MENU

terça-feira, 10 de janeiro de 2017 - 19:57Motoland

MOTOLAND

A moto se equilibra sozinha. O mundo está bem doido. Alexandre Neves mandou.

14 comentários

  1. Czar disse:

    Na boa, não vi utilidade para isso, neste contexto.

    Faz muito mais sentido a tal da C-1.

    Pelo menos tem mais utilidade. Tem as vantagens da moto, mais segurança (ao menos na teoria) e ainda protege da chuva e da defumação básica que todo adepto das duas rodas sofre.

  2. luigi disse:

    E aonde vai parar a graça de se andar de moto, e quase a mesma coisa que estes carros modernos cheios de sensores de “meia rodice ” tipo Hill Holder e Park Assit e outros do tipo . Mesma coisa esta acontecendo com o automobilismo com estes autódromos assépticos ,que piloto pode errar ir parar 300 m. fora da pista e nada acontece,as vezes nem posição perde ;e os enganosos D S R que os mais tolos chegam a acreditar que um piloto fez a ultrapassagem por ser mais ousado e não por estar numa velocidade muito acima da que o ultrapassado esta por uma safadeza do regulamento , coisa esta causada pelos Tilkagodromos que não possibilitam ultrapassagens pois a maioria de suas curvas são de 90 graus e de traçado único, ou seja impossível de alguma ultrapassagem em carros com desempenho semelhantes, mesmo que seja pilotado por um grande piloto.
    E ainda perguntam porque o público esta deixando os autódromos e também o automobilismo. No passado ,muitas vezes corria-se em trechos de estrada que os motoristas comuns também utilizavam , dai vinha as comparações e a admiração dos entusiastas pelo que carros e pilotos faziam em trechos que este motorista comum conhecia bem ( Le Mans e Spa são exemplos disto pois praticamente é o mesmo traçado a muito tempo ,não é atoa que são as pistas mais queridas de todos os que tem automobilismo na alma). O mundo esta ficando muito chato ,talvez seja muito em conta pelo lobby dos ecochatos, que muitas vezes fazem campanha pelo animal que morre na estrada mas pouco se importam com os humanos que morrem em acidentes em estradas mal planejadas e pavimentadas e que não podem ser corrigidas por pressão destes mesmos indivíduos.

  3. Ricardo Sandri disse:

    Moto que nao cai: Metholate que nao arde, refrigerante sem açucar, cerveja de álcool. Pare o mundo.

  4. Ricardo Sandri disse:

    Merthiolate que não arde, café sem cafeína, cerveja sem álcool, refrigerante sem açúcar, moto que não cai, sexo com camisinha…. Parem o mundo que eu quero descer.

  5. paulo disse:

    Depois que merthiolate parou de arder, o mundo virou de cabeça pra baixo. Moto que não cai, carro sem motorista, o futuro vai ser um tédio

  6. Rodrigo Moraes disse:

    Vale como desenvolvimento de tecnologia, mas não vejo muita aplicação em moto. Diferentemente dos carros, que são usados muitas vezes basicamente para levar uma pessoa de um ponto a outro, sem nenhum tipo de prazer associado, a maioria das motos é adquirida porque a pessoa gosta de pilotar. Então, você ter uma moto que não depende de você para se equilibrar me parece pouco aplicável. A não ser em casos especiais, de pessoas com deficiência nas pernas, mas para isso há estudos com rodas auxiliares que se armam em baixas velocidades, um sistema bem mais simples, econômico e confiável.

  7. Rodrigo Pacheco disse:

    Esses boné que os funcionários da Honda usam são demais!! haha

  8. GArlet disse:

    Sendo sincero, levando-se em conta a quantidade de pessoas que dirigem olhando para o smartphone, o futuro será o transporte público ou veículos auto guiados. A nova geração não quer ter prazer ao volante, quer ter tempo de se comunicar, colado no smartphone. Isso evitará acidentes. É o futuro.

    • Ricardo Sandri disse:

      Exatamente meu amigo…. Antes as pessoas aceleravam para pegar o semáforo (ou sinaleira, dependendo de sua região) verdes, eu ainda faço isso, Hoje as pessoas dirigem cada vez mais devagar para de propósito pegar o sinal fechado e poder fazer sua selfie, seu post no face ou responder aquela piada no whatsapp…

  9. jaime disse:

    O problema eh que ainda vai ter gente caindo da moto. O problema esta entre o assento e o guidao.

  10. Marcos Henrique Barbosa Reis disse:

    Como deve ser faze uma curva (que corresponde, é claro) a 60 ou 70 Km/h, hein??? A “Deitadinha”, mesmo que muito leve, é crucial para uma boa curva,

    Pra quem não sabe do que tô falando experimentem pegar uma miniatura de moto, travar a direção para um lado, fazer a curva com a moto “em pé”, voltar pro ponto inicial e fazer novamente a mesma curva com a moto “deitada”…

  11. Gustavo disse:

    O Google já tem uma bicicleta que equilibra assim, em testes de direção autônoma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>