatic.co.uk escreveu o post:
    “Nelson Piquet Jnr: was he lucky or good?”, onde diz que, segundo ele, Nelson É, DE LONGE, O PIOR PILOTO DO ANO.

    E nos comentários com seus blogueiros, ainda emenda: “I don’t think he ‘deserved’ anything – he’s massively under-performed this year”.

    Ou:
    Plenty of people have been demanding Piquet be removed from the car – around here at least!
    http://www.f1fanatic.co.uk/2008/07/20/nelson-piquet-jnr-was-he-lucky-or-good/#more-7524

    Felipe Massa é tratado com o mesmo “carinho”.

    E ainda tem brasileiro fazendo o mesmo desserviço.

    Não sei se nessa superioridade instantânea da McLaren não tem alguma nova trapaça nos moldes da espionagem do ano passado. Quando a esmola é demais, o Santo Ander desconfia…

    E ainda tem um batalhão de paparazzis e pentellazis seguindo o Kimi por todo canto… Esse Brundle não deixa o Kimi nem have a shit.

    Esse é o jeito deles de fazer as coisas…
    “This is…MY WAY”
    http://www.youtube.com/watch?v=aLC3uT3aCoE
    .

  12. Zalex disse:

    Ron Dennis falou para Kova: ‘Segura o inglês Kova!! O Galvão falou que você é melhor que o Lúis’

    Kova para o Ron: ‘Não vai dar Ron, o Flavio Gomes já reconheceu que o Lúis é o melhor piloto do mundo, e não o Alonso’

  13. Antonio Jose disse:

    É verdade, Flavio, o episódio da Ferrari em 2002 na Austria foi uma tremenda injustiça, além de terem feito tudo errado. E isso custou de forma irremediável a imagem de um excelente piloto, Rubens Barrichello. Muitos sabem o quanto ele é rápido e bom, principalmente na chuva. Mas, a maioria não perdoa, assim como, os progamas medíocres de humor da TV.

  14. Magnum Freire disse:

    http://br.youtube.com/watch?v=T-PgZ7Psel8

    Existe coisa melhor do que essa?

    Desde esse dia, esse apenas piloto brasileirinho, perdeu um torcedor.

  15. Blog Position disse:

    Se o finlandês for punido, Felipe Massa deve ser punido também! Cedeu a posição mais escancaradamente do que Kovalainen…

    abraço!

  16. Igor disse:

    O que queriam? Hamilton andando que nem um foguete, Kovalainen lá, fazendo a corrida dele, numa boa, o que queriam? Que o Kova não deixasse passar?

    Ah, mas pra nós, seria melhor, depois de 18 anos, uma dobradinha Brasileira, e quem no alto do pódio? Piquet!!!!

    Mas, para McLaren, era negócio deixar o Hamilton ir embora e sair passando quem viesse feito um louco, e a vitória e a liderança no campeonato veio. Ou vocês acham que a McLaren iria sentir prazer vendo Massa em 1º no campeonato?

    Sobre a palhaçada da Austria, lamentável mesmo, Rubinho teve um fim de semana onde andou mais do que todos, humilhou todos, e depois, pra que entregar a vitória? Dêem à Cesar o que é de Cesar.

    E como já disseram, ele podia ter vencido, passado por um inferno astral, e até ser demitido e colocarem já em 2003 o Massa no lugar dele(Massa na época, era piloto de testes da Ferrari, após ser demitido pela Sauber)

    Mas no ano seguinte, ia ter equipe grande querendo ele, Williams tinha Ralf Schumacher titular, McLaren já não estava feliz com a performance do Coulthard(que só tinha vencido a corrida da estréia, na Austrália, enquanto o Kimi disputava o título), então, dava para ele ter conseguido um belo contrato. Mas ele preferiu assim, então, o que fazer?

  17. MSM disse:

    É claro que o Ron Denis mandou o Kovalainen deixar o Hamilton passar, mas o inglês passaria de qualquer modo, pois, estava com o carro mais rápido. O pior que podia acontecer era o Hamilton perder mais tempo em relação ao MAssa e ao Piquet Jr, mas o carro estava tão rápido que acabaria ganhando do mesmo jeito. Se a FIA der alguma punição (5 posições no grid é o ideal) não me surpreenderia.

