MENU

domingo, 16 de julho de 2017 - 10:48F-1

SHIELDERSTONE (3)

ding175

RIO (pronto) – Vai ser uma das imagens do ano, certamente. Depois de vencer o GP da Inglaterra pela quinta vez, quarta consecutiva, Hamilton foi parar nos braços do povo. A alegria, incontida, era mais do que compreensível. Porque para além da marca histórica — igualou as cinco vitórias de Jim Clark no país –, Lewis conseguiu dominar a prova de um jeito até irritante e animador para sua segunda metade de campeonato: fez a pole, a melhor volta, liderou de ponta a ponta. Um Grand Chelem (já falamos disso? C.H.E.L.E.M, que significa “Como Humilhar Esses Lazarentos [em] Espetacular Massacre”, e “Grand”, que é “grande”, mesmo), o quinto de sua carreira. Que tem, agora, 57 vitórias — quatro delas nesta temporada.

E o mais importante, no fim das contas: reduziu, em uma corrida, a diferença que o separava de Vettel na luta pelo título de 20 pontos para um único, mísero, solitário, minguado pontinho. O placar aponta 177 x 176 para o alemão.

E o alemão?

Sebastian não fez uma corrida boa, não.

Na largada, perdeu a terceira posição para Verstappinho, o que condicionou sua prova e cobraria seu preço no final. Por não conseguir passar o holandês — houve uma tentativa forte na 14ª volta, mas levou um chega pra lá –, antecipou sua parada para a volta 19, tentando um “undercut” sobre o piloto da Red Bull. Funcionou. Max parou na volta seguinte para anular a estratégia do ferrarista, mas acabou voltando atrás. E com Hülkenberg entre os dois.

Só que ambos, Vettel e Verstappen, teriam de levar aqueles pneus até a bandeirada, percorrendo mais voltas do que o previsto e o desejado. Não seria fácil.

Lá na frente, a coisa já estava tranquila para Hamilton e Raikkonen, o segundo colocado. A prova até que tinha começado agitadinha, com um esfrega-esfrega entre Kvyat e Sainz Jr. (que vexame, dois pilotos da mesma equipe, coisa feia…) levando o safety-car a ser acionado entre as voltas 2 e 5. Antes disso, a primeira largada fora abortada por conta da quebra do pobre Palmer a caminho do grid. Deixou o carro abandonado na grama, que teve de ser removido pelo automóvel clube local.

Se na ponta o sossego dos dois primeiros causava alguns bocejos, lá atrás, em compensação, o agito era dos bons. Ricardão, que largara na última fila, vinha jantando quem encontrava pela frente. E Sapattos, nono no grid por causa de uma punição (trocou o câmbio, perdeu cinco posições), começava a fazer valer sua estratégia de largar com pneus macios, esticar o primeiro stint e dar um gás no fim com supermacios.

Na metade da prova Hamilton fez sua parada. Ainda voltou na frente de Bottas, àquela altura segundo colocado, graças aos pit stops dos adversários. Só na 32ª volta o finlandês parou, e nessa escalada acabou ganhando a posição do jovem Max, assumindo o quarto lugar. À frente dele, Hamilton, Kimi e Vettel.

Lewis voava. A diferença para o segundo colocado, depois das paradas, foi aumentando até chegar a coisa de 14s na altura da volta 35. Raikkonen, por sua vez, tinha uma vantagem confortável de 5s para Vettel e ninguém na Ferrari, pelo menos até ali, tinha coragem de pedir algo esquisito ao finlandês, sob o risco de receber dele um grunhido pelo rádio.

Tirando Ricciardo, que vinha passando todo mundo, a prova viveu um certo marasmo até a volta 43, quando Bottas, com um carro mais rápido e pneus melhores, finalmente chegou em Tião Italiano para lutar pelo pódio. Na primeira tentativa, tchan. Não deu. Na segunda, tchun. Passou. Um trofeuzinho Valtteri levaria para casa. Chegar em Kimi, porém, era mais difícil e não haveria tempo.

Mas…

Mas a borracha traiu Raikkonen. E Verstappen. Faltando duas voltas, os dois apareceram nos boxes com seus pneus estropiados, os dianteiros esquerdos. O risco de se desintegrarem era grande, eles levaram até onde dava, mas tiveram de trocar. Então, Vettel beliscaria um pódio de novo, o que estaria de ótimo tamanho para um desempenho dos menos brilhantes até ali.

Mas…

Mas a borracha traiu Sebastian, também, e sem dar tempo de reagir. O pneu dianteiro esquerdo arregaçou, ele teve de dar uma volta quase inteira todo arrebentado, metal faiscando no asfalto, conseguiu chegar nos boxes, trocou, mas despencou na classificação. Kimi ainda salvou um pódio, estava muito à frente dos demais, e chegou em terceiro. Verstappinho também tinha folga para fazer a parada extra e foi o quarto. Ricardão, Hulk, Vettel, Ocon, Pérez e Massa fecharam a zona de pontuação.

ding173

Vettel deveria ter parado antes, prevendo o estouro do pneu? Talvez, mas naquela situação, faltando uma volta, qualquer um faria o mesmo e ficaria na pista, rezando para que aguentasse. Não aguentou. A parada antecipada para passar Verstappen é que fez com que o segundo stint fosse mais longo que o previsto, e essa pode ter sido a razão do desgaste excessivo — mas é apenas uma tese. A Pirelli fala em furo no caso de Sebastian. E desgaste, no caso de Kimi. Uma investigação completa será levada a cabo. Vamos ver quais serão as conclusões.

