MENU

quarta-feira, 24 de junho de 2015 - 9:56F-1

HÁ TRÊS ANOS

SÃO PAULO (inacreditável) – Hoje, 24 de junho, faz três anos do último pódio de Michael Schumacher na F-1. Foi no GP da Europa em Valência, vencido por Fernando Alonso, então na Ferrari. Raikkonen, com a Lotus, chegou em segundo. Michael, que voltara a correr em 2010 pela Mercedes — não se enganem, muito do que está acontecendo na equipe hoje tem o dedo do heptacampeão —, foi o terceiro colocado e levou para casa seu 155° troféu. Alain Prost, com 106 taças, é o segundo nessa estatística. Dos pilotos em atividade, Alonso, com 97, é quem mais estourou champanhe.

 Foi uma corridaça, essa das ruas valencianas. Lembram? Alonso largou em 11° e foi buscar. Tudo aconteceu nas últimas voltas. Lendo agora o relato no blog, me dou conta de que a temporada de 2012 foi uma rara exceção deste século, com provas excepcionais e resultados surpreendentes — como esquecer dos sete vencedores diferentes nos sete primeiros GPs, entre eles Maldonado? Além do mais, Vettel foi campeão sobre Alonso com apenas três pontos de vantagem, numa prova dramática em Interlagos para fechar o Mundial. Eu digo, as coisas estão piorando, e eram bem legais pouquíssimo tempo atrás… Aliás, coincidentemente Renan do Couto escreve sobre isso hoje no Grande Prêmio.

Aquele GP da Europa juntou três campeões e dez títulos naquilo que chamei de “pódio retrô”, algo que nunca mais aconteceu — até porque Michael encerraria a carreira no final daquele ano, deixando a Mercedes prontinha para as glórias vindouras, e nunca mais emprestaria seus sete títulos a pódio algum. Alonso se emocionou muito. Estava numa fase de paixão arrebatadora pela Ferrari. Curioso é que depois daquela vitória, o asturiano só voltaria a vencer mais três vezes na F-1: na Alemanha, ainda em 2012, e na China e na Espanha no ano seguinte. Sim, meninos, faz mais de dois anos que Fernandinho não sabe o que é chegar lá no topo. E, pelo jeito, vai levar muito tempo ainda para voltar, se voltar.

Quanto a Schumacher, segue a agonia de seus amigos e fãs — agravada pelo fato de que não se tem a menor ideia de como ele está.

podioschumimerc

73 comentários

  1. Guderian disse:

    Que asneira, o Schumacher quase perdeu a cabeça no acidente com o Liuzzi e ainda falam que foi proposital!

  2. Ed disse:

    Deixando a Mercedes prontinha para glórias é ´por sua conta.

    Não que colaboração maravilhosa ele pode ter dado para carros de 2 anos depois sendo que nem sua pilotagem era mais tão eficiente assim.

  3. luiz carlos barbosa disse:

    Quem gosta desta formula 1 atualmente…tem é que procurar uma “rola” como diria Boechat … é uma merda ver esse som dos motores com barulho de aspirador de pó, quero os velhos V 12…10 até o 8 seria bem-vindo.

  4. luiz carlos barbosa disse:

    Quem gosta de formula 1 atualmente…tem é que procurar uma “rola”

  5. HenriqueVPR disse:

    O que acontece hoje com a Mercedes não tem dedo nenhum do Schumacher, Flávio.

    2012 também não foi um ano isolado. Tiveram outros. Aliás, a fase mais chata e broxante da F1 foram os 5 títulos seguidos do próprio Schummy.

  6. Rubem disse:

    Essa foi a única corrida de F1 que eu vi ao vivo. Foi bem legal ver o Schumacão no pódio. Além disso, eu fiquei na arquibancada mais baratinha e o Alonso parou bem na nossa frente pra comemorar a vitória. Eu fiz um vídeo até (que é uma das coisas mais tenebrosas da face da terra) https://www.youtube.com/watch?v=p_c4ovj79Gc Se forem ver, comecem lá pelos 2:50. O resto é um treme-treme dos infernos. A arquibancada foi à loucura. Eu também. E olha que eu nem era fã assim dele. Mas comemorar com a galera nesse esporte elitista ganha meu respeito.

