MENU

sexta-feira, 4 de dezembro de 2015 - 8:19F-1

MOTOR DA HORA

SÃO PAULO (digital ou analógico?) – Acabou mais um mistério. A Red Bull fica, claro, e seus motores serão Renault, ainda. Mas a marca francesa desaparece da carenagem dos carros rubro-taurinos. O time dos energéticos fechou um mega-contrato com a suíça TAG Heuer, ex-patrocinadora da McLaren. E esse será o nome dos motores: TAG Heuer. Preparados pela Ilmor. Pacote fechado, portanto.

Uma marca de relógios dar nome a um motor de F-1 feito por outra empresa parece esquisito, e é. Não vai dar pra dizer “quebrou o motor TAG Heuer de Ricciardo”, por exemplo, porque os relojoeiros suíços não devem nem saber o que é um pistão, quanto mais um MGU-K. Vamos ter de nos virar para explicar a cada corrida.

heuercarreraMas isso já aconteceu antes. Em 2001, a Prost, em seu último ano na F-1 — depois de uma estreia promissora em 1997 –, já caindo pelas tabelas, passou a usar motores Ferrari. Mas fechou acordo com uma fabricante de computadores, a Acer, para rebatizar seus V10. Assim, a Prost oficialmente, disputou aquele mundial com os famosíssimos motores Acer, que podiam ser encontrados em qualquer boa loja de informática — jamais num carro.

Como eu disse, parece esquisito, e é.

Quanto à TAG Heuer, já tive dois relógios da marca comprados com muito suor, mas me roubaram ambos. Um deles, um Carrera que comprei na Malásia, é o modelo mais bonito que já vi, como esse da foto. Que raiva. Bem que podiam me dar um de presente. Amanhã o blog faz dez anos e vocês nunca me deram nem parabéns.

97 comentários

  1. Sergio Stanislauskas disse:

    Flavio, meus 50 cents: A TAG é um pouco mais do que TAG Heuer. Eu me lembrava que a TAG foi contratada para tirar a Heuer (a dos relógios e cronometros) de uma pindaiba financeira lá pelos anos 80. Administravam qualquer empresa com problemas. O capital que sustentava as operações de recuperação era árabe. Mas fiquei surpreendido com o alcance dos caras hoje:
    https://en.wikipedia.org/wiki/Techniques_d%27Avant_Garde

  2. Rangel disse:

    Fico na duvida, os motores da Red Bull serão os entregues pela Renault versão 2016, após a entrega a Ilmor ainda vai mexer neles.

    Ou só serão rebatidos ?
    Ou unidades 2015 melhoradas ??

  3. hermann disse:

    A McLaren não fez o mesmo com os motores Porsche entre 1984 e 1987??

  4. Sandro disse:

    A TAG-Heuer foi a cronometrista da F-1 entre 1987 a 2003 – creio eu.

    http://www.tagheuer.com/br/relogios-de-luxo/formula-1/formula-1-cronografo-43mm-edicao-especial-senna-antracite-com-toques-de-vermelho-aco-pulseira

    Interessante a TAG-Heuer poder usar a marca “F-1″ num relógio!

    185.000 ienes! no Brasil: $$$!

  5. Boer disse:

    Além da Prost em 2001, a Sauber rebatizou os motores Ferrari durante muitos anos como “Petronas”, de 1997 a 2005, salvo engano. Houveram outros casos como Benetton “Playlife” entre 1998 e 1999, Williams Mecachrome e depois Supertec também no mesmo período, juntamente com a BAR no seu primeiro ano. E todos não passavam de um motor Renault na época.
    Entre 2001 e 2002, Arrows e Minardi respectivamente usaram os motores Asiatech que se não me engano eram motores Peugeot rebatizados.

    Mais antigamente, acho que a Minardi usou um tal de “Motori Moderni” que foi uma aventura da Subaru na F1, sei lá.

    Esse troço de dar nome a motores já vem de tempos… É meio estranho, mas não deixa de ser curioso. Abraço e parabéns pelos 10 anos.

  6. Tuta Santos disse:

    Analógico, tem alma, devia se chamar Almalógico. Não desgosto nem dispenso o digital, mas sei que ele me dispensaria num segundo.

  7. Erasmo Valadão disse:

    Flávio, se é por falta de parabéns… parabéns!

  8. Eduardo_SC disse:

    Esta aí o cúmulo da desfaçatez. Esse pessoal subestima a inteligência dos fãs. Devem achar que quem assiste a F1 não entende nada de carros. Se for para fazer graça, que batizem com a marca Jonny Walker então.

  9. proletariors disse:

    aproveitando a “choradeira” entonces:

    happy birthday mr world´s president ;)

    https://www.youtube.com/watch?v=iH3oOVKt0WI

  10. Wolfpack disse:

    Estão pagando bem carinho pelo motor renault, e agora nem podem reclamar da marca. Estão no inferno estes inocentes juvenis da red bull.

  11. Danilo Silva disse:

    E a postura da globo? Vai chamar a equipe de RBR-TH? Red Bull não é empresa automobilística (é do ramo de bebidas) e Tag Heuer também não é fabricante de motor (é fabricante de relógios).

