MENU

sexta-feira, 17 de março de 2017 - 17:29Miniaturas, MotoGP

MINICRAQUES

cascorossi2SÃO PAULO (legal) – A Planeta DeAgostini, que nos últimos anos tem lançado ótimas coleções de miniaturas — a de carros nacionais é espetacular –, vai colocar no mercado nos próximos dias mais uma. Só que, desta vez, de capacetes. Agraciados serão os pilotos da MotoGP. Não sei ainda quando começa, mas os fãs das duas rodas vão gostar. E também não sei exatamente quais serão escolhidos, porque piloto de moto muda o casco o tempo todo. Provavelmente serão destacados capacetes que tenham tido alguma importância histórica, como esse aí do Valentino em 2009.

O que aconteceu mesmo com Valentino em 2009?

7 comentários

  1. Chutez Rossi disse:

    Tempo em que ele corria ao invés de chutar.

  2. Cenzi disse:

    Rapaz, aquela corrida na Catalunya, em 2009, foi espetacular. Assisti pela TV com meu filho mais velho no colo, ele não tinha nem um ano de idade. O documentário “The Fastest” (tem na Netflix), começa mostrando as últimas voltas dessa corrida.

  3. André Coelho disse:

    Flávio,

    Em 2009 Valentino ganhou seu último título na MotoGP.

    Para entender a importância desse título é necessário voltar um pouquinho no tempo.

    Em 2006 e 2007 Valentino perdeu o caneco para Nick Hayden e Casey Stoner, respectivamente. Vinha sendo dito que o cara já estava dando sinais de decadência, que a nova geração vinha com tudo sem medo do italiano moedor de pilotos.

    Em 2008 a Yamaha contratou Jorge Lorenzo, então um garoto vindo de ótimos resultados das 125cc e 250cc. Logo de cara Lorenzo mostrou-se rápido, destemido, boca aberta e inconsequente, tomando várias quedas.

    Valentino por sua vez cresceu a partir da quarta etapa daquele ano e ganhou seu oitavo título mundial. Detalhe desse ano é a épica batalha entre o italiano e Casey Stoner no GP de Laguna Seca (procure rossi x stoner laguna seca 2008 no youtube)

    Com seu prestígio de volta, o italiano começou o ano de 2009 feliz e confiante, mas o que se viu nas primeiras corridas foram vitórias alternadas entre Casey Stoner, Jorge Lorenzo e Valentino.

    Foi aí que veio o GP de Jerez, a quinta da temporada, aquela em que se Valentino ganhasse, Lorenzo chegasse em segundo e Stoner em terceiro, deixaria o campeonato empatado..

    Jorge chegou no quintal da sua casa botando banca, com capacete estilizado do Barcelona, pole position, confiança a mil.

    Ao lado dele Rossi, malandro como sempre, sorriso no rosto, só analisando os oponentes por entre as lentes dos seus óculos escuros.

    Stoner largou em terceiro.

    E assim ficaram as primeiras voltas, isso até Casey diminuir o ritmo e sobrarem as duas Yamahas lá na frente.

    O que se viu então foi uma batalha sensacional entre dois pilotos espetaculares. Lorenzo mostrando que havia aprendido direitinho as lições do ano anterior, não enxergando os então oito títulos mundiais que Rossi carregava. Valentino por sua vez respeitava o garoto, mas mostrava a todos o seu poder de adaptação e arrojo ímpar na pilotagem, tirando coelho da cartola a cada volta.

    E o maior coelho foi tirado na última curva, da última volta. Com a roda dianteira balançando a ponto de derrubar o piloto, Valentino Rossi entra por dentro da curva, espremido entre Lorenzo e a zebra, rezando para a frente da sua M1 não sair da linha de trajetória. E ela não saiu, embicou na reta e passou na frente da linha de chegada, a míseros 0.095s de Jorge Lorenzo.

    O cara ganhou na casa do rival, recebeu os aplausos efusivos da torcida local e caminhou daí em diante para seu nono e último (até aqui) título mundial.

    Depois os dois ainda se estranharam bastante no GP da Alemanha, de novo com vitória do italiano por 0.099s.

    Depois disso, a dupla que já não começou bem lá em 2008 azedou de vez.

    Mas isso é outra história.

    Esse é um dos muitos links das últimas voltas da corrida. Se puder pesquisar a narração em italiano, pesquise e assista, é demais!!!

    https://www.youtube.com/watch?v=eALNa9c6rmY

  4. Rafael N disse:

    AconteceRAM batalhas épicas com Lorenzo, ambos de Yamaha. No final, quem levou a melhor, e o titulo, foi o dono do casco do post.

  5. 2009 foi o ano do último título, pela Yamaha.

Deixe uma resposta para Rafael N Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>