MENU

terça-feira, 26 de maio de 2015 - 10:45F-1

E A WILLIAMS?

SÃO PAULO (e quem responde?) – Foram 24 corridas seguidas nos pontos, desde a reestruturação iniciada no ano passado. Meta: voltar a ser grande — e como foi, a Williams, nos anos 90… Aí, em Mônaco, um fiasco.

Bottas, que segundo as más e boas línguas tem um contratinho de gaveta assinado com a Ferrari, mandou o sapato no time. Rob Smedley, que em tese deveria se sentir atingido pelas críticas do piloto, engrossou o coro contra ele mesmo — afinal, é o chefe. “Se quisermos voltar a ser grandes, não podemos nos dar o luxo de passar um fim de semana de folga em Mônaco”, falou.

Que gente esquisita… Mas o fato é que a Williams, que esperava começar o ano como segunda força do Mundial, a exemplo do que aconteceu na segunda metade da temporada passada, foi ultrapassada pela Ferrari e perdeu o rumo. Precisa reencontrá-lo logo. Só que a meta de ganhar pelo menos uma corrida em 2015, essa pode esquecer.

bottaswil2015

17 comentários

  1. Betocam disse:

    Mônaco é a prova de que o carro é ruim. Só tem motor.

  2. A Williams já chegou ao seu nível máximo esse ano e agora está com tendência de queda nessa temporada mantendo a escrita da Gangorra que é um sobe e desce por temporada que vem desde 2000.

  3. Ricardo Bigliazzi disse:

    Parece que estão andando com o modelo de 2014.

    O carro é “liso como uma enguia” e anda muito nas retas, pena que a F-1 não ande em circuitos ovais. Para o azar do Massa e do Bottas os circuitos da F-1 estão recheados de curvas.

  4. Luis felipe disse:

    O Massa tem uma sorte !!! Rs

  5. PedroL disse:

    A Williams vai se recuperar rapidinho, podem escrever aí. Eles chegaram no GP do Canadá de 2014 em 6º no mundial, empatados com McLaren com 52 pontos, a partir daí começaram a mostrar todo seu potencial.
    Classificação 2014 após GP de Mônaco: Mercedes (240), RBR (99), Ferrari (78), Force India (67), McLaren (52), Williams (52)…
    Classificação 2015: Mercedes (242), Ferrari (158), Williams (81), RBR (52), Sauber (21)…
    Obviamente que os resultados estão aquém das expectativas, por outro lado, é possível sim que a Williams venha a surpreender daqui pra frente, assim como ocorreu em 2014, até por isso fiz questão de buscar os números da temporada passada.

  6. Razor disse:

    Acho que eles erraram a mão no acerto dos carros.
    As Williams acabaram sendo os carros mais velozes de reta em Mônaco, o que é um erro grosseiro! Dando mais asa, o carro teria sido mais veloz nas curvas e é aí onde está o segredo da volta rápida. Ainda mais num circuito onde a única reta tem um calombo no meio e os carros têm que contorná-lo e portanto tornar a reta uma … curva!
    Com o carro “solto”, passou a escorregar demais nas curvas e assim o Botas acabou com os pneus traseiros.
    As Mercedes, por exemplo, eram dois dos carros menos velozes de reta, ou seja, tinham (muito) mais asa e com esse acerto voaram na corrida.
    Mas essa é a Williams! Tem dias que acerta tudo, tem dias que parecem um bando de adolecentes tateando no escuro.

  7. Adolfo disse:

    O problema da Williams é aerodinâmica. Tem um carro razoável empurrado pelo melhor motor da categoria. E não há sinais de que vá melhorar. A sorte é que a Renault tem um motor tão ruim que a Red Bull, mesmo tendo um carro bem mais equilibrado, não consegue chegar perto da Williams.

  8. fernando disse:

    O carro não é uma maravilha, mas tambem não é tão ruim. Basta ver que quando andam e não tem problemas, são 5 e 6 ou 4 e 6. E a Red Bull vem se arrastando, já tão na pindura de motor, então não sei se vão voltar a repetir Monaco daqui para frente.

  9. Ulisses disse:

    E com isso, Felipe Nasr parece estar garantindo aí uma “vaguinha” boa para 2016!

  10. eduardo disse:

    O Riccardo vai engolir as duas Willians e o Kyviat vai precisar fazer o mesmo e não deixar Monaco ser excepção se não quiser perder o lugar pro Verstappen

  11. Romeo Nogueira disse:

    Às vezes, não, sobre esquecer a meta de ganhar uma corrida neste ano. Em algumas temporadas, tem sempre aquela corrida maluca, Flavio, em que pode dar uma “zebra”, sobrar para quem estiver na hora certa e no lugar certo… Sem Google, vou chutar algumas que agora lembro: Piquet, de Benetton, em 1991, no Canadá; Panis, em Mônaco/1996; Herbert, em Nurburgring/1999; Fisichella, no Brasil, de Jordan, 2003; Button, de Honda, em Hungaroring, 2006… e outras!

    • Israel disse:

      Maldonado de Williams…Espanha 2012

    • luigi disse:

      Tirando Piquet que já tinha sentido o gosto de ser campeão o restante foi só circunstancial que nada representaram para o crescimento nem dos pilotos e muito menos da equipe , e tudo que a Williams não precisa é de vitórias circunstanciais ,afinal vivem num mundo competitivo e que tem gente muito especializada que querem colocar muito dinheiro só em potenciais ganhadores .os circunstanciais ficam para especuladores casuais. e que aportam pouco dinheiro (relativamente).

  12. Tuta Santos disse:

    Williams já em 2014 só ficou onde ficou porque Ferrari e McLaren estavam bambeando as rodas. Eles fizeram um bom carro, mas na F1, o bom nem pódio pega.

  13. Kimi o festeiro disse:

    “não podemos nos dar o luxo de passar um fim de semana de folga em Mônaco”

    Discordo totalmente, GP de Mônaco é uma vez por ano, tem que aproveitar! Próxima etapa GP do Canadá…vai ser um fim de semana maravilhoso!!! Já dizia Bezerra da Silva “malandro é malandro e mané é mané”, beijinho no ombro…

  14. John disse:

    Muita calma nessa hora! O problema da Red Bull nao eh soh os motors, mas a aerodinamica e a suspensao tambem. Eh bom lembrar que a Toro Rosso tem o mesmo motor e tem andado na frente da Red Bull.

  15. Rodrigo Luiz Martins disse:

    Fato é, se não fosse pelos motores a williams não seria nem o terceiro time do campeonato, afinal a RBR só ta la atras por causa dos problemas com o motor Renault, se não estaria na frente da williams

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>