MENU

sexta-feira, 25 de julho de 2008 - 15:05Colunas Warm Up

SIMBOLISMOS

ZWICKAU (defumado) – Há mais do que coincidência no fato de que Michael Schumacher estreou na F-1 no mesmo dia em que dois brasileiros foram ao pódio pela última vez até domingo passado, quando Massa e Nelsinho repetiram o feito de Senna e Piquet-pai. Esse é o tema da coluna Warm Up de hoje.

Leia lá, comente aqui! Agora vou jantar e depois volto com algumas novidades dois-tempistas.

83 comentários

  1. Ricardo disse:

    em 94 a Williams Renault tb era o melhor carro..

    Motorzão V10 x um Fordinho V8 !!

  2. Zalex disse:

    Schumacher,
    Demitiu o Moreno
    Aposentou o Nelsão
    Matou o Senna
    Humilhou o Barrica
    …salvou o emprego do Massa

  3. Brar Soler disse:

    Em 92 e 93 o carro muito melhor que todos outros era a Willians Renault que fez todas as poles do ano menos essa uma feita pelo Senna.

  4. disse:

    Faz sentido analisar também que Senna fez 13 poles em 88, mais um montão em 89, porque o carro era muiito melhor que o da concorrência. Já em 1992 e 1993, fez quantas? UMA?

  5. Brar Soler disse:

    Marcel Pilatti.
    Naquele ano Schumacher ganhou 10 corridas. (Foi desclassificado de duas). Era bastante esperado que ele fizesse poles, umas 6 não é nenhum numero assim lá do outro mundo.

    Em 92 e 93, ele ganhou 1 corrida a cada ano.

    A afirmação de que enquanto Senna estava vivo Schumacher não fez nenhuma pole, dá a impressão falsa que o Ayrton sempre largou na frente do Schumacher ou que fez a pole em todas as corridas da f1, de 92 a 93, coisa que evidentemente não é verdade.

    Essa afirmação falsa só passa a ser verdadeira nas tres corridas de 94 quando Senna fez as 3 poles nas tres corridas que participou e o Schumacher não fez nenhuma. Mas isso não me parece lá um dado muito extenso em termos de estatística.

  6. Marcel Pilatti disse:

    Brar Soler, faz sentido sim…

    se você analisar que, depois da morte do Senna, Schumacher disputou 11 treinos e fez 6 poles…

  7. Pepe disse:

    O Xumi era bom mesmo. Não era a concorrência que era ruim.

    Mika era um excelente piloto e falaram ai do Jacques e do Pablito Montoya??

  8. Ricardo disse:

    só prá resumir , ele foi macho e teve coragem suficiente prá deixar uma equipe vencedora, e reerguer uma Ferrari que só era nome , pois a equipe era uma porcaria !!! enquanto isso , o Senna ao ser convidado , não teve peito prá isso !! só queria moleza , andar com o melhor carro sempre !! só isso , já poe ponto fina la qualquer discussão sobre quem é quem !!

  9. Rodrigo Tossato disse:

    Agora vamos todos culpar aqui o Alemão por não ter um rival a altura, vamos coloca-lo na cruz por ter jogado o carro em cima de Hill ou ter feito Rubinho de segundo piloto na Ferrari…oras paremos de xurumelas…ele perdeu 4 titulos para Alonso, Mika e Hill, mas os sete que ele ganhou ele não derrotou ninguém?
    Se for esta a lógica então Senna perdeu oito titulos quando encontrou adversários fortes…entre eles Mansell (mediano), perdeu para um aposentado (Prost) etc…a verdade é uma só Shumacher é o melhor da história queremos ou não…o resto é conjectura…

  10. Guilherme disse:

    Flavio, acho que vc esta sendo torcedor tb, mas do Schummi.
    Nao ha duvida de que o alemao foi (ou melhor, ainda eh) um grande piloto, talvez o melhor de todos os tempos. Mas parte de seus recordes deve-se sim ao fato de que nao havia nenhum campeao em atividade boa parte dos anos em que correu:
    Em seu primeiro campeonato, a decisao foi na ultima corrida, com ele fazendo uma sacanagem para tirar o Damon Hill (veja so com quem ele estava competindo) da corrida. Se fosse o Senna, provavelmente aquele campeonato teria outro campeao e sabe-se la se isso nao influenciaria o ano seguinte tb, o que teria um efeito devastador nos recordes dele. Grande merito dele foi ter montado a Ferrai tantas vezes campea. Enquanto Mika Hakkinen esteve correndo, acho que o titulo que ele ganhou valeu muito. Anos e titulos depois, surgiu um carro capaz de rivalizar a Ferrai (Renault, com um espanhol bem marrento no volante) e ele tb perdeu. Se tentarmos lembrar todos os seus anos na F1, podemos dizer que ele teve carros capazes de ganhar campeonatos entre em 94 e 2006 (em apenas dois anos os carros eram fracos) ou seja, onze anos e sete titulos. Em pelo menos tres anos praticamente nao tivemos concorrencia, parte por sua competencia, mas tb devido aa incopetencia do Rubinho e aa postura da Ferrari. Uma incrivel media, mas sem duvida que nao eh a melhor (veja Fangio). Assim, ao opinar da forma como opina a respeito do alemao, me parece que vc perde um pouco da razao, e torna-se um torcedor como nos, Sennistas e Piquetsistas.
    Abracos,
    Guilherme