  18. Jairo Fernando disse:

    Quando lembram o episódio da Áustria, eu sempre comento: meu filho deixou de acompanhar a F1 justamente por causa do que o Barrichello fez. Todos já disseram um monte de SE e do que o Barrica deveria ter feito. Como bem disse o Cláudio F1, valia muito mais ele ter vencido, perdido o contrato, caído em desgraça com a Ferrari, mas, nunca, nunca mesmo, perder o apoio de sua torcida brasileira. Eu ainda torço para todos os brasileiros, inclusive o Barrichello, mas meu filho considera o mesmo a maior piada da F1.

  19. Leonardo disse:

    Não li os comentários, mas fiquei com uma dúvida. Por que a Mclaren ficou com a posição do meio no uso dos boxes ? Não era para ficar em último ? Em Silverstone também notei isso e achei deveras estranho. Há algum motivo justo ?

  20. Devoto de Santo Ander disse:

    O EdisPJ disse:

    “E agora, com essa história de ‘borboletas extras’ no volante, sugerindo um controle de tração disfarçado…”

    Será que é o STC? Santander Traction Control ?

    Foram duas provas com aquele troféu…

  21. Marco Aurélio disse:

    Se se Barrichello tivesse deixado Schumacher ultrapassar bem antes na pista, quem iria acreditar nele ? A cambada iria dizer é Barrichello é feinho mesmo n aguentou a pressão do alemão e entregou a posição quando viu Schumacher. Esta foi a mais escancarada e as outra vezes?
    Quanto a comparação com o Kova n tem o menor sentido, em 2002 nem na metade do campeonato estava e já estava favorecendo o alemão, agora n a Mclaren esta correta .

  22. EdisPJ disse:

    Na minha opinião foi uma ‘pataquada’ no mesmo nível daquela…o cara simplesmente parou para o outro passar, sem esboçar qualquer reação…

    E agora, com essa história de ‘borboletas extras’ no volante, sugerindo um controle de tração disfarçado ou algo que seja equivalente, estaremos a caminho de outra ‘punição severa’ por burlar o regulamento? Duvido!!!!

  23. disse:

    Ordens eram e sempre serão dadas aqui
    Pode Parar! O Link do Duda Carlini é o #1
    Preparador e Meca Chefe e Carro, a equipe sempre teve!
    http://br.youtube.com/watch?v=zpY1oxCYE58
    Tudo Louco!

  24. MarcioVS disse:

    Existe ordem de equipe em praticamente todos os esportes, como no ciclismo, por exemplo. Isso é normal.

    Cabe ao esportista se esforçar e ser mais melhor que o companheiro.

  25. Cláudio F-1 disse:

    Em 2002, Barrica deveria ter vencido a prova na tora mesmo, a contra-gosto da Ferrari e de Schumacher e depois no final do ano ter se mandado para qualquer outra equipe, mesmo que de menor porte, pois, mais vale um terceiro lugar suado como o que ele conseguiu em Silvestone, pilotando uma carroça e demonstrando o seu real valor, do que dois vice-campeonatos onde ele sequer poderia sonhar em disputar o título com o seu companheiro e era escancaradamente tratado como um capacho tanto pelo Schumacher quanto pela Ferrari. Justamente, por essa atitude de reclamar muito e nada fazer é que o Barrica caiu em descrédito por aqui.
    Falando do Kova, ele agiu de maneira corretíssima, afinal de contas ele nem era favorito na corrida e foi justamente contratado para evitar outras situações desagradáveis como as que ocorreram com o Alonso no ano passado.

  26. romuca disse:

    A tv havia acabado de mostrar Ron Dennis apertando o botão do rádio e imediatamente Kova tirou o pé. Coincidência???

  27. Austria 2002 foi para o mundo ver, quantas vezes Barrichello não foi taxado de braço por cometer um “pequeno erro” suficiente para Schumacher o passar pelos boxes? Isso é manipulação, já o jogo de equipe aberto e “na cara” como o da Bmw no Canadá ou esse da Mc Laren são coisas do jogo, como no ciclismo onde o passista abre para o velocista. Se é para fazer, que faça sem “vergonha” de fazer sem tentar dissimular.

  28. John John disse:

    Flávio,

    Gostei dessa sua frase: “E Rubens não precisava ter deixado para a última volta” (ultimo metro, eu diria)

    Isso foi algo que nunca eu havia ouvido, nem por parte da imprensa, nem por parte de nenhum amigo meu que gosta de automobilismo.

