MENU

quarta-feira, 26 de novembro de 2014 - 11:44Arquitetura & urbanismo

ENCHE O TANQUE

SÃO PAULO (só derrota) – Um dia esse posto, claro, foi derrubado. Não me lembro de nada parecido perto do Mercadão. Ou será que sobreviveu? Parte dele, talvez? O Eduardo Versolato mandou a foto de época. Não sei o ano. Alguém arrisca?

IMG_1043

ATUALIZANDO…

O Humberto Athaide disse nos comentários que o posto ainda existe, mas que está oculto por pequenas construções do tipo “box” de venda de cebola ou rabanete, sei lá o quê, na esquina da Avenida dos Estados com a Rua Comendador Assad Abdalla. Entrei no Google Fucker e não é que está lá mesmo? O Douglas Nascimento, do site “São Paulo Antiga”, vai adorar esse negócio. Quem sabe entra lá e fotografa. Vejam como está o local hoje na imagem abaixo.

opostoexiste

 

27 comentários

  1. cardosofilho disse:

    Espero nessa fila para estacionar no mercadão quando vou a São Paulo. Estou desatento ( é a idade ). Lindo o antigo posto. Pena que tudo hoje se resuma a contenção de despesas. Projetos são simplificados e sem beleza.
    Srs arquitetos favor impor sua criatividade por uma cidade mais bonita.

  2. Eduardo Britto disse:

    A vida toda vi esse postinho nessa esquina, e ficava intrigado com o abandono… O cartão postal é uma graça!

  3. Felipe Masr disse:

    Será que ainda voa depois de tanto tempo parado?
    Complicada deve ser a manutenção (acho que as peças seriam todas de fora), e quem a faça.

  4. Fernando M.A. disse:

    Na Avenida do Estado, direção ao ABC tem um posto que me lembra este, mas a parte da cobertura da pista está diferente, mas a edificação atrais é parecida. Aliás, aonde estão as bombas deste posto?
    Agora para ter uma resposta certeira teria que ter acesso ao acervo do CONTRU-3 que fotografa a anos todos os postos da cidade, se o posto ainda existir, lá vai ter a resposta.

  5. humberto disse:

    Ele existe ainda, fica na esquina da Comendador Assad Abdala com a Av. dos Estados (não é visível porque fizeram uns boxes embaixo)..
    Para quem não sabe os arquitetos são os mesmos que fizeram, entre muitos outros, o projeto do Estádio do Pacaembu..

  6. Acho que uma parte desse posto está lá, ainda, não está?

    Quando a gente vem pela Av. do Estado, passa na frente do mercado e segue para a esquerda, em direção à baixa do Glicério, esse posto (ou parte dele) está ali do lado direito, geralmente, encoberto pelos caminhões, carregadores (e carrinhos) que ficam descarregando e tal…

    Abs,

  7. Marino disse:

    Boa tarde. Não seria uma maquete? Ou uma “foto montagem”? Posso estar falando besteira, mas o postal é de um dos escritórios de arquitetura mais famosos da cidade à época. Não poderia ser uma “jogada” do escritório Ramos de Azevedo, para vender o espaço no entorno do mercado? De repente não saiu do papel….
    Grande abraço FG e curta muito Sir Paul McCartney!!!

  8. Tadeu disse:

    Eis o que sobrou do posto:

    http://www.casimages.com.br/i/14112605583497124.jpg.html

    Avenida do Estado,Esquina com a Rua Comendador Assad Abdalla

  9. Henrique Jotouer disse:

    Esse posto ficava quase em frente ao Liceu de artes e Ofícios!

  10. Julio Cesar Gaudioso disse:

    Aqui em Porto Alegre havia a rede de postos SAGOL espalhada pela cidade. Eram muito similares a esse, minimalistas e com um toque da arquitetura colonial mexicana, simpaticíssimos. Pena que nos anos 70 foram desaparecendo. Diziam que era o progresso…

  11. Antonio Luiz Siqueira disse:

    Vou dar um chute quanto a localização.
    Acho que é na esquina da av. do estado com a rua Comendador Assad Abdalla.
    Pelo que eu me lembro existe um recuo que se parece com a entrada do posto e essa lage circular também está lá.
    Como disse o Haroldo aqui abaixo eu também tenho mais de 50 e não me lembre deste posto em atividade, mas me lembro do imóvel sem uso por algum tempo e depois ele virando um ponto de comércio de frutas.

  12. Manolo disse:

    Flavio, eu achei que era na esquina do Mercadão e a Av. do Estado, dei uma olhada no Google Mapas e tala, achei, segue o link (se funcionar) https://www.google.com.br/maps/@-23.5429923,-46.6291702,3a,75y,290.38h,90t/data=!3m4!1e1!3m2!1sVxDdjSMPseF4fUDh_5fxXw!2e0

  13. Assunto recorrente, atualmente, o de carros e cores xôxas. Achei essa foto mostrando como era diferente: https://lh3.googleusercontent.com/-2Tkq25anDdg/TYnkMk57O0I/AAAAAAAACGs/1c9PrkxUhlc/s1600/Foto+Brasilia+antiga.png

    Demais! E como residente de Brasília, notei como eram pequenas, as palmeiras no gramado. O mesmo lugar hoje: http://static.panoramio.com/photos/large/60021701.jpg

  14. sandro disse:

    Aqui em Brasília tem um bem parecido. Fica na Candangolândia.

  15. Haroldo disse:

    Eu tenho mais de 50 e nasci e fui criado no Brás, a poucas quadras do mercadão. Eu não lembro desse posto….Se realmente ele era perto do mercadão, deve ser dos anos 40…máximo 50. E não deve ter durado muito.

  16. Alan Roberto disse:

    Foi no Show do Paul Flavio???

    Se foi.. o que achou do nosso Allianz Parque???

  17. Fabio Amparo disse:

    Flávio

    É incrível como a arquitetura da cidade foi simplesmente colocada de lado nas últimas décadas, visto a quantidade de fotos postadas nesta seção onde os estabelecimentos não existem mais.

    Em países mais evoluídos certamente haveria um trabalho de preservação, mas aqui infelizmente não se dá muito valor para isso.

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>