  11. Ricardo disse:

    Leandro , vc não está muito bem hein !! surtou legal !!!

    lembre-se , que quem pediu a alteração na barra de direção ,foi o “santo” Senna !!! tudo foi feito de acordo com o que ele pediu !! lembre-se disso !!! nada foi feito sem a solicitação ou conhecimento dele !! Senna tb perdeu até prá besta do Mansell , não esqueça disso !!! brasileiro deveria ser menos passional , e analisar os fatos como são !!

  12. Mauricio Camargo disse:

    Ao contrário da Bélgica, o pódio na Alemanha foi por acaso.

  13. Brar Soler disse:

    Outro lado:

    Uma vez vi um comentário de um Schumacherfóbico dizendo assim. “Enquanto Senna estava vivo Schumcher nunca fez uma pole”.

    Foi um fato real que merece valor simbólico? Até pode ser , mas eu não sei se isso é uma prova lógica. Uma coisa não tem nada que ver com a outra.

  14. Neto disse:

    Flavio,
    Apesar dos problemas de nitidez, dá pra perceber o momento em que a foto do seu blog foi tirada: é aos 3:36 do video.
    Veja o comparativo:
    http://img507.imageshack.us/img507/9289/syncronicity2ui1.png

    Ayrton SENNA Nelson PIQUET PÓDIO GP da Bélgica 91
    http://br.youtube.com/watch?v=He5ffTOW14A

  15. Leandro disse:

    O que fez Michel especial foram as famosas voltas rápidas antes da troca de pneus e reabastecimento e a capacidade de acerto do carro. Na pista, em condições normais, era mediano.
    Quando Schumacher encontrou adversários na pista, perdeu.
    Visto Hill, Hakkinen e Alonso. Esses três nem eram tão bons assim e conseguiram levar quatro títulos. Poderiam ter levado mais, se as equipes tivessem mantido a constância e se o Mika não resolvesse pedir o chapéu.
    Quanto às aposentadorias, Piquet percebeu que sua era estava acabando, pois a eletrônica começava a suplantar a mecânica, ou seja, outra era, outro tempo. Nada de ser “dinossauro” como o Rubinho e o Couthard. Já o Senna, não nos esqueçamos, foi aposentado por uma barra de ferro do Mr. Frank Williams, que até hoje não pagou pela sua responsabilidade e desde aquela época sua equipe não arruma mais nada, só anda para trás. Seria bom que fechasse logo! Falar de aposentadoria do Senna é heresia!

  16. Ricardo disse:

    os Fanáticos brasileiros não gostam de ler a verdade !! o Flavinho só disse a realidades dos fatos !! mais a maioria dos brasileiros gostam de viver na “fantasia” que só o Senna foi bom !! rs !!!
    o fato do Schumacher ter sido melhor , não diminiu em nada o enorme talento e capacidade do Senna! dois dos maiorese pilotos da história da F1 . mais nem o melhor brasileiro o Senna foi , eu acho que campeões monomarcas ( apenas por uma mesma equipe ,mesmo motor , pneu , etc.) tiram um pouco os méritos da vitória conquistada.

  17. Getulio disse:

    O que vc falou:
    ” Mas Schumacher foi, sim, agente participante do ponto final das carreiras de ambos”

    realmente flávio me precipitei vc apenas falou que ele foi um agente,continuo discordando tbm, não acho que o schumacher foi um agente na aposentadoria do piquet ou do senna..

    parabéns pela sua imparcialidade e coragem de expressar suas opiniões, é isso que falta no jornalismo desse país…tem muitos que são influenciados pela ”grande mídia” e não aceitam opiniões divergentes, como se fosse um crime achar que o schumacher foi o maior piloto(embora ache o senna como a maioria) e legal ver uma menoria de jornalistas como vc, que ADMIRA o senna e muito, mas tem sua opinião..infelismente tem gente que pensa que vc não gosta dos pilotos do brasil, por vc achar que o alemão foi o maior…é triste ver o ufanismo de hj em dia,ainda bem que ainda temos jornalistas independentes…

  18. Neto disse:

    FG,
    Olha o que chegou no YouTube:
    1 câmera na mão, um pódio registrado: na segunda parte do video tem lá Senna/Berger/Piquet e Balestre.

