MENU

domingo, 26 de fevereiro de 2017 - 19:53F-1

TORO ROSSO STR12

SÃO PAULO (ufa, acabou!) – Dei uma saída para comer um frango na brasa e quando voltei a Toro Rosso já tinha apresentado seu carro novo. Com ele, está pronto o lote de dez da F-1 em 2017. Dez equipes apenas… Acho uma pobreza. Para mim, 13 era um número legal: 26 carros no grid para dez pontuarem, isso seria legal.

Neste ano, pontos serão distribuídos para metade do grid. Se alguém zerar, creio que será um vexame muito grande. Afinal, são 20 corridas para terminar pelo menos uma vez em décimo.

Dificuldade que a Toro Rosso não terá com seu STR12  – o 12° carro da Scuderia Toro Rosso, sucessora da Minardi que foi comprada pela Red Bull para ser sua equipe satélite.

Já falo da pintura, a grande novidade. Antes, um pouco sobre esse time.

Com sede em Faenza, na Itália, em oito de suas 11 temporadas na F-1 a Toro Rosso usou motores Ferrari. As exceções foram em 2006 (Cosworth), 2014 e 2015 (Renault). No ano passado, a parceria com os italianos foi retomada, mas já acabou. Neste Mundial, a equipe vai usar a mesma unidade de força que a matriz, feita pela Renault. Mas nem na carenagem do carro aparece a marca francesa. Nunca vou entender essas coisas direito.

Não há grandes ambições para a equipe, que viveu seu maior momento de glória em 2008, quando um jovenzinho chamado Sebastian Vettel conseguiu vencer o GP da Itália, em Monza. Aquele foi o melhor Mundial da Toro Rosso, terminando o ano na sexta posição entre as equipes. Nos últimos três anos, sua classificação final foi a mesma: sétimo lugar.

Desde seu nascimento, o time vem oscilando na segunda metade da tabela, cumprindo a missão de revelar pilotos e/ou prepará-los para a Red Bull. É, por assim dizer, a “GP2″ rubro-taurina particular. Além de Vettel, pode-se colocar na lista de bons nomes que passaram por Faenza gente como Bourdais, Alguersuari, Buemi, Vergne e, claro, Ricciardo e Verstappen — que hoje formam a dupla do time principal. Missão, portanto, mais do que realizada.

A dupla atual tem um piloto excepcionalmente bom — em quem a Ferrari está de olho — e outro excepcionalmente atormentado — embora tenha suas qualidades. Carlos Sainz Jr, para muita gente, é melhor que Verstappinho. Só não tem o mesmo carisma ou marketing pessoal. É difícil medir essas coisas. Daniil Kvyat passou por momentos complicadíssimos no ano passado, ao ser dispensado da Red Bull e rebaixado para a filial. Para piorar seu estado de espírito, Verstappen, seu substituto no time de cima, venceu logo na estreia. Não foram poucos os que acreditaram que, depois daquilo, se atiraria de uma das torres do Kremlin.

Mas, aos trancos e barrancos, Kvyat foi se recuperando e segurou o emprego. Sua vida não é fácil, deve-se admitir. Tinha como companheiro Ricciardo. Foi trocado por Verstappen. Agora encara Sainz Jr. Haja vodca para aguentar tanta pedreira.

Sobre o carro novo. É um dos mais belos — aliás, o Grande Prêmio colocou no ar uma pesquisa para vocês darem notas de 1 a 10 a cada um dos carros novos, é só clicar aqui para eleger o mais bonito. Finalmente a pintura se diferencia completamente da usada pela Red Bull. O azul metálico predomina, com o touro e a marca da proprietária/patrocinadora em prata e detalhes em vermelho. Não tem aquela chupetinha ridícula no bico e tudo parece mais limpo e bem resolvido do que, por exemplo, o que se viu na McLaren e na Ferrari.

str12

Em Faenza, ao contrário do que aconteceu na Haas, tenho amigos dos tempos de Minardi. Muitos continuam na equipe e sempre nos falamos. No caso, hoje, conversei em italiano com minha fonte e demorei um pouco para traduzir e fazer a transcrição.

