MENU

domingo, 22 de janeiro de 2017 - 13:13Automobilismo internacional

WEHRLEIN, WEHRLEIN…

SÃO PAULO (ufa) – O que o alemão Pascal Wehrlein fez ontem na Corrida dos Campeões, em Miami, poderia ter terminado em tragédia. Felizmente, nenhum dos envolvidos se machucou — ele e Massa, os pilotos, e os dois caronas. Mas já vi neguinho morrer assim, ao cair de cabeça em mureta de proteção.

A descrição do acidente e o vídeo estão aqui. Montoya foi o campeão individual da bagaça, na final com Kristensen. Hoje tem a Copa das Nações, que vamos transmitir no Fox Sports 2 a partir das 15h.

2017122816411_Batida_II

28 comentários

  1. lucas disse:

    Tá explicado porque a Mercedes não contratou esse amador. Tremenda Barbeiragem, já tinham cruzado a linha de chegada…não sei como não teve uma morte…foi muita sorte.

  2. kuka Lienert disse:

    KHda!! Atitude precipitada e um pouco irresponsável do rapaz!

  3. Victor disse:

    Culpa da organização, também, por fazer uma porra de um cruzamento na linha de chegada para que os pilotos mudassem seus traçados.

  4. Alessandro disse:

    Começou bem… igual o Pizzonia capotando a jaguar com jornalistas dentro

  5. ANDRE FRANCA disse:

    Eu hein, Wehrlein…

  6. Garlet disse:

    Toto Wolf deve estar lá sentadão, copo de café na mão, só pensando…………….”Eu falei”

  7. Gus disse:

    E Massa poderia ter ganho essa; “cortar a curva”? Me parece aquela punição que Tony Kanaan sofreu quando estava MASTIGANDO Seb.Loeb em um carro de rallie (!!!!!!), e como tocou de leve em uma barreira, foi descalssificado.

  8. Mika disse:

    Tchê mas vai aonde?
    Que cagada hein!
    Ele estava com a cabeça aonde? Na Mercedes é que não era! hahahaha
    Graças a Deus que tudo não passou de um susto, e o Massa véio poderia disputar os 100m com o Bolt depois da corridinha que ele fez para sair do carro! rsrsrs

  9. Arthur disse:

    Vale lembrar que o Montoya ganhou do Massa na semi-final pois o mesmo tomou 5 segundos de punição por bater na proteção e entenderam que ele levou vantagem nisso. Ele ganhou as 2 do Montoya mas não foi o suficiente para descontar os 5 segundos.

  10. Tales Guimarães disse:

    Slingshot na mão de moleque é um perigo.

  11. Wanderson Marçal disse:

    Automobilismo é perigoso. E sempre será. Tá aí mais um exemplo… carros bem mais lentos e tal e quase que acontece uma tragédia. Não tem jeito. O negócio é aceitar a natureza perigosa da coisa e correr — quem tem colhões pra fazê-lo, claro.

  12. Giovanni disse:

    Tão criticando o cara, mas ele fez isso porque preferiu evitar um possível acidente com o Massa ao trocar de pista. A culpa é da organização que criou essa troca de pista imaginando que nunca haveria dois pilotos lado a lado no momento da troca de posição.

  13. José disse:

    Ninguém ganha sem carro…. dá uma manor para o Hamilton ou deixa o Alonso na McLaren para ver o que eles fazem…
    E mais, ninguém é tetra campeão de F1 à toa.
    Correndo com um companheiro mais lento (Webber) o Vettel soube capitalizar muito melhor que o próprio Hamilton que é indiscutivelmente superior ao Rosberg e deixou escapar o campeonato 2016 depois de ter conseguido uma virada monstra…
    Não sei pq o povo insiste em diminuir a importância do Vettel… que esse ano ganhou mais uma vez a competição de nações e na F1 faz o q a Ferrari de hj permite… Além de ter o nome escrito na história do esporte… ganhar corrida com a Toro Rosso por enquanto só ele, o próprio Verstappen não fez muita coisa por lá…
    Torço por uma equipe com dois dos três: Alonso, Vettel e Hamilton… e o outro em outra equipe forte… Pq são os melhores do grid atual na minha a opinião…

  14. Angelo disse:

    Com toda certeza foi um erro do Alemão mas a impressão que eu tenho é que após o primeiro toque na barreira (culpa do piloto) o carro travou a barra de direção para a direita. O carro inclusive capotou e parou com exatamente a mesma proporção de “esterçamento” de voltante. Acredito que algum pedaço da barreira tenha provocado essa quebra pois, inclusive, antes da guinada final, já tava voltando para o traçado normal (após o primeiro toque na barreira). Ele não tinha porque jogar tudo para cima do Felipe. Na minha opinião ele não fez essa cagada toda aí não. Ninguém é campeão de um DTM e pontua com a F1 Manor a toa.

  15. Luciano disse:

    Correr com este trípode “carro” é um absurdo. Falar q houve culpa do piloto , na minha opinião , não está correto. Ele não conseguiu controlar em uma saída de chuva de alta. Se fosse um carro normal não tenho dúvidas que o alemão controlaria. Ossos do ofício.

  16. v8_super disse:

    Não aguentou tomar pau do Massinha!!!

  17. William Gimenes disse:

    Ainda bem que a Mercedes não o contratou. Imagina fazer isso na temporada e ainda prejudicar o Hamilton….

  18. Mauro Brisola disse:

    Perdeu para o Massa. Perdeu a cabeça.

  19. carlos disse:

    agora entendi porque a Mercedes nem o cogitou para o lugar do Rosberg….vai longe esse aí….

  20. Evandro disse:

    Eu ainda não entendi como ele conseguiu fazer esta cagada.

    Ok, ele escorregou forte ao sair da última curva, mas depois da linha de chegada ainda continuou subesterçando a este ponto?

    Se a capotagem fosse meia volta antes ou depois, era uma vez um ou dois pescoços ali.
    Vão usar este acidente pra falar do Halo ou coisa do tipo, e com razão.

  21. Marcelo disse:

    Pelo jeito a Mercedes acertou em não escolher o maluco

  22. fabiom disse:

    Lembro duma ROC que o cara bateu no muro e desmaiou.

  23. Carlos disse:

    Será q o rapaz ainda está abalado com a recusa da Mercedes em promovê-lo?

  24. José disse:

    Situações, carros e velocidade muito diferentes, mas todo acidente que vejo o carro bater nessa posição lembro do acidente do Marco Campos em Magny Cours…

  25. Glauco Tavares disse:

    Selo Maldonado de qualidade para o rapaz!!! Aprovado com louvor…. Rs
    Depois desta cagada fica difícil criticar a escolha da Mercedes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>