MENU

sábado, 29 de novembro de 2014 - 16:35Stock Car

O FAVORITO

SÃO PAULO (favoritaço, na verdade) – Rubens Barrichello chega à última etapa da Estoque podendo ser campeão com um quarto lugar. E acabou de fazer a pole em Curitiba. Átila Abreu, seu principal adversário, parte em quarto.

Rubens tem a chance de ser campeão depois de 23 anos. O último título ele conquistou na F-3 Inglesa em 1991. Não é algo que o incomoda. “Não mudaria nada na minha carreira”, disse o piloto a Evelyn Guimarães. Barrichello também falou sobre a frustrada passagem pela Indy. “Sofri demais”, contou, falando sobre o volante pesado dos carros da categoria.

A taça na F-3 foi ganha com um quinto lugar em Thruxton. David Coulthard e Gil de Ferran ficaram em segundo e terceiro no campeonato. O vídeo abaixo foi sugerido nos comentários e agradeço. Ainda mais com narração do Edgard Mello Filho. Não lembro em qual emissora isso passou, mas é legal demais de ver. Tem também uma on-board espetacular dele em Silverstone naquele ano.

24 comentários

  1. Alexandre disse:

    Até corrida de Hotwheels fica boa narrada pelo Edgard Mello Filho. Ele narrava as corridas de DTM transmitidas pela Tv Manchete e eram sempre excelentes.

  2. Ukla disse:

    Como já disse o César, passava na TV Cultura, salvo engano nos sábados à tarde, dentro dos Grandes Momentos do Esporte.

    Foi uma fase muito boa do automobilismo brasileiro e também mundial, tamanha a quantidade de gente que saiu desse campeonato para diferentes rumos em suas carreiras, bem sucedidos na maioria.

    Rubinho e Coulthard foram pilotos de ponta na F-1, embora tenha faltado algo aos dois na hora do vamos ver. Gil de Ferran construiu carreira sólida nos EUA depois de vencer a F-3 no ano seguinte, vencendo as 500 milhas e o campeonato da CART. Jordi Gene tornou-se piloto de ponta no WTCC, deve estar por aí ainda (é irmão de Marc Gene, que chegou à F-1). Marcel Albers faleceu uns anos depois e era irmão de Christjan Albers, que chegou à F-1. Hideki Noda fez 1 ou 2 corridas na F-1 como piloto pagante e foi bem nos EUA em categorias menores até chegar à Indy. Steve Robertson é empresário de Kimi Raikkonen. André Ribeiro teve uma boa carreira nos EUA (CART); Pedro Paulo Diniz chegou à F-1 e foi melhor que o esperado… Osvaldo Negri tá correndo de turismo nos EUA, salvo engano depois de ter passado pelo Japão. Só o Rikard Rydell é que não sei/lembro que virou…

  3. Danilo Silva disse:

    o “Robertson” mencionado na narração é o atual empresário do Raikkonen?

  4. Paulo Z disse:

    putz q coisa boa! rubinho é um grande piloto, peca somente pela boca…..

  5. Jonny'O disse:

    Video muito bacana, a F3 inglesa em seu auge!

    Todos os pilotos de ponta foram destaque nos anos seguintes , claro em primeiro plano Rubens e Couthard que ficaram muitos anos na F1 .

    Robertson foi campeão da F atlantic em cima dos brasileiros nos anos seguintes ….. Noda foi um japones rapido nos USA F atlantic e Indy lighit ..era piloto do time Kool ……. De Ferran dispensa apresentação…..e por ai vai!

  6. Andersson disse:

    E aí, desde 1991, a gente vê a capacidade que o Rubinho tem de estragar uma corrida na largada. É um baita piloto, um dos melhores que a minha geração cresceu vendo, mas sempre teve este ponto fraco: caga na largada. Espero que amanhã não seja assim.

  7. Marcelo disse:

    Quebrar tabu nunca foi o forte de Barrichello, mas sempre tem a primeira vez. Boa sorte ao Rubinho na corrida, ele já fez de tudo no esporte a motor. Depois dos 40 anos correndo no Brasil não tem como exigir mais, título da Stock esta de bom tamanho. Não fiz as contas, mas largando na pole, Rubinho não precisa arriscar tudo no começo. Se precisar, que faça no momento certo, corrida pra usar mais a inteligência que arrojo e velocidade. Átila Abreu e Thiago Camilo(mais próximos de Rubinho na pontuação), não tem muita escolha, tem que atacar desde o início, e esperar que Rubinho não vá tão bem na prova. Corrida promete!

  8. fernando delucena disse:

    para qualquer piloto é muito importante vencer, qualquer coisa que seja, até corrida de autorama. A gente se diverte mesmo chegando em último, afinal o que você ama mesmo é correr. Mas é preciso ganhar uma corrida. Um campeonato então, é de um esforço tremendo. Depois de tanto tempo sem ganhar, acho que o cara vai ficando meio pirado, ansioso, às vezes murcho. Acho que Rubinho deve tirar um grande peso dos ombros! na torcida!

  9. Zé Maria disse:

    Torcendo por ele. . .merece. . .simples assim!!

  10. Elmo disse:

    Flávio, apenas pra avisar: quando fui publicar meu comentário, as caixas de ‘nome’ e ’e-mail’ já estavam preenchidas com esses dados da última pessoa que havia publicado um comentário antes de mim, não me pergunte por que. Abs!

  11. Elmo disse:

    O Coulthard, pelo que entendi, não vence nada há mais tempo ainda, então.

  12. Juarez Mota disse:

    Barrichello venceu um campeonato contea gente capacitada. Se não eram geniais (poucos são ) pelo menos tinham alto nível.
    Barrichello é excelente piloto até porque vencer 11 vezes na F1 é para poucos. É muito respeitável o que ele fez. Não acho que ele pudesse ser campeão de F1 se tivesse assinado com a Mclaren. Não bateria o Hakkinen que era um piloto fantástico assim como não bateu o Button que é inferior ao Hakkinen. Dos campeões do período dele na F1 talvez pudesse bater o Villeneuve. Mas, o que ele fez foi bom sim.
    Saudades do Edgard narrando o DTM na Manchete. Grande Edgard.

  13. Cesar disse:

    Essas corridas eram transmitidas na TV Cultura. Algumas corridas o Edgard Mello Filho era acompanhado do Celso Miranda.

  14. ANTONIO JOSÉ disse:

    Desculpem aos que falam que o Barrichello é ruim, gostaria de ver eles lá pilotando esses carros, não iam sair do lugar.
    Os que falam dele falavam também do Emerson (Copersucar) do Piquet no final da carreira e de outros que foram pilotar na categoria mais difícil do automobilismo que é a Formula 1

  15. Luiz Lavor disse:

    Que demais isso cara! de verdade, to verdadeiramente feliz com este cara e amanha estaremos com a família em peso no autódromo, alguém ai tem o numero do Lauda? to precisando daquele alicate “mágico” hahaha.

  16. Allez Alonso! disse:

    Sensacional, eu não sou saudosista, mas a narração de antigamente era muito melhor.
    Narrar o que acontece na pista, sem inventar, tentar imaginar, sem resenha de bar, fofoca, etc. Faz as corridas serem muitos melhores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>