Flavio Gomes (FG) – Dia longo, hein?
Fonte da Minardi que Ficou na Toro Rosso (FdaMqFTR) – Ah, aqui as coisas sempre acabam tarde.

FG – Qual foi a impressão que o pessoal teve das novidades?
FdaMqFTR – Todos gostaram, principalmente do novo carbonara.

FG – Novo carbonara?
FdaMqFTR – Usei linguiça toscana em vez de panceta.

FG – Ah… Ficou bom?
FdaMqFTR – Ninguém reclamou. Tirei a pele, fiz pequenas bolinhas, fritei no azeite, depois coloquei no molho feito com gemas, creme de leite e parmesão.

FG – Mas panceta é bem melhor.
FdaMqFTR – Mais cara, também.

FG – OK, e depois?
FdaMqFTR – Depois servi a sobremesa.

FG – Tiramisù?
FdaMqFTR – Meu amigo, isso era naqueles tempos. Pudim de leite, mesmo. Mas para disfarçar inventei um nome.

FG – Qual nome?
FdaMqFTR – Crema alla vaniglia caramellata con il latte ragazza.

FG – Latte ragazza?
FdaMqFTR – Leite Moça.

FG – Ah. E gostaram?
FdaMqFTR – Amaram. Aqui todo mundo come de graça, e de graça não pode reclamar.

FG – Bom, e o carro?
FdaMqFTR – O que tem?

FG – Por que mudaram a cor?
FdaMqFTR – Para o russinho entender que mudou de equipe.

FG – Certo. E como vai ser com os franceses da Renault?
FdaMqFTR – Ah, foi só traduzir o cardápio e chamar o pudim de crème caramélisé à la vanille avec du lait fille.

FG – E eles gostaram?
FdaMqFTR – Disseram que parece pudim, mas gostaram.

FG – Então bom trabalho amanhã. O que vai ter no café?
FdaMqFTR – Manioc crêpes avec du miel.

FG – O que é isso?
FdaMqFTR – Tapioca com mel. E café de coador.

FG – Porque no coador é mais forte, né?
FdaMqFTR – É.

FG – Você deve saber bem disso.

Desligou. Eu sempre pego ele nessa piada infame.

25 comentários

  1. RICCARDO LEONE disse:

    Observando que creme de leite no carbonara é pecado mortal! Jamais never ever um cozinheiro italiano utilizaria!

  2. João Ferreira disse:

    Esta fonte é da equipe Toro Rosso ou de um restaurante???

  3. Allan disse:

    Que os juvenis me perdoem, mas nenhuma pintura da 1990 pra cá tem alguma semelhança. Já as Lotus 81B e 88 Essex… Alias, a inpiracao é inegável, já q a latinha de red bull e azul com letras prateadas, sem vermelho https://rodrigomattardotcom.files.wordpress.com/2013/10/de_angelis_lotus88_jacarepagua.jpg

  4. Roberto Borges disse:

    Como sempre, atrasado nos comentários…
    Bom, mas essa conversa com a fonte foi qualquer coisa de espetacular! Ri pacas!!
    Gênio Flávio!
    Ah, sobre o carro, realmente coisa linda, menos rebuscada.
    Aliás, porque não acabam com essa palhaçada de penduricalhos aerodinâmicos? Algo limpo, asa dianteira simples, proibidos os adereços nas laterais e pronto! Aderência mecânica como mais importante e as ultrapassagens rolarão nas frenagens ou nas retas.
    Será que é tão difícil verem isso?

  5. Marcos Alvarenga disse:

    Latte Ragazza.

    Lenda viva, você.

  6. Paulo F. disse:

    E se a filial andar mais rapido que a matriz?

