MENU

quarta-feira, 13 de maio de 2015 - 19:47F-1

DOIS ANOS

SÃO PAULO (que fase…) – Alguém se tocou que faz dois anos que Alonso não ganha uma corrida? Pois é. Faz. Foi em Barcelona, 2013, pela Ferrari. Uma vitória emocionante e improvável.

Fernando diz que está tudo bem, que terá paciência, que o projeto da Mclaren com a Honda é promissor e tal.

É preciso muito entusiasmo, mesmo, e todo mundo se pergunta quanto tempo ele vai aguentar. Mas é preciso que se dê um voto de confiança. Alonso deu tempo de sobra à Ferrari para que os italianos fizessem um carro capaz de ser campeão. Quando viu que não a situação estava na linha não Ford, nem sai de Simca, resolveu abreviar o calvário.

Caiu em outro, mas pelo jeito acredita na parceria do time inglês com os japoneses. É preciso ter fé, mesmo.

Falando em fé e em japoneses, o Renan do Couto fez um belo levantamento histórico das passagens da Honda pela F-1. Merece ser lido.

Spanish F1 Grand Prix - Race

37 comentários

  1. Fontana o poderoso disse:

    Alonso foi um otário, era ele quem devia ter saído da Ferrari e ido para a Williams no final de 2013, e não o Felipe. Alonso na Williams certamente teria disputado o título ano passado, e talvez com sorte e se aproveitando da briga interna da Mercedes, teria até mesmo sido campeão ao lado do Tio Frank. Mas ele preferiu se manter na Ferrari por mais um ano, para depois se arrastar com os japas no ano seguinte.

  2. ms disse:

    Tenho uma teoria sobre Alonso: ele só conseguiu ser bicampeão pq se deparou com condições excepcionalmente favoráveis pra conquistar seus 2 títulos mundiais…. acho que o maior problema Alonso é não ter “pegada” de campeão, falta aquele arrojo necessário, o famoso “sangue nos olhos”, que todo campeão que se preze deve ter pra fazer valer sua vontade…. ficar sempre burocraticamente na espreita, aguardando as melhores condições para só então fazer suas ultrapassagens…. pra mudar essa situação, Alonso teria que adotar como mantra aquele conhecido trecho da mais famosa musica de Geraldo Vandré: “quem sabe faz a hora não espera acontecer”…..

  3. Roberto disse:

    É a F1 que, já faz dois anos, não tem o privilégio de ter o Alonso como vencedor. Sendo ele o melhor piloto da F1 desde sua estréia em 2001 (no mínimo), algo vai mal com uma categoria onde qualquer menino é campeão ou vence corridas sem maiores esforços, única e exclusivamente pelo fato de ter um carro “calibrado” por um engenheiro, sem que nenhuma outra equipe possa alcançá-lo, já que não há essa possibilidade por falta de treinos e regulamentos engessados e toscos. De que adianta ter o melhor piloto da F1, se não posso colocá-lo para rodar, testar, desenvolver e transformar o carro em um carro vencedor? Aí só ganha quem acerta a mão de primeira.

    • ms disse:

      não é bem assim roberto….os dois últimos “meninos” a vencerem os últimos 05 campeonatos foram Vettel e Hamilton, pilotos que tem histórico respeitável de vitórias e conquistas de campeonatos na f1, não devemos nos esquecer da performance de Hamilton em seus dois primeiros anos, talvez o único novato na história da f1 a bater um bicampeão como companheiro de equipe em seu ano de estréia e o piloto com mais vitórias em seus dois primeiros anos na categoria e o que dizer de Vettel, com sua carreira meteórica e fulminante destroçando companheiros de equipe e adversários bem mais experientes logo no início de sua carreira, faturando em sequência quatro títulos e fazendo funcionar, neste ano, de forma bem mais eficiente uma Ferrari que durante anos ficou derrapando nas mãos de Alonso….