  7. Segafredo disse:

    Não entendo como um cara que tinha um foguete na mão(Vettel) não conseguiu resolver aquele campeonato facilmente……Não fosse o Maluco da 1ª volta Don Fernando das Astúrias teria faturado um campeonato sem ter a melhor máquina….assim como fez Senna em 91!

  8. APM disse:

    O alface vibrou no pódio de morte de Ímola!

  9. Thiago Azevedo disse:

    Lembro dessa corrida. Nunca fui de torcer para o Schumacão nas corridas de F1, mas nessa torci muito.
    Já faz tempo, não acho que a influência do alemão seja significativa dos resultados atuais.

    • Fernando disse:

      Concordo, Schumacher era muito bom – também – em agregar talentos em torno de si para construir carros de “alfaiate” para ele, o que não é pouca coisa, poucos conseguem isso. A Mercedes de hoje não tem nada do Schumacher, as qualidades que o Flávio citou lá embaixo são qualidades alemãs.

  10. Paulo Pinto disse:

    Alonso e Raikkonen foram agraciados com a companhia do Maior do Mundo em seu derradeiro pódio na categoria.

    Força, Schummy!

  11. David disse:

    Flavio eu sei que voce gosta do Dick Vigarista mas não exagera, desse jeito voce arranca o saco do cara !!! (hahahahahaha)

    A atual Mercedes não tem NADA do Schumacher, quem arrumou a casa ali foi Lauda que trouxe Hamilton e Lowe e daí sim as coisas começaram a melhorar, antes disso era só meio do grid…

  12. Mauricio Camargo disse:

    Com certeza Schumacher deixou um legado na Mercedes, mas é difícil mensurar o quanto da sua influência pesa na situação atual.

  13. Marcelo Dalbelles disse:

    Não acho que Schumacher tenha tantos méritos no que acontece hoje em dia com a Mercedes.

    No mesmo período Nico Rosberg chegou a vencer uma prova e conseguiu alguns pódios, e o GP de Valência foi o único grande resultado do Schumi.
    em 2013, ano em que Hamilton o substituiu e com o regulamento antigo a equipe prateada sofreu dos mesmos problemas; muita velocidade e pneus que se acabavam muito rápido.

    Eles se deram bem com o novo regulamento, interpretaram melhor toda a parte técnica e pra falar a verdade foi a única fabricante a acertar no motor (unidade de força) até agora, e, na formula 1 atual é o que faz toda a diferença.

    A Ferrari está se encontrando este ano e a Renault nem sabe o que está fazendo na F1 !(Honda é café com leite ainda)

  14. Fernando disse:

    Ótima matéria do Renan, é sempre bom mostrar aos saudosistas embolorados – eu fui quase um – alguns números dos anos 80/90. Ele acerta em cheio, a F1 estava boa faz poucos anos (e nem sempre era tão boa assim nos 70s, 80, e 90s), e continuaria não fossem algumas idiotices no regulamento. Corridas modorrentas sempre existiram, e ainda existem, corridas sensacionais também, assim como domínios em geral. O passado foi muito legal, mas… por favor, saiam do passado!

  15. A F1 vem perdendo audiência na proporção que vem buscando “melhorias” e modernização. Uma pena.
    Porém, muito pior que isso é ver a situação de Schumacher.

    Pessoal, se puderem, dêem uma passada no meu blog e acompanhem nossos posts. Obrigado e abraço.
    http://www.onaoeujatenho.com.br

  16. Ricardo Talarico disse:

    Além do Schumacher, eu daria crédito também para o Ross Brawn para o sucesso atual da Mercedes.