Restou ao alemão ficar com a tromba arrastando pelo piso do paddock. Tromba também foi vista no rosto fechado de Raikkonen, que se queixou da sorte num desabafo que só não foi comovente porque Kimi não está nem aí para essas coisas. “Azar de merda”, disse, pelo rádio. “Nunca funciona com a gente, parece piada.”

ding174Enquanto Hamilton, depois da cerimônia de pódio, se jogava na multidão que invadiu a pista inglesa, uma imagem entre engraçada e constrangedora surgiu na tela da TV, gerada a partir da sala de entrevistas coletivas dos três primeiros colocados. De um lado, Bottas. Do outro, Raikkonen. Os dois com cara de banana, entediados e meio irritados.

Porque entre eles havia uma cadeira vazia. Era a reservada ao vencedor da prova, que estava lá fora festejando com a turba enlouquecida. Foram longos minutos até Hamilton aparecer. Uma coisa meio desrespeitosa, embora a festa fosse mais do que justificada pelo domingo perfeito, como definiu.

Não sei se pediu desculpas aos companheiros.

158 comentários

  1. John Player disse:

    Comemorações “espontâneas” “nos braços do seu povo”. o circo midiático armado, a falsa modéstia, o choro emocionado do “predestinado”…E assim constrói-se um novo herói…mais um “Mito” imortal…Já virou inclusive “piloto favorito” da casa para a Rede Globo.
    Deja Vu.
    Só falta a Globo tocar o Tema da Vitória com as vitórias do Lewis Senna, ou melhor Lewis Hamilton.
    Certos brasileiros iam adorar, derramariam lágrimas.

  2. CESAR SILVEIRA disse:

    JULIO!
    DE SUA OPINIÃO SINCERA SOBRE O FELIPE MASSA PARA MIM.
    ABRAÇOS,

    GUTO

  3. Leandro Batista disse:

    Duas coisas:

    - Não temos mais campeonato. Mercedes virando meio segundo abaixo da concorrente. Já era.

    - Até quando o Galvão vai insistir naquele chavão que ele tanto se orgulha de ter criado? “Chegar uma coisa, passar é outra”. Isso fazia sentido quando não havia a tal DRS.

  4. Saima disse:

    Legal e tudo ver o Hamilton com a galera, mas Mansell sempre será Mansell.

  5. Se não fosse a perda de cinco posições no Grid talvez o Bottas pudesse disputar a vitória com o Hamilton, isso se o Toto Wolff permitisse, Pobre final de corrida da Ferrari em que o maior prejudicado foi o Vettel como um tiro no pé dado pela Pirelli.

    • Renato F1 disse:

      A Mercedes já deixou claro que não interfere na posição dos pilotos desde que ambos tragam os carros para casa. Interferência no resultado é coisa de Se Ferra-ri e de Red Bucha.

    • GETULIO GONCALVES disse:

      Tem certeza de que o tiro no pé foi dado pela Pirelli? E aquele travadão na disputa com Bottas? E antecipação da parada para fugir da briga com Max? Isso não conta? Ele teve muita sorte em ainda papar 06 pontos. Gostei do comentário dele quando disse que o Max ainda é muito selvagem na defesa de posição, foi bem melhor do que quando ele afirmou não ter feito nada em Baku para tomar 10 segundos de punição.

  6. Thiago Cerqueira disse:

    Desculpe por expressar um sentimento por aqui, mas não tenho outra possibilidade de contato.
    Sinto uma tristeza profunda com o Brasil em que vivo. Sempre levei muito seriamente a premissa de que, quem não tem nada pra falar, não fala. Porém com o advento das redes sociais, todo mundo fala sobre tudo, da merda à bomba atômica, é irritante! Me sinto no ditado que indaga preferir ouvir qualquer baboseira a ser surdo. Confesso que venho repensando isso. O silêncio é divino e na internet infelizmente convivemos pouco com ele. Dito isso, venho aqui pra demonstrar não irritação ou tristeza, mas saudade. Saudade dos tempos em que lia textos maravilhosos nesses espaço, sobre política, vida, existência, ou tragédia. Até hoje emociona-me com o seu relato quando da tragédia da TAM e a pergunta aparentemente idiota ” afinal porque não somos feitos daquela carteirinha da aeromoça?” é igualmente triste diante da cena, e profunda na simbologia do quão somos efêmeros mesmo tão fortes(aparentemente). Enfim, o Brasil de hoje me privou (nos privou! ) de ler textos assim. A falta de capacidade de conviver com o diverso, de discordar do que lê e simplesmente calar/refletir/pensar/ mudar, que o brasileiro demonstra é assustadora, e fez o autor desse espaço parar de escrever textos para além do esporte. E hoje, eu que nunca fui de falar, me peguei fazendo o mesmo, mesmo sem saber se estas linhas serão lidas, mas hoje, hoje eu tinha o que falar. Abraços

  7. Fábio Peres disse:

    Menos marketing (Hamilton não participou da parada em Londres), mais foco no que interessa. Correto.

    • Anselmo Coyote disse:

      Festejou quando tinha de festejar. Tbm concordo.
      Todos queriam ganhar lá, claro. Mas para ele era mais especial fazer pole, liderar de ponta a ponta, fazer a melhor volta, ganhar de novo, bater recordes e aí sim, comemorar pra valer.
      O Hamilton, como se esperava, depois de passada a afoiteza inicial, natural para o menino que ele era, amadureceu e se tornou o melhor piloto da F1.
      Abs.