    Não sabia que além da estréia do Schumacher, o Pupo foi o quarto lugar da prova e ainda fez a volta mais rápida.

    Realmente, um GP emblemático.

    Ayrton SENNA Nelson PIQUET PÓDIO GP da Bélgica 91

    http://br.youtube.com/watch?v=He5ffTOW14A
    .

  19. Getulio disse:

    admiro a sua personalidade de defender suas opiniões flávio, vc é um exemplo de jornalista IMPARCIAL o que ta faltando pra o país,mesmo discordando de vc na questão de quem foi o maior, respeito a sua opinião formada…agora discordo em gênero,número e grau quando vc afirma que o schumacher aposentou o piquet e o senna..o senna quando contemporâneo do alemão foi anos-luz mais piloto..não tem como afirmar que foi o melhor, pois no gera o auge dos 2 foi em épocas diferentes..eu particulamene prefiro o senna, mas é totalmente respeitável pessoas que achem que o schumacher ou prost foram oo maiores…

    RESPOSTA DO FG

    Onde eu afirmo que o Schumacher aposentou o Piquet e o Senna? Se você achar isso no meu texto, concordarei com você. Eu disse outra coisa. Leia direito.

  20. E, daqui a 15 anos, talvez um colunista alemão escreva sobre o retorno de dois alemães a um pódio, justamente num GP da Espanha, logo depois de Alonso ter se aposentado.

    Esses torcedores patrióticos alemães ficarão felizes por não haver mais aquele espanhol para atrapalhar…

  21. marcelo costa disse:

    So pra lembrar no GP da Belgica 1991 o Schumacher ja chegou dando seu “recado” ao Briatore largando em 7ºjustamente entre as Benettons a frente de Moreno o 8º, com um carro que era de uma equipe estreiante na Formula 1 a Jordan, em uma pista onde ele nunca tinha corrido, o alemão estava “endiabrado” no carro!

    Ja na Benetton Schumacher correu 5 vezes ao lado de Piquet e no Grid de largada o alemão bateu Piquet por 4×1 nos GPs: Itália 7º Piquet 8º,Portugal 10º Piquet 11º,Espanha 5º Piquet 10º,Japão 9º Piquet 10º,Austrália 6º Piquet 5º.
    Ja em corridas Schumacher foi: Itália 5º Piquet 6º,Portugal 6º Piquet 5º,Espanha 6º Piquet 11º,Japão Abandono(motor) Piquet 7º, Austrália Abandono(colisão) Piquet 4º.Cinco corridas na Benetton ao lado de Piquet, Schumacher marcou 4 pontos e Piquet 4,5 pontos. Cada um pontuou em 3 corridas cada! O homem ja chegou botando pressão total no Piquet que com 14 anos de F1 não tinha mais “gás”. Como piloto o alemão encarava tranquilo o Piquet, Prost, Mansell e Senna, a prova esta no fato de Schumacher ter ganho corridas a frente desses pilotos com eles na pista(Senna,Mansell em 92 e Prost em 93) com um carro inferior comparando com as Williams dessa época, chegando ate a frente de Senna no campeonato de 1992, e em 1994 caso Senna saísse vivo em Ímola o placar seria 30×0 porque Senna teve o acidente e isso foi fato, o alemão ia ser “osso” durissimo em 1994 e nas temporadas seguintes, e quem fala das trapaças do Schummy na Benetton, favor lembrar que Senna também foi desclassificado quando corria na Lotus por causa dos contutores de ar dos freios estarem fora da medida(quantas corridas eles usou isso ate pegarem?). Com certeza sem a morte de Senna o Schumacher ia permanecer na Benetton ate Senna se aposentar, acredito que Senna ia correr ate 1997, depois disso não ia ter mais “gás” e nesse tempo ia trocar títulos com Schummy, o mais óbvio é cada um ficar com 2 títulos cada entre 94 a 97, so depois então Schummy iria para a Ferrari se aposentando provavelmente em 08 depois de ganho mais uns 5 títulos o que acabou de fato acontecendo, analisando bem com Senna vivo o Schumacher so ia ter sua carreira valorizada!Ninguém pode desmerecer um ou outro porque os dois estão no mesmo nível,cada um com seus feitos, mas Schummy ia ficar com a maioria dos recordes, a única motivação de Schummy com Senna aposentado seria a busca do desfio de ser Campeão pela Ferrari e dos “números” da F1, coisa que aconteceu com Senna durante a carreira(com ele os numeros valiam e ninguém chamava de arrogante…sei). O fato é que Senna não viveu para ser o “melhor de todos na F1″ esse foi o maior problema,no achismo de “boca” não vale, e se morreu não a nada a fazer,com Jim Clark aconteceu a mesma coisa e ele tinha apenas 2 títulos ate morrer. O que vale nesse mundo são as conquistas quando ainda vivo, aí Senna fica atrás de Schummy 7 títulos e Fangio 5 títulos e Prost com 4, nada na Formula 1 esta acima dos títulos e quem tem mais “leva” é o “homem a ser batido”. Hoje quem tenta comparar Fangio ao Schummy tem que lembrar que o argentino é bom na média, mas na média o nome mesmo diz: “média”… não é mais e nem menos. Quem foi o melhor Tri-Campeão da F1? Senna nos “numeros” com mais vitórias e poles em 161 corridas ou Jackie Stewart Tri-Campeão com apenas 99 GPs? Schumacher bateu todos eles, tem o mérito de ele ser o piloto a tirar a Ferrari da “fila” de 20 anos de espera, nem isso Prost conseguiu e antes foi Bi-Campeão na Bnetton coisa que Piquet não conseguiu. O alemão venceu ate a morte na F1! E agora quem poderá bater o Schummy na Formula 1?