  17. Edson disse:

    Ola Flavio, tudo vem. Sempre que lembro do Michael Schumacher, me vem uma pontinha de tristeza… até sabermos o contrário, que destino o dele hein?
    Relembrando a genialidade desse piloto, vejam esse vídeo: Pole lap Austrália 2004
    Abraços e muito obrigado.
    https://www.youtube.com/watch?v=yh-FjxGG-Sc

  18. guilherme disse:

    Flavio, acordei tarde e não deu tempo de ser chato ainda, mas já encontrei um motivo para abrir os trabalhos do dia: a diferença entre os símbolos de grau (°) e ordinal (º) que você, ainda, usa errado.

    Vai dar só um tiquinho de trabalho, mas faça um teste. Copie uma classificação que você usou nesse post (por exemplo, 155°) e cole em um documento do Word. Agora, copie esse número: 155º e cole no mesmo documento. Selecione os dois números e mude a fonte para, digamos, Calibri. Vai ficar nítido que o símbolo que você usa aparece apenas como uma bolinha, enquanto a outra opção aparece como uma bolinha sublinhada — o símbolo de ordinal como o conhecemos.

    Depois disso, basta passar a usar o símbolo certo. Se o seu teclado for padrão ABNT, vai ser na mesma tecla onde estão o colchete e a chave de fechamento, do lado do enter, que precisa ser apertada com a tecla ALT da direita (conhecida como Alt Gr). Caso não exista essa opção por algum motivo, é só inserir o símbolo diretamente usando a tabela ASCII: segure a tecla ALT da esquerda e digite (no teclado numérico) 0186. O símbolo de grau é o 0176.

    Chato convicto que sou, não vou nem cobrar a assessoria técnica. Não precisa nem agradecer — mas pode chingar se quiser pra não sair do personagem.

  19. Diego - Floripa/SC disse:

    Ótimo artigo do Renan no GP. Expressou tudo o que eu penso sobre o assunto.

  20. zeba disse:

    Sobre o Schumacher, devemos ser realistas, ele deve estar acamado. Só assim pra ter esse controle total sobre a falta de notícias dele.

    Li em algum lugar que paparazzis têm utilizado até drones para conseguir alguma imagem dele. Se ele estivesse podendo se locomover já teria aparecido no jardim de sua casa.

    Oremos.

  21. Allez Alonso! disse:

    A temporada de 2012 foi sensacional, Alonso seria campeão não fosse a atropelada do Kimi na Bélgica. Aliás, foi em 2012 que a máscara do Vettel começou a cair, depois do “not bad for a number two driver”, que Webber falou em Silverstone, o australiano só se ferrou na RedBull, afinal, não tinha carisma e não vendia latinhas como o produto Vettel.. Vale lembrar, depois do GP da Inglaterra o Webber tinha 16 pontos a mais que o alemão-fake-jr no campeonato. O Webber, hahahahahahaha!
    Foi também a temporada que a Mclaren fez seu ultimo carro bom, não fosse o Hamilton ter errado tanto, poderia ele ter sido o campeão.
    Burros como uma porta, como o Chupez-Alfredo e Cia.,, que somente olham os números, não lembrarão do difusor flexível e do bico de borracha da redbull, sem falar no lobby dos pneus. Pra vc ver, né?, são sempre o mesmo piloto coxinha e equipe coxinha reclamando de tudo, pneus merda, barulho merda, Renault merda, mimimimi….. Vettel na Mclaren teria cometido um arakiri.

    • Paulo Pinto disse:

      A temporada de 2012 seria mais sensacional se Schummy não deixasse seu Herdeiro passar em Interlagos. Vettel seria campeão em cima de Alonso por apenas 1 pontinho! Hahahaha!
      A atropelada foi de Grosjean, o ex-maluco da primeira volta.
      Webber era segundo piloto da mesma forma que Massa.
      Você também olha números: há pouco citou o recorde de pontos de Alonso (que vai cair nos próximos GPs).
      Ah, sim! Harakiri se escreve assim.