  8. Rodrigo Aires disse:

    Só alguns números:
    O Hamilton agora é o maior vencedor da temporada, com 4,
    já liderou 262 voltas, contra 162 do Vettel, 131 do Bottas, 36 do Kimi e 18 do Ricciardo,
    a Mercedes já liderou 393, contra 198 da Ferrari e 18 da Red Bull,
    vantagem grande já da Mercedes nos construtores, e até o Canadá o placar estava Mercedes 3×3 Vettel em vitórias, de lá pra cá está 6×3 para a Mercedes, Vettel vai perdendo terreno, a Ferrari vai ficando pra trás, pq o Kimi é uma corrida boa e 10 ruins, e vamos ver se finalmente alguém vencerá 2 seguidas na temporada, lá na Hungria, tarefa para Lewis Hamilton, e se ganhar, abre caminho grande para o Tetra.

    • Anselmo Coyote disse:

      Velho, eu sou torcedor frustrado do Kimi porque ele permitiu à Ferrari fazer o que faz, permitiu ao Bottas (excelente piloto) lhe faltar com o respeito etc.

      Mas temos que ver que a Ferrari não quer que o cara corra. Prejudica o sujeito sobremaneira, todas as estratégias dos dois carros são para beneficiar Vettel. E acontecem coisas estranhíssimas na Ferrari e todas ferram o cara. Além do mais a equipe tem dois “especialistas”, Arrivabene e Marcchioni, que vivem fritando o cara na imprensa. Ora, que baixaria!! Pra que contratou se já o conhecia? Manda embora de uma vez.

      Vc vê claramente que qdo o pneu dele deu pau na corrida os caras comemoraram porque o Vettel passaria. E qdo o do Vettel deu pau ele entraram num clima de velório instantaneamente. Já imaginou o que é a sua equipe comemorar a sua derrota na pista??? Isso é surreal demais. E mais surreal ainda porque uma semana antes ele foi criticado publica e grosseiramente pelo Marcchioni que o chamou de preguiçoso.

      Olha, o declínio da Ferrari não tem nada a ver com os pilotos. O Vettel (não curto esse piloto) é excelente piloto e o Kimi também, mas não está funcionando. Equipe com carros bons e dois pilotos bons, campeões, e a coisa está degringolando. Estranho, não? Quem está dirigindo a equipe tem realmente condições e talento para fazê-lo?

      A Ferrari sempre se nivelou por baixo. A falta de confiança lá é maior do que as pessoas e é por isso que ela não acredita que tem dois pilotos e sim um piloto e um escudo. Ao contrário de outras equipes autoconfiantes que fazem dois carros bons e ao soltar os cachorros na pista dizem: não se enrosquem e que ganhe o melhor, a Ferrari se acha “esperta” ao fazer jogo de equipe.

      Vi ferraristas comemorando o Bottas estar chegando. Eles são tão pobres e arrogantes que acham que Bottas vai tirar pontos do Hamilton para o Vettel e não para ele próprio. E nessa brincadeira já está ficando claro que a Mercedes fará dobradinha com campeão e vice campeão. Não vai demorar para Bottas passar Vettel. Não porque seja melhor do que ele, mas porque o carro é melhor e Bottas mesmo sendo segundo piloto pode acelerar, que é o que qualquer piloto quer.

      Abs.

      • Segafredo disse:

        Amigo…… ótimo comentário!……
        Mas não tenha medo de dizer que Vettel e Ferrari foram feitos um pro outro. Bottas, Hamilton, Raikkonen, Alonso e Riccardo são pilotos melhores que o Schukrutinho de bosta.

      • Anselmo Coyote disse:

        Segafredo, eu não curto o Vettel. Não mesmo. Mas cada piloto tem uma característica que deve ser bem aproveitada e trabalhada para ser convertida em vantagem. Essa característica no Vettel é a sua capacidade de empurrar bêbado escada abaixo. Ser um chorão para ganhar fácil tbm está inserido nessa característica. Ele a faz muito bem, não perde oportunidade. É um Túlio Maravilha da F1 – pingou na área ele põe pra dentro. Imagine a equipe fazer um carro bom, dar a liberdade ao piloto para acelerar e ele perder oportunidade? Com o Vettel isso não acontece. Mas não me estranha que os torcedores dele não enxerguem qualidades em mais ninguém.
        Abs.

      • Segafredo disse:

        Assino aonde?

      • Vai Vettel! disse:

        Assina que você não passa de uma “viúva” recalcada e invejosa!

  9. Rodrigo Aires disse:

    3º Grand Chelem do Hamilton, e ainda tem 10 etapas, ano passado nas 19 vitórias da Mercedes, o Rosberg teve 2, e falta 3 para o Lewis chegar no Jim Clark, acho até que consegue nessa temporada.
    O Bottas pelo jeito, pegou o gosto da coisa, já não duvido que possa chegar ao vice, pq com todo o respeito, acho que o título não escapa do Hamilton, e talvez ano que vem o Bottas venha forte desde o começo para disputar o título, se a Mercedes deixar…
    Em relação ao Kvyado, eu disse que era pra terem esquecido ele na Áustria, porém eu não duvido até que o Sainz tá deixando ele bater, pra poder reclamar mais depois.
    Bela corrida do Hulk, se a Renault tivesse um 2º piloto, estaria bem mlehor na classificação, ainda dá tempo de corrigir isso para essa temporada.
    E em relação a minha Mclata, tá na hora de protesto na frente da sede:
    se a honda não sair ole ole olá, o pau vai quebrar!!!!
    e o We lá hein, mais uma vez atrás do Erricsson, sinceramente se ele estivesse na Mercedes, não acho que faria tanta coisa não.
    Pra terminar, a cara de bunda do Kimi é sem explicação, 2º ou 3º não faz diferença para quem está atrás do Ricciardo no campeonato.
    Ah, desculpa, sobre o Ricciardo, o cara todo faceiro pelo 5º lugar, se fosse alguns outros, estariam reclamando no rádio, o cara é muito gente boa, imagina se ganhar um título um dia, acho que se atira de cima do pódio, e o pessoal lá embaixo que se vire pra pegar ele.

