MENU

terça-feira, 5 de julho de 2016 - 18:36F-1, One comment

ONE COMMENT

Eu proibiria essa merda toda. Duas lâminas, não mais. Os caras ficaram loucos.

proibeessamerdatoda

39 comentários

  1. Pedro disse:

    Concordo, o simples sempre é o melhor.

    E que se permita às equipes menores a utilização de motores V8, mais baratos. Esses motores turbos ou unidades de potência são muito complexos e caros.

  2. Rogério disse:

    Haha, pela cabeça de alguns aqui ainda estaríamos na idade da pedra….desapeguem

  3. Julio Cesar Gaudioso disse:

    Há alguns anos a Monisha Calteborn disse numa entrevista que a maneira mais fácil de baixar drasticamente os custos da F1 seria limitar essas trapizongas na asas dianteira. Segundo ela, gastam muito mais dinheiro e tempo de desenvolvimento (simulação e túnel de vento) nesse monte de pecinhas do que em qualquer outra parte do carro.

  4. ALLAN PEREIRA GUIMARAES disse:

    Mais do mesmo. Desde o fim do efeito-solo, os aerofólios dianteiros e traseiros são responsáveis pela aderência do carro. Interessante é que um bólido hoje, mesmo com aquela prancha em forma de quilha na parte inferior, desconsiderando asas, pneus e materiais de construção, deve ter mais aderência que um com efeito solo de 1981… Reduzam as asas a meras lâminas, tal qual vimos até 1982, bem como pneus dianteiros com no máximo 275 de largura (e traseiro com 350, nem precisam ser tão largos como os que serão adotados) e vocês verão uma OUTRA F1…

  5. luigi disse:

    E lembrar que a primeira vez que uma asa foi usada em um carro de corrida foi em 1966 ,pelo brilhante engenheiro e piloto Jim Hall no Chaparral 2 E na série Can-Am e não pela F 1 ,como alguns podem pensar .
    E quanto evoluiu e quantas “tranqueiras foram adicionadas a elas . Podem ser mais eficientes ,mas são muito mais feias .

  6. Bobby disse:

    Essas são as verdadeiras “trapizongas” !

  7. Marcel Almada disse:

    pra quem faz modelismo isso é um pesadelo!!

  8. Ewerton Calebe disse:

    Isso não é uma propaganda da Gillete? Tipo daquelas em que “são quatro lâminas ajustáveis que se adaptam ao seu rosto em um corte linear” ? Tipo Mach 3 turbo…Pelo menos as cores combinam!

  9. Pedro disse:

    Sobe 0,5º na 4 e mais 0,75º na primeira interna (que coisa linda era o bico da Brabham BT44…)

  10. TJ disse:

    Concordo em gênero, número e degraus.

  11. João Eduardo disse:

    Asas configuração anos 90 já !!!!

  12. Leo disse:

    Coisa feia. Ano que vem vai mudar algo nessas asas?

  13. Renato de Mello Machado disse:

    Eu gosto muito de acompanhar as evoluções dos carros de pista para pista.Vejo muito a coluna do Giorgio Piola quê é um mestre no assunto.Fico assombrado quando vejo essa asas por serem inúteis para a competição.Parece quê uma gangue de engenheiros aerodinamicista pegou a F1 de assalto e impõe isso.Porque não usa uma simples asa?Igual a antigamente.´Por isso a F1 tá tão cara e insuportável.

  14. Leandro Fuin disse:

    Bom dia !
    Otimização de fluxo de ar Gomes, sempre isso rsrs

  15. Douglas disse:

    E essa tralha toda não deu em merda nenhuma. Como falaram em outro comentário, o regulamento de 2009 veio para tirar essas traquitanas, mas parece que eles estão voltando. Sinceramente, eu acho que deveria ter continuado como estava em 2008. A Ferrari de 2008 na minha opinião está no top-3 dos carros mais bonitos produzidos pela escuderia italiana em todos os tempos.

