MENU

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016 - 18:54Automobilismo internacional, One comment

ONE COMMENT

triodeferro

Senna, o Bruno, Piquet, o Nelsinho, e Prost, o Nicolas, são três dos seis pilotos que a Rebellion terá na LMP2 no ano que vem no WEC. Se os três pudessem correr no mesmo carro, seria demais. Mas pelas regras, não podem.

26 comentários

  1. Elmo disse:

    Chama um filho do Mansell, só de zoeira.

  2. Marcos disse:

    Li a chamada da notícia no GP e quase morri de rir pensando nisso acontecendo a 25, 30 anos atrás.

    “Senna assina com a Rebellion e divide equipe com Piquet e Prost”.

    Heeeeeiiiiiin ?!?

    • Leandro disse:

      Isso me lembra algo que eu peguei pensando. Se a F-1 fosse como a Indy, e a McLaren do fim dos anos 80 juntasse Senna, Prost e Piquet… hahahahahaha

      NÃO QUERO NEM PENSAR NO CALDEIRÃO QUE IA SER O PADDOCK!

  3. Paulo F. disse:

    Seria legal ver um Andretti ou um Unser também na Rebellion.
    Mais ainda ver os sobrenomes Foyt-Gurney representados para reviver 67 em Le Mans!

  4. DIEGO MONTENEGRO disse:

    FG, uma dúvida, porquê as regras não permitem que os 3 corram no mesmo carro ?

  5. Ricardo disse:

    Bem legal, três dos maiores sobrenomes do automobilismo Mundial.

  6. Chico Ponte disse:

    O que diz o regulamento que proíbe os três de correrem no mesmo carro?

  7. José disse:

    Bem que poderia rolar uma aproximação com um dos filhos do Mansell, não? Eles tão correndo em que agora?

  8. Brabham-5 disse:

    Não podem ser da mesma equipe?
    Por quê? O Lucas DisGrassi vai reclamar?

  9. Alvaro disse:

    A Rebellion foi brilhante em investir na LMP2, tem todas as condições para disputar o título, coisa impossível caso continuasse na LMP1. Quanto aos pilotos, boa escolha, mas o Nelsinho sobra nesta turma, está alguns degraus acima.

  10. Garlet disse:

    Logo teremos o filho do Schumacher. Desejo muito que todos vão para a FE, que melhorem performance e autonomia desses carros, e teremos um campeonato realmente sensacional. Porque F1 encheu o saco.

  11. eraldo disse:

    Karaka! São 10 (dez!) títulos mundiais! Só que só no sobrenome….

  12. Alex disse:

    O Alain Prost não tem um filho. Ele tem um clone. Impressionante,

  13. Ferrarista disse:

    Pena o Ayrton Senna ter morrido tão cedo… Se ainda estivesse vivo, é quase certeza que teria lapidado o Bruno como se deve e hoje em dia talvez o Bruno fosse um campeão na F1 e estaria em uma equipe de ponta…

  14. moisesimoes disse:

    - Faltou um leãozinho bigodudo mas tudo bem.
    Não sei porque, mas vendo a foto agora e certamente daqui a trinta anos, fico , como diria um poeta, com uma saudade gostosa e uma tristeza feliz.

  15. Gustavo disse:

    O Victor Martins vai te encher o saco com esse post…..o Bruno explicou isso ontem no paddock antes de você chegar….deixa ele ver isso heheheheh

  16. Eduardo disse:

    Pensei a mesma coisa, seria muito legal ver um carro sendo divido pelos nomes Piquet, Senna e Prost…

  17. Rodrigo Vila Verde disse:

    Infelizmente não veremos os três no mesmo carro, pois o regulamento não permite. Não se pode inscrever três pilotos graduação ouro ou platina no mesmo carro. Dois deles irão se juntar e dividir o protótipo com um piloto menos graduado. O outro irá formar o segundo trio da equipe. Uma pena…

  18. Jorge Roberto disse:

    Seria legal ver os 3 no mesmo carro, porém o regulamento do FIA/WEC não permite 3 pilotos com graduação Platina/Ouro em um mesmo carro da LMP2. Já se fosse na LMP1…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>