MENU

segunda-feira, 21 de novembro de 2016 - 21:14Automobilismo internacional

CHEIRINHO DE HEPTA

SÃO PAULO (o cara) – Embora eu fale pouco de Nascar aqui, por motivos de não ter tempo para falar de tudo, não se pode deixar passar a conquista de Jimmie Johnson ontem em Homestead. O cara chegou ao sétimo título na categoria, igualando as marcas de Richard Petty e Dale Earnhardt. Segundo meu amigo Thiago Alves, “JJ” pode ser considerado, sim, o maior piloto de todos os tempos na Nascar. Quem sou eu para contestar?

Palmas para ele, pois, que ele merece.

jjhepta

15 comentários

  1. Alexandre Neves disse:

    O cara largou em último, o que na NASCAR significa largar na P40! Não teve o melhor carro nunca na prova. Jogou na estratégia, nas bandeiras amarelas e no braço. Venceu a corrida e o campeonato. É o cara!!!!

    PS – nas voltas finas os 4 postulantes ao título estavam todos juntos, disputando um contra o outro. Só na NASCAR!

  2. Corredorx disse:

    Rapaz, já pensou um Fox Nitro com Edgar, Sergio Lago e Roberto Figueroa?

  3. Rodrigo disse:

    Flávio,
    O que aconteceu com o Sérgio Lago???
    Sem desmerecer de forma alguma quel ficou, mas gostaríamos muito saber o que aconteceu….
    Desde já agradecemos!

  4. EduardoRS disse:

    Nunca fui fã do JJ, mas o cara é muito bom. Com certeza tem o mesmo pedigree do Petty e do Earnhardt. A leitura de corrida dele é simplesmente genial. Merecidíssimo.

  5. Leandro disse:

    1) JJ é o maior de todos os tempos, conseguiu ganhar 7 títulos nas últimas 11 temporadas, passou a corrida toda brigando com um péssimo carro entre a sexta e oitava colocação, e na parte final teve a sorte (sorte de campeão) de conseguir tomar a ponta.
    2) A moribunda Fórmula 1 tem muito a aprender com a Nascar, principalmente a inexistência de frescuras e a interação com o público.
    3) Fox “soccer” perdeu muito com a demissão do Lago. Tivemos sorte desse ano ter todo o “Chase” transmitido ao vivo, pois no passado tivemos alguns anos que passaram 3 ou 4 corridas do “Chase” ao vivo, pois a prioridade era transmitir VT de futebol, o resto era VT depois da meia noite.
    4) Alô Grande Prêmio: aumentem a cobertura da Nascar!

    Grande abraço, FG!

  6. Denis Roberto deSouza disse:

    Grande JJ. Baita piloto. Sempre fui torcedor do Jeff Gordon, mas não tem como não admirar seus feitos. Merece muito.

  7. Jean Paul Jones disse:

    Unica coisa triste, além da aposentadoria do Smoke, foi a saída do Sergio Lago dos canais Fox Sports. Tudo bem que o Edgard Mello Filho nos mostrou a Nascar lá nos distantes dias de 94 na Tv Manchete, mas muito do que a Nascar é hoje aqui no Brasil é por causa do Sergio Lago. Chega ser até impossível não lembrar seu nome quando se fala na categoria americana. #obrigadosergiolago

    • Como assim ele saiu? Ok, eu notei que ele não estava nas transmissões do fim de semana, justamente as finais, o que me soou bem estranho.

      Eu gosto muito da turma do automobilismo da Fox Sports, todos eles. Assistir a Nascar com o Edgard comentando é garantia de diversão. A equipe é muito boa. Pena sofrer essa baixa.

    • Ricardo Cardoso disse:

      Só pra completar as saídas: A Sprint patrocinou a Cup (divisão principal da NASCAR) pela última temporada e Greg Biffle fez sua última corrida pela Roush após 19 anos de parceria.

      Mas o mais tocante mesmo, o tapa na cara, foi a saída do Sérgio Lago sem direito a transmitir as finais das séries nacionais (Camping World, XFinity e Sprint – se bem que aparentemente ele estava escalado apenas pra transmitir a Sprint). Foi doído e foi o fim de uma era…

      Além do mais, o título ficou em boas mãos. Como seria se ficasse com Kyle Busch.

    • Rodrigo Moraes disse:

      Puxa, fiquei sabendo agora que o Lago saiu. Vai fazer falta, principalmente pra quem acompanhava a Nascar desde o canal Speed, com a dupla Sergio Lago e Roberto Figueroa. Tomara que vá para outro canal, onde ajude a aumentar a grade sobre automobilismo. Alô ESPN!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>