  12. Lucas Martin disse:

    PARABÉNS!!!!

  13. Marcelo Melo disse:

    #1 – Parabéns a todos nós pelos 10 anos… e em especial a você, claro.

    #2 – Belo relógio. Adoro os TAG Heuer. São lindos e este, da foto, mais ainda. Bom gosto. Parabéns!

  14. Macario disse:

    Este da foto é Heuer, antes da compra da empresa pela TAG. Vale mais que um TAG Heuer.

  15. Alexandre Werner disse:

    Parabéns Flávio. E deixa de frescura, veja as horas no celular.

  16. Anselmo Coyote disse:

    Parabéns. Seria legal um relógio movido por um motor a gasolina de combustão interna (pode ser a diesel, GNV, álcool ou gasolina também).
    Abs.

    Ah…ia-me esquecendo. Seu presente, um relógio de sol, mais ecológico impossível.

  17. Roberto Borges disse:

    Bom, como já é dia 05, meus parabéns pelos 10 anos!!!!
    Quanto ao relógio, ficam aqui meus votos para que consiga outro, é o que posso fazer.

  18. Rogerio disse:

    Comi vc é mentiroso FG. Vc disse uma vez que nunca foi assaltado!

  19. Eduardo Okubo Jr disse:

    Flávio, parabéns pelo blog!

  20. Anonimo disse:

    Aquela pesquisa da agpda deve ter salvado o button e feito a Tag que fica no back investir para aparecer mais,

  21. Tiago disse:

    Pq raiva? Era só uma vítima da sociedade. Pq a raiva ao invés da satisfação pessoal por estar ajudando a diminuir a desigualdade e por consequência a violência?

  22. ANNEKIM disse:

    Vai ter que tirar a desvantagem na aerodinâmica e no chassis, afinal ta na hora do sr
    Adrian Newey criar um bom carro pois Rob Taylor não esta mais ,seu braço direito foi pra Haas supervisionar o novo carro.Quanto ao relógio, serve uma ampulheta usada?

  23. Augustogibim disse:

    Tá aí a TAG Heuer mostrando sua carinha entre os relojoeiros (leia-se Rolex) como temos aqui, na stock, com os farmacêuticos?

  24. Fernando Monteiro disse:

    Olá Flávio.Eu gostaria que você analisasse o meu comentário e depois, se puder dizer o que acha. Depois dessa novela toda, acho que no final quem se deu bem foi a Red Bull. No meu ponto de vista a Renault se deu muito mal, pois acho que alguns detalhes passaram desapercebidos ( é assim que se escreve? ). Ao meu ver a Red Bull saiu ganhando no final da história, pois é sabido que ao longo do ano a equipe austríaca, como as relações com a Renault já estavam rompidas mesmo, buscou algumas consultas com a Ilmor para ver se podia melhorar o motor francês. Os caras da depois de analisarem a máquina, reprojetaram o pistão e a câmara de combustão, pois descobriram, na visão deles, uma “falha de projeto”. Mas o fabricante gaulês, talvez por orgulho ferido ou “medo” rejeitou logo a ideia, e tratou de lançar uma atualização do motor, ao qual o Ricciardo disse que era pior que a versão anterior. Diante disso dou a minha humilde opinião, sobre porque acho que a RBR se deu bem:
    1 – Seu carro é muito bom, se não o melhor do grid e mantendo o mesmo motor, bastará algumas atualizações.
    2 – A Red Bull vai ter um motor “Renault” só dela, no grid será a única que terá um motor próprio. Era tudo que ela queria.
    3 – O comportamento que o motor francês mostrava no dinamômetro da Renault era diferente quando instalado no carro. Se a Ilmor fizer esse motor funcionar e mostrar força a Red Bull pode se dar bem.
    4 – E se esse motor Renault – TAG -Ilmor funcionar e a Red Bull fizer frente a Mercedes e Ferrari em 2016, será uma vergonha ainda maior para a Renault do que foi em 2014 e 2015, poi afinal aí sim os franceses deixarão a impressão de terem passado um certo atestado de incompetência.
    5 – Do contrário, se não der certo, a Red Bull não tem nada a perder, e poderá dizer que o motor sempre foi uma merda.

    Abração Flávio, gosto muito do seu trabalho.

  25. YEROSHA disse:

    Bela tentativa!!!!!!!!
    Vou te dar um CD , pode escolher Anastácia ou Bartõ Galeno

  26. Thiago disse:

    Entre o relógio e os parabéns… Parabéns pelo blog!

  27. Dav disse:

    Sempre gostei do logo da TAG Heuer em relaçao a outros, conheci a marca pela Formula 1 mesmo.

    Parabéns ao Blog (-;

  28. Bruno Cardoso disse:

    Não serve um da Cassio com calculadora?

  29. Sargento Garcia disse:

    Esse a Globo pode falar o nome à vontade!

    Todos custam mais de R$ 10.000 , portanto inacessíveis para 95% da população.

    Como a Globo só fala nomes de marcas que estão à léguas de distancia de nosso poder econômico (Ferrari, Mercedes, etc) tranquilo falar “TAG Heuer” também.

    Agora Red Bull não pode! A latinha custa menos de 10 conto, aí é propaganda de graça…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>