  10. Bola da Vez disse:

    A gente fica vendo essa fórmula-1 pra que? Adoçaram a nossa boca com essa guerra Hamilton x Vettel nessa primeira fase do campeonato. Agora que a segunda fase vai começar, o Vettel e a Ferrari já dão sinais de cansaço. Até o Bottas que é segundo piloto tá dando pau nos dois ferraristas. Já era!

    • Pepe disse:

      Pois é, exaltasse tanto um piloto desses, que não nego seus méritos, mas, a maioria desses louvores cabem ao carro, que, praticamente imbatível faz dos seus pilotos “gênios”. Quero ver se houvesse um sorteio dos carros entre os pilotos a cada corrida se o Hamilton e outros seriam tão badalados. O próprio Bottas, pegou o MB dias atrás e já anda quase tão rápido, e às vezes mais ainda do que o LH. Para saber do valor do piloto é preciso avaliar o que ele faz com carros menos competitivos, guiando MB é fácil, é um passeio !!!!

      • ZéTros disse:

        Cara, F-1 é uma corrida de carros. Por melhor que seja o piloto, se ele não tiver um carro bom capaz de disputar o campeonato, ele não vai fazer nenhum milagre. Um exemplo recente é o de Alonso.

        O mesmo acontece com Vettel, Hamilton, Ricciardo e outros pilotos que são considerados excelentes.

        Eles podem até ganhar uma corrida ou outra com um carro ruim, mas, pra ganhar campeonato, só com um carro competitivo.

      • Adilson disse:

        Concordo com o Zétros. O esporte é automobilismo, e não pilotismo. O piloto é importante, mas quem ganha é o melhor conjunto.

      • Anselmo Coyote disse:

        Concordo plenamente com o Pepe, o Zetros e o Adilson. E é por isso que acho o Kimi um piloto fantástico, porque que eu me lembre nas últimas 2 décadas ou mais um pouco o único piloto que foi campeão sem ter o melhor carro foi ele. Os melhores carros eram as McLarens de Alonso e Hamilton.
        Abs.

      • Bola da Vez disse:

        É por aí, gente. O carro manda mais que o piloto. Se a Ferrari não fizer nada de novo durante as férias, pode já ir esquentando o podium do vice.

  11. Daniel disse:

    Parece que a Mercedes voltou ao nível de 2014/2015/2016, carro muito melhor que os outros.

    Tava legal, imaginarmos que havia um campeonato, mas duvido que a Ferrari consiga alcançar. Infelizmente.

  12. Danir disse:

    O Massa não é um súper piloto, mas merecia um carro melhor. A Willians apesar de toda a tradição, me parece que não tem uma administração e equipe técnica em condições de reviver as glórias do passado. Mesmo com injeção de dinheiro. Falta algo. Posso estar enganado!!!!. A turma dos bólidos cor de rosa me parece melhor em todos os quesitos e os pilotos só precisam maneirar um pouco para não transformar uma rivalidade, que é saudável, em um duelo de egos destrutivo para os objetivos da equipe.

  13. Fernando Monteiro disse:

    Achei o a prova britânica um saco, desde que mudaram o traçado do circuito inglês, a corrida perdeu toda graça – uma das consequências mais negativas pós morte de Senna, a aniquilação dos circuitos tradicionais – mas eu acho que a notícia mais interessante, ao meu ver, nesse final de semana foi o comentado “namoro” entre Honda e STR. Quando saiu há alguns dias a notícia de que a Honda rompera o contrato com a Sauber, antes mesmo de começar, alegando o motivo do problema com a Monisha, achei estranho. Depois do tantos problemas que aconteceu com McLaren, esse problema com a Monisha não é nada. Acho que na verdade a Red Bull “seduziu” a Honda, afinal o que Sauber poderia oferecer em termos de um bom carro para o desenvolvimento do motor Honda?? Todos sabemos que os carros da STR tem um pouco da mão do Adrian Newey e a Honda pode apresentar muito mais progresso, e é uma ´parceria que faz todo o sentido, pois todos – Red Bull e Honda – ganham. A Red Bull, que é dona da STR e coloca dinheiro lá, não precisaria mais pagar pelos motores Renault para sua equipe B economizando assim uma boa grana, e de quebra ainda ganharia uma fornecedora de motores oficial , caso se concretize o rompimento com a McLaren, e sendo assim os japoneses trariam um caminhão de dinheiro e seus motores, já os japoneses teriam um potencial enorme para desenvolver seus motores graças aos bons carros que a STR têm feito nos últimos anos sem contar que a STR não tem problemas de falta de dinheiro e apoio técnico. Sabemos que a Red Bull, há muito tempo, não está satisfeita com os motores Renault e as possibilidades da Honda fazer um bom motor para equipar a STR em 2018 é grande, e acontecendo isso, o time A dos energéticos teria garantido um motor para 2019, do contrário ficaria com os Renault, ou seja a Red Bull não tem nada a perder. Então, na minha modéstia opinião, esse rompimento da Honda com a sauber junto com o fim do casamento a McLaren mais a aproximação dos japoneses com o pessoal dos energéticos faz todo sentido, tudo se encaixa.