    Mas é algo que sempre pensei. Sei que é um assunto já cremado e jogado ao vento, mas grande parte do mal-estar entre Rubens e Ferrari, na minha opinião, foi por culpa deste epsódio. Rubens ter deixado a ultrapassagem para o ultimo metro, dessa forma escancarada, com certeza não era a intenção da equipe vermelha.
    Claro que Rubens estava pê da vida, e fez isso por total insatisfação com o fato, mas se tivesse a cabeça um pouco mais fresca, e fizesse de acordo com o que a equipe queria, acredito que sua situação não chegaria a como chegou no final, com a “equipe tentando puxar seu tapete”, em suas próprias palavras.

    De qualquer forma – considerando somente quanto a resultado na carreira – com um gênio como o Schumacher do lado, dificilmente a situação de Rubens mudaria independente de sua atitude tomada na Áustria de 2002.

    Dificilmente para não dizer impossivelmente.

  29. Rodrigo Font disse:

    Ele não exigia que os 2 pilotos de sua equipe tinham os mesmos direitos e nenhuma regalia em 2007?
    Estranho….Muito volúvel esse cara…
    Risos…

  30. Roberto disse:

    Com ordem ou não, não merece grande alarde, porque ali foi questão de bom senso.
    Quanto ao episódio da Austria, achei correto a decisão do Rubinho em deixar pro finalzinho a ultrapassagem do Schumacher. Pois serviu pra acentuar a merda imensurável que a Ferrari fez e até hoje mancha a equipe de Maranello.

  31. Daniel-SC disse:

    Não querendo voltar a velha discursão………

    Mas a Unica coisa boa que houve na Austria 2002, foi o Barrica deixar pra Ultima volta, unica maneira de mostrar ao mundo aquela babaquice, se fosse feito antes no decorrer da corrida como queriam tinhamos todo ditos… ahhhh o shumi ultrapassou ele na pista ele não foi pareo para o schumi.
    falow

  32. Net.Uno disse:

    Eu torço pro Mika Hakkinen, mas ele já parou…
    Jogo de equipe faz parte da Fórmula 1 e o Felipe foi fundamental para que o Kimi saísse campeão de Interlagos.

    O Rubinho é um piloto preciso e continua em forma, mas aquele episódio da Austria 2002 foi dos mais ridículos que eu já assisti. Existe limite e jeito de se fazer a coisa. Por isso aquela vaia monumental pro Xumi naquele dia

    Já aquela atravessada do Xumi nos treinos de Mônaco 2006 para atrapalhar o Alonso eu gostei – Troféu Mutley pra ele:
    http://www.youtube.com/watch?v=blbmZO8Oz7Y

    http://www.youtube.com/watch?v=SazBzvQ0ZAM

    .

  33. disse:

    Da ordem de equipe, até a maluquice do Galvão, em querer botar pilha na coisa, assim como, o Saloma não se ligou, e torrou na tomada depois. O que é aquilo, um cara falando para milhões de espectadores, que são consumidores das marcas.
    Queria eu entrar dentro do computador da ferrari.
    Cazzo né FG, se pontos contam como salário, o Alonso que se cuide.
    Piquet Forever!
    Sergio, É nós!

  34. Acarloz disse:

    Concordo, e gostava do tempo em que os pilotos não se sujeitavam a isso.

  35. Souza disse:

    acho que não teve ordem mesmo não
    nem precisaria o hamilton é mil vezes mais rápido que o Kovalainen
    o Kova deve ter tremido. e não dificultou
    é só ver como lewis passou por massa e Piquet
    ele estava endiabrado.

    foi como o Senna passando o Prost em Suzuka 88

    não é a toa que o Lauda fez a comparação
    ele guiou no estilo Senna.

  36. Edmilson Fidelis disse:

    Esse “qualquer piloto sensato faria o que o Kovalainen fez.” serve somente para pilotos da mesma equipe ou, considerando a corrida de ontem, também para o Felipe Massa?

    Brigar contra um carro claramente superior no momento é interessante ou somente jogar para a galera?

    Ouvi comentários de que Massa facilitou demais para o Hamilton.

    Eu, como leigo e mero apreciador da F1 acho que não.

  37. petrafan disse:

    concordo com o FG.

  38. Eric disse:

    Austria 2002 foi um show de horror para o mundo inteiro ver.
    Péssimo.

    Ontem,o Kova quase parou o carro mesmo….se Hamilton viesse um pouco mais perto dava melda….Ordem de equipe,acho que veio sim,mas desde o começo da prova,do tipo,assim que ver o Luis no espelho”Don’t be stupid!!!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>