    • Marcelo R. disse:

      Misericórdia, é muita paixão enrustida hein Allez ?. O mais engraçado é parece que esse cara é vascaíno e fala de vice.

      Detalhe, Alonso foi acertado por Grosjean (o maluco da primeira volta segundo Mark Webber) na largada do gp de Spa. No Japão foi Kimi quem acertou Alonso logo depois da largada.

      Até hoje tenho minhas desconfianças naquele GP de 2010 quando Vettel ganhou a corrida e o campeonato por conta da Ferrari decidir marcar o Webber. Nada me tira da cabeça que Schumacher causou o acidente de propósito para favorecer seu amiguinho tedesco.

      Afinal, o alemão foi aposentado pelo Espanhol e isso ele nunca engoliu.

      • Allez Alonso! disse:

        Isso, tem razão…

      • Paulo Pinto disse:

        Mais um habitante da Matrix com suas teorias conspiratórias.

        Vascaíno, sim, apenas para ter uma identidade futebolística. Não vou, não assisto e só sei dos resultados (alguns) após os jogos. Eu deveria torcer pelo Alonso, já que “gosto de vices”.

        Analisemos a teoria: a rodada de Schummy e o choque com Liuzzi, favoreceu EM QUÊ o Vettel?

        Ninguém aposentou Herr Hepta. Ele já estava decidido a parar, logo que conquistasse o último grande recorde que lhe faltava na carreira: o recorde de poles, conquistado em 2006.
        E para finalizar, o anúncio da aposentadoria foi feito em Monza, quando o alemão estava a apenas dois pontos do espanhol, faltando ainda três corridas a serem disputadas.

        Aprendeu a fantasiar com o Vicellez? Está mal parado.

      • Marcelo R. disse:

        Paulo Pinto vou fazer que nem o Boechat, não vou te dar palanque. Volta pro manicômio.

        Parou de correr depois que perdeu o título, aposentado por Alonso: FATO !

      • Paulo Pinto disse:

        Marcelo R., dispenso palanque.

        A diretoria da Ferrari já sabia, antes de Monza, que Schumacher iria parar de correr. Tanto que Raikkonen já estava contratado para o seu lugar.
        O alemão cumpriu seu contrato até o último GP, ou seja, ganhando ou perdendo o campeonato, a despedida se daria em Interlagos, como se deu. E parou como o Maior do Mundo, detentor de todos os grandes recordes.

        Agora, anote aí: Vettel e Hamilton (e quem mais chegar) irão aposentar Alonso com seus dois magros títulos.
        Questão de tempo.

      • Marcelo R. disse:

        Dispensa, mas não se dá por vencido ne ?.

        A diretoria já tinha dado um ultimato a Schumacher, vá se informar.

        Hamilton pode até ser, mas ser herdeiro já deve estar se borrando com a ida de Bottas para lá.

      • Allez Alonso! disse:

        Precisa de 2 pra aposentar o Alonso, sozinho o vettel não consegue.

      • Paulo Pinto disse:

        Mais um “pau-mandado” do Vicellez. Faz o seguinte, Marcelo: explique, pelo menos, essa teoria do acidente que favoreceu Vettel nas arábias.

        Agora, o Vicellez: depois da surra quádrupla (2010 a 2013) e três vices (sendo dois deles, sofridos), qualquer piloto com um pouco de vergonha, aposentaria. Mas, vamos olhar o lado bom. O “Arrastonso está nos proporcionando momentos divertidíssimos e isso não tem preço!

        Vai, Nandinho! Rumo ao ostracismo…

  22. Paulo disse:

    A unica coisa ruim em 2012 eram aqueles bicos horríveis dos carros…

    Mas diante da situação atual, antes tivessem ficado com esses bicos feios mesmo.

  23. Sergio Balbino disse:

    Não acho que os carros de 2014 e 2015 tenham “dedo” do Schumacher. Em 2013 até poderia ter, mas estes dois últimos, duvido.