  14. Segafredo disse:

    Haha……….uma hora a sorte do Schukrutinho de merda iria acabar!

  15. Yeshua disse:

    Posso estar enganado, mas vi o Vettel dar uma fritada de pneu absurda durante a corrida. Nas 4 rodas. Só não sei se foi com o mesmo jogo que apresentou o furo. Se foi, tá explicado. Falha dele.

  16. Giuliano disse:

    Vou comentar o que comentei no post anterior, a Mercedes continua tendo o melhor carro e Tião só está na frente por circunstâncias do campeonato, mas acho que na proxima prova já passa na frente, e o lugar de Tião está ameaçado até por Bottas. Hoje acho que a Ferrari não inverteu a posição porque Raikkonen parou depois de Vettel tinha pneus mais novos que Tião e tinha ritmo melhor, se inverte a posição comprometeria a corrida dos dois, Tião iria segurar Raikkonen e ferrar os dois. Mas ainda assim ótimo campeonato e legal de assistir.

  17. VETTELIAN FOREVER (!) Rumo ao PENTA !!!!!!) disse:

    Na largada – foi mostrado no replay – havia fumaça no carro de Sebastian (o que não foi explicado em nenhum momento pela transmissão oficial, já que não se tratava do carro 44 (o que pertence ao fã fanático do falecido brasileiro). Por esse motivo, Sebastian praticamente não acelerou, o que permitiu a ultrapassagem de Verstappen. Este, aliás, o “garoto prodígio”, pode fazer o que quiser: mudar várias vezes a trajetória durante a tentativa de ultrapassagem do carro que vem atrás e nada acontece, simples assim! E, ao contrário do citado no texto acima, Sebastian não estava “com a tromba arrastando pelo piso do paddock”. Estava com a cara boa e tranquila de sempre, nas entrevistas pós-corrida. E o mais importante: continua LÍDER, já que, se o campeonato terminasse hoje, seria PENTACAMPEÃO, o que vai demorar só um pouquinho mais pra acontecer! GO SEB, RUMO AO PENTA (!!!!)

    • Edu Zeiro disse:

      Putz, o Brasil já teve vedetes deslumbrantes, agora tá cheio de vettetes deslumbrados. Triste, muito triste…

      • John Player disse:

        E e agora tem uns chatos que ainda se mordem com qualquer conquista alemã desde Schumacher…
        Esse odiózinho estendido ao Vettel é ridículo viu viuvinha. O Brasil já teve fãs de F1 de verdade. mas depois que chegou o “santo” das viúvas inconformadas, ninguém tem mais sossego. Como vocês são CHATAS!
        Tá lá na HISTÓRIA:
        Schumacher SETE x Senna 3. Vettel 4 x Senna 3.
        Aceita CALADO que dói menos.

      • Edu Zeiro disse:

        Hahahahahahahaha, toquei num ponto fraco, vettete deslumbrado? Sou fã de Piquet e Emerson entre os brasileiros, qualquer um dos dois colocaria seu queridinho no bolso, até mesmo o falecido o faria facilmente. Pace era mais piloto, também. Schumacher, melhor anos luz. Dos na ativa, Hamilton, Alonso, Bottas, Riccardo, Verstappen quase lá.

  18. LUZ PRATA disse:

    Boa tarde Gomes e galera.
    SHOW…
    tipo Drive to perfection !!!!
    do Melhor Piloto de Todos os Tempos Após o ET SENNA !!!!!
    LEWIS. e seu Lindissimo MB. ..

    Humilha seus frágeis concorrentes…
    Simples assim….kkkkkk

  19. Mônica disse:

    Falaram tão mal do meu gatão e olha ele no pódio, ficando atrás apenas das Mercedes, depois de largar na 1ª fila. Isso ninguém viu.

    • Charles Câmara disse:

      O problema, Mônica, é que a Ferrari sabota ele, prejudicando a tática dele para benefíciar aquele outro que ela considera primeiro piloto… Não fosse isso Kimi estaria com muito mais pontos no campeonato.

      • John Player disse:

        Ah é, a Ferrari sabota o Kimi, que já foi campeão por lá. Como sabotava o Barrichello, o Massa, o irvine…

      • Fred disse:

        Que história é essa de sabotar o Kimi, Charles?! Isso é um absurdo!

        Pra refrescar o Google dos que estão sem acesso — ou não julgam conveniente acessar — à própria memória, no GP de Mônaco deste ano (não é necessário ir muito longe), ela fez de tudo para ele ganhar! Chegou às raias de “comprometer” o segundo lugar do seu companheiro com um undercut… Sem sombra de dúvidas, foi-lhe concedida a melhor estratégia de parada nos boxes!

        Não são necessários tantos cores de processamento nem tantos gigas de memória para que se enxergue tal postura ferrarista. Um Z80 já daria conta do recado…

      • Paulo Pinto disse:

        Raikkonen, piloto que eu admiro muito, chegou ao pódio devido ao problema sofrido por Vettel. Simples assim.

      • Mônica disse:

        Agradeço os comentários, meninos, mas de uma coisa tenho certeza. O meu gatão ainda vai ganhar uma prova antes de dar adeus às corridas. Bjs.

  20. Paulo Fonseca disse:

    Prezado F&G : Comandante Hamilton foi simplesmente perfeito,Botas fez uma excelente corrida, o destaque sim, Ricardo foi espetacular ,A equipe da Ferrari, um puta azar duplo.Felipe Massa foi razoável-(Equipe Willians, tomando um vento da Force Indian) .El Fodon , deve estar mordendo a fronha do travesseiro de tanta raiva.

