MENU

terça-feira, 26 de agosto de 2014 - 18:56Fusca & cia.

FUSCAS DO DIA

Triste, a imagem. É no México, onde os Fuscas estão sendo tirados de circulação. Há alguns anos, nove em cada dez táxis eram Fuscas — o décimo era um Fusca quebrado.

verdesmexico

17 comentários

  1. Dennys disse:

    Tudo isto fruto do que chamamos de um produto que praticamente não se quebra, e quando acontece é fácil, simples. O fusca não é mais passado, nem presente, é a posteridade no mundo automobilístico, simplesmente não é preso a moda, ele já ultrapassou o princípio básico de que está na tendência ou não,etc.
    Resumindo em uma boa frase (com todo respeito e entendendo um possível motivo já falado(ou outro que seja)): BANDO DE FELAS DA P***. Com grande e enorme respeito a estas integrantes básicas e necessárias a nossa humanidade desde os primórdios…

  2. Flávio disse:

    É um pecado, ver o que fazem com Fuscas no outro lado do mundo.

  3. ALEX B. disse:

    Baaaaaaahhhh, Gomov, estragou meu domingo!!! Esses “chicanos” me decepcionaram!

  4. Luis F. disse:

    fusca não quebra Flavio !

  5. Celio Ferreira disse:

    Ai me lembro do meu primeiro fusca ano 73 !!!!!!!!!!!!

  6. Carlos Pimenta disse:

    Aquele lá, perto daquele negócio ali é meu, eu olhei tá bonzimm, é meu.

  7. carlos lima disse:

    Uma imagem triste, impressionante! O moderno que vira lixo. Parabéns, a quem clicou e ao blog pelo post. Bravo!

  8. Fernando Parlangeli disse:

    Cena de terror………como já disseram aqui no Brasil seriam muito bem vindos.

  9. Paulo F. disse:

    Crime!
    Este carro bem tratado dura muito!
    Além de ser eterno!

  10. Healica disse:

    Putz!,,, Será que não mandam para o Brasil?.. Tem tanto ferrovelho aqui,, esses seriam bem vindos

  11. Flavio Bragatto disse:

    O mais triste, é que os Fuscas deles, tinham motor injetado, direção hidraulica e ar-condicionado… :(

  12. Gonzalez disse:

    Por um mundo repleto de Corollas

  13. valmir disse:

    Fui para lá no começo do ano e até brinquei com os taxistas que só iria com ele se fosse “de vocho” como são chamados lá. E não existe mais o fusca taxi. Assim como está raro achar um fusca na cidade. A renovação da frota pegou forte lá, embora a capital seja uma cidade de entusiastas.

    A propósito, o principal carro usado como taxi lá é o Nissan Tsuru, que é o Sentra de 1995. Aliás, é o carro mais vendido lá e o que mais se vê na rua.

  14. Ritter disse:

    Mas por que? Vale mais em peso no ferro velho? Aqui é nota achar um bom…

  15. Roberto Ceconello disse:

    Naaaaaaaaaaaaaaaãooooooooooo! !!!!!!!!!

  16. rogerV disse:

    Ahhhh um 1303…perdido no meio disto,….

  17. irineu disse:

    Da vontade de chorar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>