  22. alex disse:

    Pô tem um cara ai que em seu comentario fala que o Alemão ganhou alguns titulos de forma desleal não sou fã do Senna mas tambem não fico atirando pedras pois ele fez muito pelo automobilismo mundial só que este mesmo Senna tambem em varias vezes foi desleal atirando o carro em certas ocasiões …
    é facil ser a pedra né dificil é ser a vidraça …
    abraços

  23. Ivan Lima disse:

    Flávio, você gosta do alemão, não?

    O cara foi muito bom. Mas, mesmo sem ele, Senna também sofreria o trágico acidente, Piquet iria parar e o piloto verde e amarelo da TV Globo também seria o Barrichello.

    O pódio ficaria distante, da mesma forma.

  24. Edson Martins disse:

    É. Pelo visto, tem muita gente por aí respondendo ao excesso de nacionalismo promovido por Galvão e sua trupe com um antinacionalsimo desfarçado… E seguem as polêmicas, que dão IBOPE jornalístico!!! Já que só se fala dos “números” espetaculares (e são mesmo) do Schumi, que tal lembrar que ele correu por 16 temporadas, contra 10 do Senna? Que Hill e Villeneuve bateram-no na Williams? Alguém acha que Hill e Villeneuve são do nível de Senna ou Schumi ou Piquet? Há vários grandes pilotos, e essa lenga-lenga de quem é o “melhor” de todos é conversa de botequim, não discussão séria…

  25. disse:

    Já que o delivery Mc está atrasado, segue o link dos 2 melhores.
    http://race.blig.ig.com.br/imagens/nm.jpg
    Caspta, cadê o show de TWO STROKE!.
    Amanhã domingo aqui em Sampa vc. deveria ter deixado procuração para o Bernie cover comparecer com o 96. Pelo andar das coisas, vai ser legal a festa dos 100 anos.

  26. Victor disse:

    É compreensível esse fanatismo pelo Senna, mas é só isso, fanatismo puro. Coisa de terceiro mundo que não tem nada e se agarra em qualquer coisa, isso chama-se complexo de pocotó.
    O Alemão aposentou o Piquet e aposentou o Senna, que não era mais piloto à altura.
    Deveria ter parado, pois com sua experiência deveria saber que o Alemão era melhor.
    Insistiu e acabou morrendo.

  27. Jackspeed disse:

    outra coisa,alguem aí em cima lembrou que a williams de ruim como senna dizia não tinha nada!até o hill desenvolveu a barata que tinha um canhão atras do banco com 02 CILINDROS a mais que o Ford V8 do Schumacher!!se o Senna não se adaptava ao carro porque espera que teria a moleza de Mansell em 92 e prost em 93 o problema era dele que pediu para correr até de graça na escuderia de Frank.Senna um piloto genial mas com muitos defeitos como muitos pilotos tem.