  21. Fernando disse:

    A Ferrari tem um ótimo carro e um ótimo piloto. Mas se perdem um pouco nas estratégias por conta da falta de precisão, que os Alemães tem de sobra. Mas a Mercedes tem o melhor carro, e um piloto que quando está no seu dia, é simplesmente imbatível. O mais engraçado de tudo isso é que a culpa é da própria Ferrari quando não seguraram o engenheiro Alisson. A melhora da Mercedes está ligada a ele.

    • Rodrigo Tavares disse:

      Concordo! A evolução da MB, principalmente no gerenciamento dos pneus, vem do James Alisson!

      • Polaco disse:

        Acho que a melhora da Mercedes é que o calibrador de pneus parou de ir trabalhar bêbado… ou talvez o Kimi chegou no pódio por que não bebeu no sábado, ou talvez por que tenha bebido… sei lá… nem sei o que o jaiminho Alison faz por lá… até aqui no brasil ele não requereu nenhum!

  22. Alan disse:

    Essa temporada está divertida como há tempos não se via. Que continue assim até o fim.

  23. Tom disse:

    O alemão da Ferrari,cometeu 4 erros fatais.1° Largar atrás do Kimi,2° Perder a posição para Verstapinho na largada,3° Não conseguir ultrapassá-lo e 4° O pior erro,disputar posição com Botas,sabendo como ele mesmo afirmou na entrevista que não conseguiria segurá-lo,destruiu os pneus em vão
    As vezes o piloto deve ser mais cerebral ,do que arrojado,está faltando preparo emocional para o alemão para fazer a leitura da corrida, e o pior os outros pilotos já perceberam que se apertá-lo ele grita.

  24. Emerson disse:

    Nao sou critico do Galvao Bueno, mas hoje tava demais: gaguejando o tempo todo – com aquele ponto ele fica tosco, nao entende os lances da corrida, leva 20 a 30s para entender as situacoes dinamicas da corrida, nao emociona nos lances como o furo do vettel pq ele tenta se ligar no que esta ocorrendo e perde o timing. Sinceramente a globo deveria – em nome do projeto f1 – trocar o narrador. Sou fã do Regi mas o tempo dele acho que ja passou tbem. Mas com todo o respeito aos dois faco esta pequena critica, caso o flavio autorize a publicacao.

  25. Thiago Azevedo disse:

    O Vettel perdeu o pódio quando tentou dar o bote no Kimi na primeira volta e esqueceu do Verstappinho, que recuperou a posição.
    Deveria ter assegurado o terceiro posto. Provavelmente passaria o Kimi mais adiante (estão na Ferrari) e não teria antecipado a ida ao box, tendo que andar com os pneus em frangalhos no final. Tive a impressão de ver o pneu direito do Vettel dechapando também.
    O pessoal tem falado mal do Kimi, mas gostei da corrida dele. Ele tem feito mais de umas corridas para cá. Não tenho dúvidas que foi mais forte que Vettel.
    Tem certas coisas que deve ser entendido: quantos caras no mundo, ainda que esporadicamente, conseguem ficar à frente do Vettel numa corrida de F1? Não é pouca coisa. O esperado é o Vettel andar na frente. E o Kimi tem conseguido andar na frente em algumas ocasiões.
    Também temos que cuidar quando mete-se o pau em alguém. O Galvão sempre fala mal do Stroll. O moleque não guia bem, mesmo, é ruim. Mas tem um troféu e o Massa não tem. O Massa guia bem, mas dificilmente levará um troféu para casa. E aí, Galvão? Está fora de contexto, pensei nesse negócio, pois lí um post abaixo falando do segundo lugar do Verstappinho no Q1, no sábado. Esse moleque está guiando demais.

  26. Paulo Pinto disse:

    Lewis Hamilton, com um F-1, acaba de vencer pela quinta vez na lendária pista de Silverstone, igualando o feito de Alain Prost. A única diferença é que a marca do francês foi alcançada em 4 equipes (Renault, McLaren, Ferrari e Williams), e com 4 motores (Renault, TAG-Heuer, Honda e Ferrari).

  27. valter rodrigues disse:

    E essa fonte do Reginaldo cravando a Honda na STR?? Será a mesma que cravou Nasr na Force India??

  28. Rafael Pacheco Velho disse:

    Transmissão sofrível novamente.

    • Robertom disse:

      Terrível.
      Depois de uma transmissão bastante aceitável (excelente, para o padrão galvaniano) na etapa da Austria, o papagaio esquizofrênico atacou novamente em Silverstone.
      Ou acometido pelo mal de Alzheimer, ou por ter fumado maconha estragada, GB protagonizou uma das piores transmissões de F1 que a RGT já teve a coragem de fazer.
      Completamente perdido, falando abobrinhas irrelevantes justamente nos momentos decisivos que deveria narrar, nota zero de percepção, repetindo velhos chavões irritantes e como sempre interrompendo os demais participantes da transmissão.
      Sou apaixonados por corridas, mas quase desliguei a televisão…
      Só não o fiz por ter um compromisso na hora em que seria transmitida no Spotrv (que é só um pouco pior).

    • Rodriguera disse:

      imagem pela globo e audio pela radio band news! ;-)

  29. Douglas disse:

    Mercedes vai levar o campeonato pelo simulador de estratégia e desenvolvimento.

  30. Marcos Gomes disse:

    Melhor piloto da temporada: Ricciardo.

