MENU

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015 - 10:39F-1

TORO FERRARI

SÃO PAULO (tá bom demais) – Faltou falar, sexta, da oficialização do acordo entre Toro Rosso e Ferrari para 2016. O time de Faenza, porém, vai usar uma versão anterior à da equipe de Maranello. Assim, será retomada a parceria que vigorou de 2007 a 2013 — rendendo, inclusive, a única vitória do time, com Vettel em Monza/2008. A dupla Verstappen-Sainz Jr., como se esperava, será mantida.

4 comentários

  1. sandro disse:

    Por essas e outras que a F1 está sem graça, vejo porque gosto, mas sem graça. Equipes como Toro e Willians que também “devem” ter motor inferior nunca poderão brigar na frente, dessa forma sempre serão intermediárias e continuaremos com Mercedes, e de vez em quando, uma Ferrari aparecendo. Vide Renault que nem o nome no motor fabricante terá no carro.

  2. Tiago disse:

    “Assim, será retomada a parceria que vigorou de 2007 a 2013″

    Flávio, desculpe minha ignorância, mas fique na dúvida, 2014 e 2015 tb não foram ferrari os motores da toro?

    Obrigado

  3. Leonardo Santos disse:

    Flávio, sou fã de automobilismo. Se tem motor roncando na televisão eu paro para assistir. Adoro seu blog, o qual leio todos os dias, até mais de uma vez – Parabéns pelos dez anos -, mas confesso que fico boiando quando o Grande Prêmio trata o Ilmor como “guro de motores”. Gostaria de sugerir uma pauta para o site ou blog para explicar o que seria um “guru de motores”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>