  4. a disse:

    Alonso é o melhor!
    pena que não tem carro

  5. Marcelo disse:

    Alonso minimiza evolução da Ferrari no GP da Espanha:

    “Não mudou absolutamente nada”

    Enquanto isso, o alemão agradece no carro italiano, as estatísticas só aumentam. Vettel já tem vários títulos, pode se dar ao luxo de ficar dois, três anos ajudando a evoluir o carro da Ferrari até o topo, coisa que o espanhol não conseguiu em cinco anos. Pouca gente comenta, se a Ferrari foi um fiasco em 2014, é muito graças as duras críticas do espanhol na mídia. Alonso deixou Renault ‘na mão’ ao final de 2006, depois arrumou confusão na Mclaren em 2007(queria status de número um no time. Na pista, Hamilton colocou o espanhol em seu devido lugar). No ano seguinte, o asturiano venceu em Cingapura na base da trapaça. Na Ferrari não deu espaço para Massa trabalhar(ainda jurou amor eterno a equipe italiana). Em 2013 surtou atacando rivais e a própria equipe, desesperado, Alonso até se ofereceu para RBR ao final de 2013, isso deixou Maranello furiosa. Sem saída, desceu do salto e voltou para equipe de Ron Dennis. Falar de castigo, bem acho que seria pouco…

    “Não mudou absolutamente nada”

    Claro que mudou espanhol, se a situação estava ruim na Ferrari, o que dizer agora na Mclaren? Maranello e Vettel devem estar rindo milhões esse ano.

    Vitórias:
    Vettel 1 x 0 Alonso

    Pódios:
    Vettel 4 x 0 Alonso

    Voltas na liderança:
    Vettel 46 x 0 Alonso:

    Voltas percorridas:
    Vettel 293 x 158 Lanterninha

    Kms percorridos:
    Vettel 1.539 x 840 Lanterninha

    Pontuação:
    Vettel 80 x 0 Alonso

    http://www.statsf1.com/pt/2015/stats.aspx?t=V

    Raikkonen esta aliviado, Vettel deixa o companheiro de equipe trabalha(Webber teve sua chance em 2010, Ricciardo também em 2014), logo, a disputa entre os pilotos da Ferrari é mais justa. Basta lembrar da situação de Raikkonen ao lado do espanhol. Alonso esta pagando pela “boca de balde”, nem somar pontos esse ano consegue, mas a boca segue a mesma, cuspindo marimbondos!

    Lauda faz críticas pesadas a “egocêntrico” Alonso e diz que espanhol “deve estar rasgando o cu” no abismo:

    http://msn.grandepremio.com.br/f1/noticias/lauda-faz-criticas-pesadas-a-egocentrico-alonso-e-diz-que-espanhol-deve-estar-rasgando-o-cu-no-abismo

    Massa critica Alonso por “método de trabalho que cria problemas em todas as equipes em que já esteve”
    http://grandepremio.uol.com.br/f1/noticias/massa-critica-alonso-por-metodo-de-trabalho-que-cria-problemas-em-todas-as-equipes-em-que-ja-esteve

    Ex-companheiro de equipe, Trulli diz que é difícil trabalhar com Alonso e manifesta preferência por Vettel
    http://msn.grandepremio.com.br/f1/noticias/ex-companheiro-de-equipe-trulli-diz-que-e-dificil-trabalhar-com-alonso-e-manifesta-preferencia-por-vettel

    • Roberto disse:

      Você está discutindo sobre o piloto mais bonzinho ou o melhor de braço? Cara, F1 é braço e carro. Tem que ter os dois.

    • Segafredo disse:

      Sua visão sobre F1 realmente é tão grande quanto um grão de areia no oceano…..mas temos que admitir que: assim como o grão de areia…….ela existe!!!

      …………..da próxima vez escreve uma bíblia aqui, tvz alguém com o ego igual ao seu acredite, kkkkkkkkk!!

    • Micromax disse:

      Nossa….sua visão sobre sobre o espanhol me parece a mesma sobre a F1, ou seja, do tamanho de um grão de areia!! Mas não deixa de ser sua visão e como aqui o espaço permite todas, temos que ver esse tipo de texto que manifesta total antipatia pela pessoa do piloto espanhol em detrimento de seu total apreço pelo piloto alemão! Agora seus textos bíblicos não mudarão em nada a performance e tbm o título de melhor piloto do grid que Alonso ostenta desde seu 1º título……lamento pelo ódio em vão que despeja, rs…

  6. Sergio Miami disse:

    Fernando, the F1 is faster than you.

