MENU

sexta-feira, 23 de setembro de 2016 - 21:06DKW & cia., Enigmas & desafios

MISTÉRIO DO DIA

Onde teria ido parar este Audi 100, que a VW trouxe ao Brasil em 1971 (foto de Pedro Martinelli, enviada pelo Jason Vôngoli)? Na época, jornais noticiaram que ele poderia ser produzido na fábrica da… Vemag! Isso mesmo. Acabou dando no Passat, três anos depois.

28.08.1971 - Pedro Martinelli - Veículos - Automóveis - Audi Vemag

24 comentários

  1. joao carlos de godoy disse:

    tem um anunciado no mercado livre e so procurar

  2. Luciano disse:

    Pintaram de azul colocaram um motor 2000i é um emblema de Santana.

  3. Goos disse:

    FG fora do tópico do Audi

    Você já viu estes veículos para terrenos e neve russos?
    Impressionante
    Este no lugar de rodas e esteiros tem como se fosse dois “parafusos”, hastes com roscas, que impulsionam sobre qualquer terreno:
    https://www.youtube.com/watch?v=RbDe5dEu07I

    E este sensacional, 4×4, para qualquer terreno (na descrição boas informações à respeito da diferenaça entre AWD, 4WD, 4×4 etc…):
    https://www.youtube.com/watch?v=Tt-N0_8nr4A

    Abraços

  4. Paulo F. disse:

    Este não era o carro do Sauer?

  5. Danilo Silva disse:

    Tem cara de Passatão mesmo

  6. juca Vasconcelos disse:

    O passat não era a familia do Santana? veio tudo do Audi 100?

  7. Rafael Mafra disse:

    Dói só de pensar… mas já passou aqui pelo blog varias histórias de carros com acontecimentos inusitados como o Corcel II que foi roubado em 79 e achado faz pouco tempo. Quem sabe esse aí tenha um final feliz se ainda for encontrado.

    Por isso que eu torço em alto e bom som: Vooooooooooooooolta Indiana Gomes.

  8. rogerV disse:

    Pneuzinho Cinturato da Pirelli….
    O GTX Esplanada foi o primeiro carro nacional com radiais…. e casualmente ao fundo temos dois exemplares da marca…

  9. Fabio Mesquita disse:

    Flávio, queria te mandar uma foto pra sessão “enche o tanque”. Como posso fazer??

    Abraços.

  10. Guilherme disse:

    Veículos de teste são trazidos ao país em regime de importação temporária ( In-out) por períodos de 6 meses a um ano sem pagar impostos, normalmente são devolvidos
    ou destruídos por aqui, nunca são vendidos.

  11. Renato de Mello Machado disse:

    Parece um velho conhecido,suas partes são ou lembram nossos carros nacionais do final da década de 70 e 80.

  12. Robertom disse:

    O Passat (I) era irmão do Audi 80 de 1ª geração…
    Quanto ao Audi 100, ou voltou para a Alemanha (provavelmente) ou foi sucateado, os carros de teste nessa condição não pagam tributos e não podem ser licenciados no Br.

  13. antonio stricagnolo disse:

    Como tudo que vem para teste etc e tal ou volta,ou é doado para alguma santa Casa ou faculdade do governo ou SCRAP !!!!

  14. Carlos disse:

    Cheguei a ver alguns desses Audi 100 rodando lá pela Itália há trinta anos atrás. Porém, eram mais parecidos com os nossos Passat, lembro-me de um laranja que rodava pela cidade onde morei.
    Mas eram mais bonitinhos que essa trapizonga da foto. Êta carro feio, deve ter ido para algum forno de siderúrgica…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>