  28. Ricarval disse:

    Na minha opinião, o grande mérito do alemão foi ter ido para a Ferrari em 1996, em que ninguém botava fé pois não ganhava título desde 1979, ainda pastou até 1999, quando não foi campeão por causa do acidente de Silverstone, depois foi só aproveitar (pelos seus méritos e dedicação) a estrutura formada pelos “estrangeiros” Todt, Brawn e Byrne, que compuseram um time quase imbatível, que se pode comparar, para os ufanistas, às seleções brasileiras de futebol dos bons tempos.
    Portanto, além de o alemão ser bom, a escolha dele foi corajosa, o que nunca aconteceu nas mudanças de equipe do Senna.
    Se o Michael estivesse disputando o campeonato de 2008, a disputa pelo segundo lugar estaria interessante!!!!!

  29. Jonny'O disse:

    Otima coluna ,claro que seria polemica, mas é a pura verdade o alemão arranhou e muito o orgulho ufanista brasileiro ,este ainda se encontra disfarçado nas criticas que vejo em relação aos pilotos pós Senna -Piquet .

    Hoje o brasileiro só torce a favor se aparecer alguém imbativel que humilhe os outros pilotos ,só assim.

    Mudadando da agua pro vinho fica uma duvida no ar:

    O que será que o Flávio vai comprar por esses lados ?
    Algum carburador ou alguma rebimboca da parafuzeta para Lada de competição???

  30. Jackspeed disse:

    Flávio não escreve essas verdades que o pessoal vai morrer…olha só,para o pessoal mal informado que não lê ou não assistiu a temporada de 1994,o alemão dominou do começo ao fim,era um massacre!!o que eu me lembro bem foram as palhaçadas da FIA,excluindo o alemão de algumas corridas!(alguem lembra qual foi a ultima vez que um piloto ficou de fora de alguns gps?)desclassificando de outras injustamente(SPA94)para botar graça em um campeonato que acabou em Ímola,ninguem merecia mais aquele campeonato que o alemão!e ele mostrou no outro ano com o mesmo motor quem mandava!os desinformados acreditam que Hill podia encarar o schumacher que não com a ajuda da FIA???façam-me o favor!Schumacher errou sim em adelaide,um titulo certo e merecido sendo estragado por decisões ridiculas e unilaterais da FIA!!e o Senna em interlagos??o que foi aquilo na junção??contra fatos não tem argumentos!Schumacher estava batendo o senna em 94 por 30X0 incluindo ai na conta imola,queiram ou não!se o senna largou mal em IDA,se rodou sozinho em interlagos,se pediu para mexer na caixa de direção da Williams… o Schumacher nada tem com isso e o que o alemão fez pela Ferrari(a maior de todas)o senna não teria peito para fazer!senna campeão monomarca(mclaren honda)não comparem com os titulos de Piquet e Schumacher.

  31. pablo disse:

    senna foi o maior de todos flávio, aposto que se sobrevivesse ao acidente,tirava a diferença do schumcaher que já um grande talento tbm..e consequentimente seria campeão naquele ano e nos outros tbm..

  32. Victor disse:

    Análise de F1 não é coisa de emoção ou patriotismo, leva quem está melhor ou é melhor e o alemão reina supremo.
    O pessoal não perdoa o alemão por ele ter sido o autor e cinegrafista do filme em Ímola.
    Falavam mal da Williams, o Senna dizia que era um carro ruim. Mentira deslavada. O carro era tão bom que o Hill se tivesse tido a prioridade nas primeiras 3 corridas tinha ganho o título, quase ganhou e ganhou no ano seguinte.
    O Senna já não era mais o mesmo e sabia disso, estava atrasando a equipe.

  33. Ricardo disse:

    engraçado , que esses mesmos brasileiros , que se acham os maiorais no Futebol , pq tem 5 títulos !! aí qdo é favor , os números valem , qdo é contra ( uma tremenda surra) como na F1 , aí não serve né ? rs !!!

    eita povo incoerente !!!

    qto as viuvas do espanhol , ele foi “aposentado” ano passado , aos 26 anos , e por um estreante , e prá piorar a situação dele , com o mesmo equipamento !! rs !!!!

    e esse ano , o melhor resultado da Renault , é do Piquet Jr. , ele já tomou duas ferradas do outro rookie !!!KKKKKKKK !! fim de carreira esse espanhol !! rs !!

    se a Mc Laren teve coragem de fazer o que fez ano passado , espionagem , imagina o que fazia na época do “santo” Ayrton !! rs !! prá se manter tantos anos no topo , imagina como o carro dele deveria ser todo ilegal !!! rs !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>