    • Gabriel P. disse:

      Exato.
      Os outros fazem a obrigação pois tem bons carros e não é o caso da RBR neste ano.
      É uma pena ele ainda ser praticamente ignorado pela mídia.
      Se Raikkonen sair da Ferrari, ele seria o piloto perfeito para substituir, único porém é Vettel que vai certamente dificultar.

  31. jean carlo disse:

    vettel teve azar só isso. mas deveria ser o driver of the day pela linda ultrapassagem sobre verstappen, ainda que nos boxes, mas foi clínico ao fazer aquelas voltas rápidas com os pneus novos. fantástico.
    falando sério, hamilton foi muito bem hoje, mas riccardo e hulk foram bem demais.

    • Anthony disse:

      Vettel é um excelente piloto, sem dúvida, e mereceu ter sido o piloto do dia em diversos GPs, mas não nesse último, só por ter ganho a posição do verstappen… ele foi ultrapassado duas vezes pelo próprio max (com uma rbr muito inferior) e deu uma fritada na disputa com bottas que com certeza contribuiu para a perda do pneu… Acho que driver of the day poderia ficar entre Ricciardo (um monstro a corrida inteira) e Bottas (que estava rodando com pneus macios velhos num ritmo parecido com o restante do pelotão da frente com pneus novos)

  32. Zé MCZ disse:

    Mas que corrida!
    Umas das melhores de todos os tempos! Foi tão emocionante que quando aparecia alguma imagem do céu o Babão Bueno torcia para que a chuva chegasse…. Aliás eu não sei quem mais irritante se é ele ou o Luís Roberto, que tem a capacidade de narrar com empolgação um carro pegando fogo nos boxes!
    - Sensaaaciiionaaaal geentee!
    E o Hamilton hein?! Está fantástico! Está no nível do Jim Clark! Parabéns! Ou melhor já ultrapassou o Fangio, o Brabham, Senna, Prost…
    O único que ainda ele não ultrapassou é o triste Shummy… que também já teve a glória de ser “O Melhor Piloto de Todos os Tempos”!
    Nas já já passa de passagem! Tornei me hamilzete, igual a monte de tolos que acham que quem vence mais é necessariamente o melhor piloto!
    A pura verdade é que essa F1 tá “inassistível”!
    Uma boshhhtaaa!
    Vou ficar só com a MotoGP. Ainda há competição.

  33. GARLET disse:

    Acabou. Mercedes meio segundo por volta mais rápida. Infelizmente. Estava divertido.

    • Luigi disse:

      É Garlet,eu acredito que os Tedescos ,mais uma vez enganaram a italianada, deixando eles acreditarem que a Rossa do Maranello , estava tão ou mais rápida que amacchina italiana, no início do campeonato, mas agora Mercedes voltou a ser Mercedes e a Ferrari a ser a segunda força, e nesta altura do campeonato, uma reação técnica , só pelos deuses!
      Isto é perfeitamente perceptível, e não seria a Mercedes a usar está estratégia, a Porsche já usou isto no antigo grupo C, quando fez a italianada acreditar que a linda 512 M/S era mais veloz que o 917,isto popou gastar mais dinheiro em desenvolvimento.
      Mas como o pessoal da transmissão oficial estão mais preocupados em CAUSAR do que verdadeiramente informar, eles fazem o torcedor acreditar que haverá alguma disputa, isto poderá ocorrer em uma ou outra pista em que o carro de Maranello se adaptar melhor ou quando as Mercedes tiverem algum problema.
      E se não me engano ,por uma manobra semelhante a que fez Versttapen o Vettel foi punido, depois querem fazer acreditar que há isenção nas punições.
      Mas melhor assim , do que um monte de punições por disputas levadas ao extremo.
      É pela dificuldade de Vettel em passar Versttapen, que das top 3 é o que tem o motor(unidade motora) menos potente, dá para ver que a Rossa se quiser fazer o campeão, terá que ter a ajuda dos deuses, pois sua equipe técnica, apesar de se mostrar competente, ainda não é tão experiente como a da Mercedes e RedBull , que se tivesse um motor um pouco mais potente ,estaria roubando muito mais pontos das duas principais equipes.
      Uma excelente semana!

      • ZéTros disse:

        Não foi estratégia da Mercedes não. A Ferrari realmente começou o campeonato com carros mais velozes que os da Mercedes com eficiência na conservação dos pneus. A Mercedes tinha carros mais pesados, relativamente bem na classificação mas com ritmo de corrida pior que o da Ferrari, por conta de um maior consumo de pneus. Além disso, a Ferrari tem pra esse ano um motor com potência semelhante ao da Mercedes.
        Só que os alemães correram para resolver os problemas e segundo o que eu li, lançaram praticamente uma versão B do carro deles. E a Ferrari já mostrou que não é tão rápida na evolução de seus carros durante a temporada.
        E vale registrar que o sucesso da Mercedes vem de dois ex-Ferrari, Aldo Costa e James Allison.

  34. Paulo Pinto disse:

    Vettel queimou a pouca vantagem que possuía na liderança do campeonato, e mesmo com o problema do pneu, continua liderando. Das 10 (dez) corridas disputadas até agora, o alemão liderou 9 (nove), sobrando apenas uma para Hamilton. É o único piloto não Mercedes a liderar o Mundial nas últimas quatro temporadas de domínio total da equipe alemã.

    Uma façanha a ser registrada.

    • Segafredo disse:

      FAÇANHA….?…?….?

