MENU

quarta-feira, 6 de julho de 2016 - 17:22Automobilismo brasileiro, Dica do dia

DICA DO DIA

SÃO PAULO (que coisa mais espetacular) – Primeiro o Chevettinho, agora o Opala. Mais histórias de Edgard Mello Filho, agora pela pena impecável de Rodrigo Mattar.

É para ler, marejar os olhos, tentar escutar os sons, sentir os cheiros, viajar no tempo.

opaladoedgard

12 comentários

  1. Opala feito pelo Berta, com motor feito pelo Luizinho Pereira Bueno, que explodiu e foi refeito pelo meu pai, Caíto, na itacolomy, que já tinha feito os outros dois carros, fazendo todo o campeonato e trazendo a vitória naquele ano!

  2. Marcelo Marcolini disse:

    Edgar vc é um MITO. Adorei ver vc nas transmissões da FOX Sports, ficou muito mais divertidas e com os seus conhecimentos e este sotaque Paulistano, maravilhoso !!!!

  3. Gus disse:

    Leituras e histórias assim salvam o dia!

  4. Carlos Pimenta disse:

    A texto que o Edgard escreveu á época da morte do Senna é impagável. A cada seis meses releio. Duka.

  5. Não conhecia o Edgard. Até que um dia esse ano assistindo a uma corrida da Nascar no Fox Sports fiquei me perguntando quem era o comentarista maluco que estava naquela corrida. Confesso que a primeira impressão não foi boa.

    Depois ele foi num Fox Nitro, aí passei a conhecer e respeitar. E agora simplesmente adoro as corridas que ele está nos comentários. Conta histórias muito bacanas do automobilismo dos anos 70, e comenta sobre a corrida em curso de uma forma hilária.

    Parabéns a Fox e a vocês por darem espaço e permitir que nós conheçamos essa grande figura.

  6. Marco Cordobê disse:

    Mais uma de tantas do Edgard…tempo bom que não volta mais…Nessa época, o Brasil produzia verdadeiros pilotos, gente apaixonada que entendia muito, suava muito e dava o sangue pra chegar no topo…e como disseram antes, ganhar dos carros preparados pelo Berta(respeitemos este “hermano”) era uma façanha.
    Por favor editores, continuem a nos brindar com estas histórias que fizeram o crescimento do automobilismo brasileiro.
    Abraços e sorte

  7. Farid Salim Junior disse:

    É disso que sempre falo aqui… Carros de verdade em nossas pistas! Saudades dessa categoria – a Divisão 3, Classe C. Quanto ao carro do Edgar, entre os Opala, só perdia em beleza para outro azul, o do Pedro Victor DeLamare. E, ambos ficavam atrás em design e desempenho, do Maverck Berta da equipe Hollywood, pilotado por duas feras – Tite CAtapani e Luizinho Pereira Bueno! Eita saudade!…

  8. Robertom disse:

    Campeão brasileiro de D3 em 1974, classe acima de 3000cm3.
    O Maverick da Hollywood era imbatível em Interlagos, mas nas outras pistas os Opalas estavam na briga…
    Eu ví…

  9. Renato de Mello Machado disse:

    Edgard Mello Filho e Opala Itacolomy-Safra.Isso é automobilismo puro! Edgard Sou seu fã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>