MENU

sexta-feira, 9 de setembro de 2016 - 20:58Dica do dia

DICA DO DIA

Mais um vídeo delicioso do Acrisio, do “Fanáticos por Antigos”: o JK, coisa linda que este país produziu nos anos 60.

15 comentários

  1. Charles Sampaio disse:

    As boas lembranças alimentam nossa alma e os sonhos, normalmente, indicam um caminho a seguir. Somados dão acesso a momentos de felicidade. Grande história e belíssimo carro. Parabéns!!!

  2. mario aquino disse:

    Quem andou em um carro desses em sua época jamais esquece, Este carro o Simca, o DKW eram carros maiores de sua época, para gente que tinha sangue nas veias, diferente de fuscas, aero willys, gordinis que eram carros de Picolés de Chuchu.

  3. Egberto disse:

    “Restaurando sonhos”…..que espetáculo. Se o amigo permite vou adotar esta expressão.

  4. rubem gonzalez disse:

    O carro é lindo demais, assim como todos os históricos nacionais. Queria eu poder ter cada um deles. Adoraria ter um apagado desses na minha garagem.

  5. guest disse:

    Dúvida: 1965? Ainda era chamado de JK ou já tinha trocado o seu nome?

  6. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F&G : Uma fotografia na porta da geladeira,fez com que intuir, entronizar em sonhos e produziu a realização , nome disso……”(sic) mágica” . Uma Bela narrativa.

  7. Tarcisio F Fonseca disse:

    Parabéns ao Henrique pelo trabalho de amor e paciência.

  8. MarcioD disse:

    Meu pai comentava que para comprar estes carros na época era preciso entrar na fila, principalmente um tal de TIMB. Os militares suprimiram o nome JK ( referencia a Juscelino) e colocaram simplesmente FNM 2000. Ai aumentaram a cilindrada e ficou
    FNM 2150. Mas o nome inicial “pegou” e as pessoas continuaram chamando de JK .
    Foi substituído no principio dos anos 70 pelo Alfa 2300.

  9. Alexandre disse:

    Meu primeiro carro foi um FNM 2150, 1972, que com relação a essa tinha o escudo no nível do capô, sem o ressalto, mas no fundo era o mesmo carro.

  10. luiz carlos disse:

    eu sou luiz carlos , tenho mais de 50 e,ando de JK 67 ha vinte anos.

  11. S L Arduin disse:

    Tive um JK 1967 e era um bom carro , até precisar de peças de reposição. Certo dia quebrou a manga de eixo dianteira esquerda e para achar foi um parto. Ficou faltando um rolamento e não achava em lugar ….o Rubens ( mecânico) então se manifestou : vai no ferro velho e acha um rolamento do Ford 37 !!!!! Funcionou……

  12. Oi? disse:

    Carro fantástico. Um dia ainda vou ter um.

  13. Renato de Mello Machado disse:

    Tudo o quê foi mostrado no vídeo eu vivi .Em 1976 meu pai tinha um vinho,olhava seus pés pisando no pedal da embreagem e depois quê ele soltava ficava olhando,o logo da Alfa,as mudanças naquele câmbio esquisito quê julgava ser no volante,até quê olhei melhor e vi que era na coluna,o painel e seu conta giros e a escala do velocímetro,o lugar do retrovisor no pinel em vez de ser no teto como nos outros carros,o escape que saia no para choque onde me queimava toda vez quê passava perto e vivia enferrujando.Muito boas as lembranças pois o carro era caro e difícil de manter sobre tudo fora dos grandes centros, como Rio,São Paulo e Minas,Como aqueles dois loucos pai e avô compraram eu não sei só sei quê ele era maravilhoso,e a loucura por ele me acompanha até hoje.

  14. Ulisses disse:

    Flavinho!! #dica troca a foto dessa página. Já ficou véia!

    Sobre o carro? Acho apagado, sem intensidade e um exagero de identidade que afasta olhares. Mas tem o seu lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>