MENU

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017 - 22:40Enigmas & desafios

DESAFIO DO DIA

tambaylanternaO que é que o Tambay está carregando no capacete e para quê? Marco Gavioli mandou a foto.

38 comentários

  1. Cláudio F1 disse:

    Como diria o mestre Galvão Bueno, caro de F1 não tem farol, logo, o piloto esperto no lance resolveu se adaptar no melhor estilo capacete de mineiro.

  2. Roberto Pedreira disse:

    Se for para corrida noturna tem tudo para não dar certo, tentei fazer isso num carrinho de rolimã e foi inútil.

  3. Rodrigo disse:

    O que é eu não sei, mas que parece que vai cair em 3 voltas, isso parece!!!

  4. Abner Troncoso Silva disse:

    O dispositivo foi emprestado do Dick Vigarista, que o utilizava para iluminar o espelho lateral do carro da frente e refletir no olho do piloto, causando perda de controle do carro. Como chegou na Renault? Dick Vigarista era amigo de um tal de Briatore.

  5. Jolyon Palmer disse:

    Essa Renault era linda! Essas faixas na diagonal, maravilha de pintura! Pena que saíram logo em seguida e, quando voltaram, usaram pinturas feinhas… A do ano passado era deprimente…

  6. Welton Martins disse:

    Não faço ideia. Mas a pintura do carro é maravilhosa

  7. Robson Santos disse:

    quando bem jovem lia os livros da serie Vaga Lume (Vaga-Lume??; VagaLume??)
    Um dos tirulos era “Spharion”, um sujeito que queria controlar a mente dos outros usando um aparelho que se parecia com uma lanterna na cabeça!
    Acho que o Tambay devia ter isso em mente!

    https://drive.google.com/file/d/0BzU6vNc1OhU1T0FtWmswLWRPTnc/view?usp=sharing

  8. Itamar disse:

    Não tenho ideia pra que serviria, mas hoje em dia seria proibido. Quase tudo é proibido hoje em dia.

  9. Vitão disse:

    Versão francesa – e burra, lógico – do capacitor de fluxo do dr. Brown.

  10. Dimaz disse:

    detalhe q parece q ta presa com fita crepe… será q na hora q tiver uma forca g3/g4 nao sairia voando???

  11. Pouca gente sabe, mas Patrick Tambay era espeleologista nas horas vagas. Assim, um dia, para unir suas duas paixões, colocou a sua lanterna de cabeça de explorar cavernas no seu capacete para ver se tinha algum ganho no túnel de Mônaco.

    O problema é que Charlie Whiting, então estagiário da FIA viu e quis punir o piloto francês com a perda de 10 posições no grid pelo uso de equipamento elétrico não regulamentado.

  12. Angelo disse:

    Pela forma como está presa, chuto que a lanterna não era para usar em movimento (no máximo durante alguma manobra no pit). Palpite: colocaram ali para ler informações no box (como hoje é feito nos monitores durante a classificação), preso somente o suficiente para não escorregar do capacete com o carro parado.

  13. #16 disse:

    Uso de faróis nas rodovias !

  14. Anselmo Coyote disse:

    É… tava bem ruinzinho o rapaz. Tanto lugar para olhar o painel, que naquela época era paupérrimo se comparado aos painéis de hoje, e ele tem de olhar logo na parte mais escura da pista.
    Isso está mais para zoação, como quando os mecânicos da McLaren instalaram faróis no carro na inauguração do GP de Cingapura.
    Abs.

  15. askjao disse:

    Sei lá… mas desconfio que as fitas não vão conseguir segurar quando o vento bater.

  16. Ricardo disse:

    Obvio, teste secreto realizado pela Renault na década de 80. Eles estavam de posse dos planos estratégicos de expansão da F-1 para a Asia, o foco era a corrida de Singapura. O projeto do dispositivo aerodinamicamente iluminante foi abandona’do. A Renault optou mesmo por simular uma batida e favorecer o Idiota do Alonso… o “Sr. Eu não sabia…”.

  17. Reinaldo Jr disse:

    Lanterna de ponto…

  18. Eduardo_SC disse:

    Uma vez que essa lanterna não ilumina nada, só serviria para iluminar alguma filmagem dentro do carro.

  19. Brabham-5 disse:

    Uma lanterna para uma corrida noturna! kkkkkkk

  20. Renato de Mello Machado disse:

    Não sei, o quê é isso.Mas é muito inseguro, a fixação no capacete.

  21. Clodoaldo lelli disse:

    Isso é fórmula 1 o resto é Nutella

  22. Flavio e amigos, eu vi esta foto há um tempo atrás, e na hora dei muita risada, e depois fiquei curioso para entender o motivo daquilo. Como sou doente por este tipo de informação, pois me remete a melhor fase da F1 na minha opinião, os 80, apelei para o blog. Li à época que isso foi um teste para um GP noturno em 1.983, é mole? Vejam que bacana a visão dos malucos que mandavam na F1 (FISA e FOCA), era legal demais. Abração

  23. André Filipe disse:

    Será que tem relação com aquele documentário Lap Of The Gods que a Elf fez? ele mostrava vídeos onboard com vários pilotos numa época em que não existiam câmeras onboard, e a Renault foi uma das equipes que participou dessas filmagens

  24. Leo Sattre disse:

    Farol para correr em Cingapura!
    Antecipando o futuro!

  25. zampa disse:

    Teste de resistência de fita crepe.

  26. Sérgio disse:

    É o primeiro protótipo da GoPro com luz.

  27. Glauber disse:

    A informação que encontrei é que a foto foi tirada no circuito de Estoril (Portugal). Parece que estava se fazendo um teste, à maneira lusitana, para um improvável GP noturno.
    Ora poix, poix.
    Oh raios!!!

  28. Helton Fernandes disse:

    Que legal o improviso do volante pendurado no retrovisor.
    Hoje deve haver uma caixa personalizada, de fibra de carbono, climatizada a 36,4 graus, com revestimento de antílope só pra guardar o volante.

  29. Alberto T. Simon disse:

    Parece ser uma luz estroboscópica, que é usada para ajustes no motor, mas pela posição não-convencional, pode ter sido usada para algum teste com os pneus.

  30. Roderico disse:

    O mais legal é o volante pendurado no retrovisor como se fosse apenas um objeto analógico pra virar o carro pra direita e pra esquerda. É como se fosse uma vassoura apoiada na parede após um cômodo e outro. Hoje em dia volante (que nem deve ter esse nome) tem status de quadro do Rembrandt…

  31. Euler disse:

    O melhor é o simples volante pendurado no retrovisor !!!

    Quanto a lanterna era pra iluminar o painel dentro do túnel !!!! kkkkkkkkk

  32. rama disse:

    1. Ele era a luz no fim do túnel, em Mônaco.
    2. Ação do novo patrocinador, as pilhas Rayovac. A pilha que acaba primeiro.
    3. Longines de adivinhar.

  33. MARCOS FRASSON RUIZ disse:

    Um farolete pra iluminar o túnel em Mônaco?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>