  7. klaus disse:

    ficou bonito, mas parece uma caixa de chocolate Biss……

  8. Vinicios disse:

    Esse carro ficou lindo!!!Para mim com essa mudança no regulamento, a Str pegando todas as peças que o regulamento deixa da irmã rica,poderemos ter grande surpresas com a Str.Vale lembrar que os pilotos são muito talentosos e a equipe tem uma ótima estrutura e mesmo que o Sr Marko,não fique com esses dois pilotos no fim desse ano,eles mostrando serviço pode encher o bolso da rica Red Bull com a liberação deles para outras equipes e ainda consolidar mais ainda o nome dele…nãome surpreenderia se o Sainz esse ano beliscar se um pódio por ironia do destino.

  9. Kkkk disse:

    Alguersuari foi foda. Vale dizer, a Toro só foi fazer seu primeiro carro em 2009, até então usavam o mesmo chassi da Irmã mais rica.
    Na pista ficou bonito, pra mim, Williams e Renault são os mais bonitos.

  10. Flavio Bragatto disse:

    E sobre os fluxos de ar? E os fluxos de ar???? :D

  11. moisesimoes disse:

    - Latte ragazza? kkkkkkk
    Alguersuari é o cara da lista que não era essas pomarola toda, mas ok.

    Melhor pintura (ficou bem Rússia, mesmo), melhor desenho, sensacional!
    Valeu a pena tomar um Red Bull ano passado. Hass, Toro e Renault, vou torcer!

    Ah e o motor, poderiam pegar emprestado o “Mecachrome” – acho foda esse nome. Toro Rosso Mecachrome. Poooorra! Ou mesmo o “Supertec”. Mais pra quem vê essa beleza aí em cima, e olhando o carro da Force India-Mercedes, é querer demais.

    Boa semana!

  12. Felipe disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

  13. José disse:

    “…Sua vida não é fácil, deve-se admitir.”

    É, mas ele namora a linda Kelly Piquet, então não deve ser tão difícil assim, também.

  14. Alan disse:

    kkkkk… Bela entrevista, an?

  15. pedro araujo disse:

    piquet sobre a minardi:

    “bad team, good food”

  16. Daniel Ramos de Oliveira disse:

    Esse carro da Toro Rosso ficou sensacional, a pintura ainda segue a linha de latinhas da Red Bull, mas essa pintura “Simply Cola Style” ficou magnífica. Poderiam criar uma equipe pra correr no final do pelotão, e colocar a pintura da “Red Bull Zero” kkkk

  17. Lucas Soares disse:

    Alguersuari, como um bom piloto ? Ele realmente era bom mesmo ??

  18. Lucas Soares disse:

    Alguersuari, como um dos melhores pilotos relevação do time ? Ele realmente era bom mesmo ??

  19. Roberto disse:

    De longe o carro com a pintura mais bonita da temporada. A surpresa do ano foi o laranja e a nova sigla da Mclaren. Mudanças a vista.

  20. Alessandro Silva disse:

    E aí está! De fato, o melhor ficou para o final. O carro que levou um 10 na enquete do Grande Premio. Tudo nele ficou perfeito, até mesmo a barbatana de tubarão. As linhas do chassi básicas como acontece no W08 deixaram o bólido elegante. Mas diferente do carro da Mercedes o STR12 é mais colorido exibindo um layuot cuidadosamente elaborado em azul metálico com detalhes em vermelho e prata herdado das latinhas do RedBull Simply Cola visto aqui em seu site: http://www.redbullsimplycola.com/en
    Resumindo, parece que o mundo não está totalmente perdido. Só espero agora é que a Toro Rosso Seja a equipe campeã – vai sonhando – mas se não for que ande na frente de todos com bico mamilo, degrau e divisória.
    Vou torcer muito!

  21. Alexandre disse:

    Sobre o carro: é o mais bonito dos que foram lançados, junto com o da Renault.
    Agora essa pintura… se a Hass me lembrou a Midland, a STR parece a extinta Prost (final dos anos 90 e começo de 2000) só q bem melhor.

  22. Alexandre disse:

    D+ a última parte da entrevista kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>