    Mas é apenas chutômetro meu, claro.

    • Flavio Gomes disse:

      Equipe, amigo. Organização, métodos, procedimentos.

      • Allez Alonso! disse:

        Esse cara foi o Ross Brawn. Piloto não faz isso, muito mais o Schumacher, que nem sentava no simulador. Piloto senta e acelera. A Mercedes apenas fez o melhor carro ao redor do melhor motor híbrido, se a f1 tivesse continuado com os V8, Kers como push to pass, e difusor soprado pelos escapes, veríamos um carro da RedBull novamente como campeão, só que pelo que vimos em 2014, não seria com o Vettel.

      • Segafredo disse:

        Boa Allez….

    • Charles disse:

      Esse Allez, pelo tanto que diz que entende, acho que é engenheiro em alguma equipe de F1.

      • Allez Alonso! disse:

        Não precisa ser engenheiro, é só não ser burro.

      • CAI NA REAL disse:

        Esse ALLEZ ALONSO é o típico menininho mimado (xodó da “mami” e do “papi”. Estuda tudo o que pode fazendo direitinho o “dever de casa” para que os pais tenham orgulho do seu filhinho. Depois do “dever de casa” feito direitinho no caderninho (escrevendo com a letrinha caprichada), mostra para a “mami” e para o “papi” e recebe deles a autorização para vir postar aqui chamando os outros de burros, ralézada (ralézada não existe, o plural de ralé é ralés…aprendeu ALLEZ Bostinha) e ainda já o ví ofender com palavrões em outros posts (já ganhou uma reprimenda do Flavio Gomes por isto), despreza qualquer comentário dos outros, pois se acha sempre certo e superior aos demais. É um playboy pedante, mal educado e que ainda se acha um ás do volante postando seus vídeos no YouTube.
        Um “mimado” deste ainda diz que tem fãs suficientes para ter seu próprio Blog, e eu o desafio…crie um Blog e depois vamos ver quem é que vai ter interesse em acessar.
        Vá beijar o Alonso “biba fanática” kkkkkkkkkkkk

      • Allez Alonso! disse:

        Inveja é uma merda, hahahahaha! Olha só esse idiota, pqp! Tô rindo pra caralho aqui, que mané… Tem de tudo nessa merda de internet mesmo. Vaza fera, vai comentar o que o Chupez comenta, não tenho tempo pra ralezada, kkkkkkk!
        E ainda por cima, ainda é baba ovo de blogueiro, que biba!!!! Divergência de opiniões é saudável até em um blog, princesa… Hahahahaahahahaha!!!!

      • Paulo Pinto disse:

        O Vicellez está xingando todo mundo, porque ele jamais imaginou uma temporada onde Alonso continuasse zerado após 8 corridas. E levando pau do companheiro de equipe, o fortíssimo Button!

        A Matrix não vai aguentar o tranco e vai explodir até o final do ano.

        Hahahahahahaha!

      • Allez Alonso! disse:

        Só xingo idiotas. Esse aí é o Chupez com outro apelido, confere aí, modera…. tenho certeza. Que aliás é a Luciana, uma mina obesa tipo 1 que vive no meu pé…
        Mas então, só xingaria mesmo se o Alonso levasse uma surra como o seu herdeiro levou em 2014.

      • CAI NA REAL disse:

        Anhh ALLEZ….falou tudo nesta parte “Tem de tudo nessa merda de internet mesmo”….voce é uma destas coisas da internet..aliás um
        tremendo “cagalhão parrudo”…..kkkkkkk e tem mais, este jeito de chamar os outros de “fera”….humm..sei não, mas aqui na minha terra é papo de viado cantando outro..sai para lá “cadelinha do Alonso”..vai abanar o seu rabo para ele….comigo não ok, não cola…kkkkkkkk
        Acho mais até: se voce fosse mulher seria uma “Maria Capacete”…correndo atrás do Alonso, como fazem as “Marias Chuteiras” atrás do jogadores de futebol. Cai na real “playboyzinho”….