  16. moisesimoes disse:

    - . Aproveitando que a mulher viu e gostou do escorredor de pratos!
    Vem até com adesivo da Rexona rs

  17. GustavoEgito disse:

    É pra superar a Mach 3.
    Entendedores entenderão.

  18. Zé Maria disse:

    Deixando de lado a questão em si, impressionante (e não é de hoje!) é a capacidade do Giorgio Piola em colocar no papel (desenhar) aquilo que é apenas visto por nós.
    O cara é um gênio!

  19. Celio ferreira disse:

    Aí o leigo aquí pergunta , o formula indy , tem uma asa muito mais simples
    e anda grudado no chão a 370 p/h , e aí….

    • José Angelo disse:

      E aí que não tem nada a ver o cu com as calças, cara. São coisas diferentes, pistas diferentes, carros diferentes, regulamentos diferentes. Compare primeiros chassis da Dallara desde que adotaram esses novos (acho que 2012) e veja como estão diferentes agora que a Chevrolet e a Honda estão liberadas pra produzirem seus kits aerodinâmicos.

  20. valter disse:

    Comendador Ferrari, se visse uma aberração dessas, tirava a equipe Ferrari da F1. Ele dizia que aerodinâmica era pra quem não sabia fazer motor. Aerodinâmica é essencial, mas essa asa com tanto penduricalho parece tão frágil. Passa a impressão que não pode ser tocada. Se quebrar algum penduricalho desse perde aerodinâmica. Dá a impressão que resultado não traz, mas se quebrar perde.

  21. Luís Gustavo Rampazo disse:

    Ah, que saudade daquela simplicidade das asas dianteiras (com diedro negativo, usadas em ovais) no final da década de 90 na Indy/CART… http://wiki.mercedes-benz-classic.com/images/a/a8/IndyCar-PC27B.jpg

  22. Porcao disse:

    Bela mierda. Um totozinho e lá se vai esse monte de plástico….é gastar muito dinheiro com fibra de carbono à toa.

  23. EduardoRS disse:

    Eu acho que o aerofólio dianteiro deveria ser banido. Pneus largos, e asa apenas na traseira. Ia acabar com essa palhaçada de não poder seguir o carro da frente em curvas de alta. Também iria proporcionar um belo quebra-cabeças para os engenheiros pra achar outras formas de colar a frente no chão.

    Se é pra ter essa montoeira de penduricalho, que deixassem as regras de 2008 então. Pelo menos os carros tinham uma proporção mais bonita, com a asa traseira baixa, e a asa dianteira menor, ao invés dessa pá de retroescavadeira que usam hoje.

    • ALLAN PEREIRA GUIMARAES disse:

      Pneus largos na frente para que? Deixe do jeito que era em 1982… “Ah! Mas aí vão ficar lentos nas curvas…” E alguém fora do cockpit sabe VER a diferença entre 200 e 250km/h em uma curva? A F-E é lenta um absurdo, mas o truque de pistas estreitas e câmeras nem dá essa sensação…

  24. Paulo F. disse:

    Esta querendo desempregar o Adrian Newey?
    Mas que sem estes penduricalhos todos ficava bem melhor, ficava!

  25. Tiago disse:

    E o pior de ter essas asas tão bizarras e cheias de frescura é que quando os caras batem e estragam uma pequena parte não faz diferença nenhuma na performance na corrida. Exemplo foi aquele defletor lateral do Rosberg na última corrida.

  26. Tudo isso apenas para otimizar os fluxos de ar…

  27. Pablo disse:

    E eu achava que depois do regulamento de 2009 não ia ter esse tipo de coisa, mas aos poucos as equipes foram colocando penduricalhos aerodinâmicos e deixando que os carros não tivessem um visual tão limpo quando da época que esse regulamento entrou em vigor.

  28. Czar disse:

    A primeira lâmina faz tchan!

    A segunda faz tchun!

    E…

  29. Eu só tenho pena de quem tem que adesivar essas coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>