MENU

terça-feira, 27 de setembro de 2016 - 17:53Automobilismo brasileiro

OS PROBLEMAS DA TRUCK

SÃO PAULO (eles existem, sempre) – Num trabalho de muito fôlego e responsabilidade, a equipe do GRANDE PREMIUM abriu hoje uma série de reportagens sobre as dificuldades da Fórmula Truck. “Um caminhão de problemas” é o título da primeira parte, que radiografa a situação da categoria em seu momento de maiores incertezas quanto ao futuro.

Vale a leitura, a reflexão e, claro, a torcida para que as coisas se ajeitem da melhor forma possível e a F-Truck volte aos seus dias de brilho intenso.

abredatruck

4 comentários

  1. Alexandre disse:

    Desde o começo do campeonato o Roberval não corre em equipe própria e nem de Scania, ele pilota um Iveco, e oque ta ruim fica pior quando a informação é assim desencontrada, e uns dos motivos dele parar de correr de Scania foi justamente não ter apoio, imagina agora correndo de Iveco e a foto sai de Scania, vai ficar feliz ele…

  2. alexandre disse:

    bom…nao conseguirei ler a materia toda, porem faço uma ideia do que acontece e o que vai acontecer (NÃO, NAO ESTOU SENDO PESIMISTA)…..certamente o mesmo Ddestino de empresas tradicionais quando o “patriarca fundador” se vai…….

  3. Alexandre disse:

    Não defendo quem deve, mas pelo que li, e foi apurado, eles devem uns 2 milhóes a serem pagos, certo, e devem pagar claro, mas existe categoria, existem equipes, federações, promotores, Patrocinadores… que devem muito mais que isso aí, e não são alvo de matéria, se quantidade de dívidas for sinônimo de exposição em mídia a Truck é café pequeno, pesquisem para ver, eles ainda fazem, diferente de uns que pegam a grana e somem com ela, quem perdeu grana nos golpes sabe do que falo, só se fala do que se pode falar, isso que entendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>