      • Allez Alonso! disse:

        Isso aí, agora não enche mais meu saco, baba ovo, ou melhor, biba ovo! Biba ovo foi ótimo. Kkkkkk. Tchau!!

  24. Rafael Chinini disse:

    como queria uma Mercedes dessa na mão do Schumacher! uma pena

  25. Ricardo Bigliazzi disse:

    Realmente (como diz matéria do Grande Premio) o Campeonato de 2012 foi muito interessante.

    Acredito que o único destaque negativo era a feiura dos carros (o bico dessa Mercedes é de matar)..

    Schumacher faz falta. Fica a torcida para que continue a melhorar.

  26. Passou rápido. Aliás, tem passado muito rápido.

    Schumacher, pra mim o melhor piloto que já caminhou pela Terra.

  27. Herik disse:

    Pois é. E em 2012 muita gente reclamava da temporada, Como reclamavam uma enormidade dos anos de domínio de Schumacher na Ferrari e, hoje, choram pitangas com saudade do barulho dos motores, Montoya, Hakkinen…

    O ponto que quero chegar é que nesses tempos de internet o povo reclama pra carai! Enquanto um campeonato meia-boca é lembrado como sensacional (só dois carros com condições de ganhar e quem levou foi um brasileiro) outro também chato e só com dois carros com condições de ganhar é tido como o pior da história.

    Concordo que tem coisa para melhorar – e muito – na F1, mas parte da chatice vem do clima de que “tudo é uma m… hoje”.

  28. Daniela disse:

    Triste mesmo é não ter noticias. Saudades do velho Schumi.

  29. Chupez Alonso disse:

    Prova dramática essa, em Interlagos, que contou com a estupidez de Bruno Senna, abalroando Ve44el na largada.

    E ainda tem idiota que diz que Ve44el ganhava campeonatos com a mesma facilidade que passeia Hamilton. “Era só o carro”! É só olhar para os campeonatos de 2010 e 2012.

    Desde o ano passado que só tem a Mercedes no grid. Impossível nos dias de hoje ter 7 vencedores diferentes no campeonato todo, imagina nas 7 primeiras corridas.

    Mais impossível ainda é o Viceonso ganhar mais alguma coisa. Só se for fumo!

    Chupa Fernandinho!

    Allez Mão!

    • Segafredo disse:

      Se não ganhou fácil em 2010 e 2012 foi porque era fraco(ainda é), pois tinha um carro 1 seg mais rápido por volta que toda concorrência…..Simples assim!!

    • Paulo Pinto disse:

      Vettel, depois de ser abalroado, caiu para último e fez uma parada a mais durante o GP. Hulk “tirou” Hamilton da corrida. Raikkonen foi “passear” no velho circuito e nem assim Alonso conseguiu faturar o título.
      Vai ser incompetente assim lá nas cangalhas dos burros!

      O espanhol merece findar a carreira como bi.

      • Allez Alonso! disse:

        O grande Webber vinha na frente, luta dura pro alemão, que depois de silversrone estava 16 pts atrás do fortíssimo piloto australiano, hahahahaha….

      • Paulo Pinto disse:

        Alonso ficou 8 (oito) voltas atrás do líder Button, antes da bandeira amarela. Bastava ter passado o inglês para ser campeão. Por que não o fez?

        Será que ele pensou que era o Petrov que ia à frente?

  30. Bento disse:

    Só mesmo quem entende de F-1 para confirmar o que qualquer fã já sabia: o período do Schumacher na Mercedes junto com Ross Brawn não serviu apenas para correr e sim para (e principalmente) ajudar no desenvolvimento do carro. O resultado está aí para quem quiser ver.

  31. disse:

    Como está a F1 hoje. Olhando a foto, sentimos falta até dos pneus que eram usados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>