  7. Jorge Teixeira disse:

    Flávio, pode explicar porque a vitória em Barcelona 2013 foi “improvável”? Foi a 2ª vitória do asturiano nos 5 GPs iniciais desse ano… o mesmo resultado de Vettel até então.

  8. Paulo F. disse:

    Pois é . E pelo andar da carruagem, vem ai mais uns dois anos de jejum.
    Alonso suporta tal provação?

    • Gabriel Medina, O outro disse:

      Alonso suporta, a McLaren, não. Vai encerrar a carreira com o mesmo número de poles, vitorias e títulos quem tem hoje e ainda mais acumular duas demissões: Ferrari e McLaren!

      Realmente, um fora de série esse rapaz, só que ao contrário.

  9. Johelmyr disse:

    Será que o Alonso, mesmo não sendo fã dele, considero uns dos melhores, senão o melhor do piloto do grid, entendendo o que acontece com a F1 atual e sabendo que não há chance de título para outra equipe além da Mercedes, ´precisa ter algum outro motivo para ter fé, paciência, entusiasmo além dos milhões de euros embolsados a cada temporada??? Todos os pilotos se esforçam o máximo possível, com exceção do Kimi Raikkonen que deve correr até de ressaca. Se não for assim, que vão todos correr na velocidade na terra aqui em Santa Catarina, ao invés de andar com umas carroças que só quebram ou andam 3 segundos mais lentos por volta.

  10. Chupez Alonso disse:

    A Matrix Alonsiana, na qual habita os seres mais oligofrênicos do planeta, é aquela em que o indivíduo sai na rua, olha pro céu e o vê totalmente carregado com nuvens escuras, trovões e relâmpagos, mas mesmo assim pensa:

    - Hoje vai dar praia!

    Eu não tenho pena.

    Fica Amonso, fica na MaLata até tua aposentadoria melancólica!

    Allez Mão!

    #EuRioDoÚltimo!!!

    • Paulo Pinto disse:

      Alonso na Ferrari, nadava, nadava e morria na praia. Agora, na McLata, ele já se afoga em alto-mar.

      Hahahahahahaha!

    • Allez Alonso! disse:

      Isso mesmo, eu olho pro céu e vejo que não é porque não tem sol que eu não vou pra praia. Céu carregado, suel rolando e eu na água, mesmo que seja pra pegar jacaré! Esse é o torcedor do Alonso, nego que vai lá e faz. Toma riscos e vive a vida.
      Você é o típico torcedor do Vettel, frustrado e fraco de cabeça, tem que se reafirmar todos os dias, mente e inventa coisas, quando é contestado, apaga seus comentários e sai correndo. Vettel fez o mesmo, afinal, mesmo conquistando 4 títulos continua tendo que mostrar que é bom piloto. Levou do Ricciardo em sua própria casa e fugiu pro caminho mais fácil, cuspindo na redbull que o criou desde as fraldas. Igual a você, mora nos eua mas não tem green card, está nos eua mas não é feliz, instala carpetes e anda na obscuridade, omitindo a própria identidade e como muleta fala mal dos outros e de seu próprio país, fingindo ter um caráter que eu já mostrei que não tem!
      Eu rio é de coitados como você, Alonso é rico, tem reconhecimento, tem o melhor emprego do mundo e a empregada dele deve ser mais gostosa que sua mulher. Se toca, recalcado, o blog não é lugar de você chorar suas frustrações, ninguém é obrigado a ler suas babaquices juvenis mal resolvidas.

    • André C.L disse:

      O cenário é ruim, aposentar numa equipe que parece estar perdida, ou melhor, está perdida! Mas, não acho que seria melancólico, caso Alonso se aposentasse… Não é o meu piloto preferido, mas temos que admitir que é um dos melhores pilotos da história da F1!
      Primeiramente, veio de um país onde a F1 não revelava pilotos, depois conseguiu se destacar numa Minardi!! Em seguida, acabou com um reinado de um certo Michael Schumacher…
      A história da F1 sempre nos revelou que grandes pilotos, grandes campeões possuem personalidades fortes e egos inflados, o próprio Ayrton era difícil de se lidar…
      Diferente de ti, não darei risada ao ver dois pilotos campeões e uma equipe vencedora andando em último… Fico, de fato, preocupado.
      Melancólico é ver a situação atual do circo da F1!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>