      Veja o que fez Alonso na Ferrari pelo mesmo periodo que o Schukrute ali está………vitorias e disputa com a RBR mágica do Newey. Depois venha falar de façanha kkkkkkkkk

      • Paulo Pinto disse:

        Acorda, Sennafredo! Dos quatro títulos de Vettel, somente dois foram do mesmo estilo da Mercedes: 2011 e 2013 (nesses, Alonso levou poeira do início ao fim). Os outros dois: 2010 e 2012, Vettel não tinha o melhor carro e a disputa com Alonso foi até o último GP (o alemão ganhou no braço e no talento, mesmo com Massa ajudando o espanhol).

      • John Player disse:

        Chatofredo, me diz ai UM titulo do Cenna que ele não conquistou com o melhor carro.
        Cite UM carro que ele desenvolveu SOZINHO e foi campeão.
        O cara só foi campeão tendo segundos pilotos (Berger, Prost) que faziam pelo menos a metade do trabalho mais pesado de desenvolver o carro, e tendo projetista(s) que era(m) o “Adrian Newey” daquela época.
        “Cenna” não sabia identificar nem o motivo da tremedeira no volante do carro, mesmo sabendo da solda na barra de direção do carro. Talentoso na pista, no volante. Um panaca insuportável fora do carro.

      • Anthony disse:

        @Paulo Pinto
        Você não tinha exaltado o Jim Clark (com toda razão, aliás) por ter realizado seus feitos a bordo de 4 equipes diferentes? Seguindo esse raciocínio (sensato, repito) ter conquistado seus 4 títulos pilotando o mesmo carro não coloca um asterisco na performance do Vettel. Aliás, hamilton é o único campeão por equipes diferentes no grid atual

      • Paulo Pinto disse:

        Anthony, o escocês Jim Clark pilotou apenas para uma equipe na Fórmula-1: a Lotus. Você deve estar se referindo a Alain Prost.

        Em relação a Vettel, temos que esperar o encerramento de sua carreira para que seja devidamente analisada.

      • Segafredo disse:

        Caro John player……….

        Quando a ignorância fala, se fala toda virtude e sabedoria……….primeiro vá estudar sobre história da F1, depois assista a todos os GP desde 1984, depois ainda faça leitura de pelo menos uma dúzia de livros da mesma época! Então….. é só então volte aqui e responda vc mesmo as idiotices que perguntou. Simples pra vc?

      • Paulo Pinto disse:

        Acorda, Sennafredo! Se o teu idolatrado não morresse, iria levar surras seguidas do Herdeiro de Fangio, até aposentar com os mesmos três títulos. A morte trágica e prematura o elevou à condição de ícone.
        Tá explicado?

      • Bola da Vez disse:

        Como assim, tá explicado? Senna não morreu pra ficar no auge, ele morreu por um golpe do destino.

    • Edu Zeiro disse:

      Putz, o Brasil se caracterizou, muitos anos atrás, a ter belíssimas vedetes. Hoje, tá cheio é de vettetes por aí. Triste, muito triste…

  35. ags disse:

    Olha.. Se tivesse mais 60 voltas o Pig ia marcar pontos……
    Na Cnh dele… e aguentar o babão busco e o Dizepan Lemes e o tartaruga Burti elogia lo é calcinha de vovó viu…
    TV Esgoto de televisão… Vai se afundando no quesito de comentaristas…

  36. Eduardo_SC disse:

    GP orgásmico para os torcedores ingleses.
    Quanto ao Bottas e Raikkonen, já dizia a minha avó, cuidado com a cara de bunda porque sempre tem um cara de pau atrás.
    Impressão minha ou o Galvão está ficando gagá?

    • Rodriguera disse:

      hahahaha pensei a mesma coisa sobre o galvão! idade chegou de vez…e ele deve viver no uisque/vinho…não tá dando conta mais não…

      • Danir disse:

        O Galvão Bueno parece aquele tipo de cara que é tão embevecido consigo mesmo que pensa que as aborinhas que fala são gotas de sabedoria formadoras de opinião. Um saco.
        Outra coisa que tenho notado, é o fato de os locutores em geral não prestarem muita atenção na tela de seus monitores. Na transmissão de hoje, pelo menos umas duas vezes o Galvão deixou passar algo que estávamos vendo na tela e depois falou como se fosse uma novidade. Na Indy, hoje tambem, o narrador, (não me lembro o nome Sorry), informou que parecia que tinha se soltado algo do carro do Dixon, e depois fez um comentário longo sobre como até o piloto poderia voar se não tivesse amarrado, e na verdade o objeto tinha sido mostrado antes como algo que já estava na pista, fruto de algum toque anterior de sabe se lá quem. Justiça seja feita, os comentários na Band sobre detalhes dos carros e da pilotagem, são de boa qualidade e esclarecedores. Pensei em fazer um arquivo destas barbeiragens, pois costumo gravar as corridas, uma espécie de arquivo do absurdo. Pouco depois descobri que não tenho saco para isto. Apago os vídeos depois de assistir.

      • Leandro Batista disse:

        Elementar meu caro Danir. Ainda assim nosso glorioso Galvão insiste no tal chavão de autoria própria: Chegar é uma coisa, passar é outra. Mesmo em época de DRS.

  37. Wanderson Marçal disse:

    Vettel começou a perder o campeonato quando afinou para o Hamilton após Baku. Saiu enfraquecido e parece cada vez mais perdido dentro da sua Ferrari, reclamando demais e fazendo de menos — inclusive tomando tempo do Raikkonen vez por outra, o que não é nada bom.

  38. Marcos Roberto disse:

    peguei só a ultima volta da corrida mas deu tempo de ouvir o galvão mais o reginaldo falar que na Hungria a Ferrari e até mesmo a RBR tem vantagem sobre as Mercedes, achei graça na hora, e qual opinião de vcs ?

  39. Marcio disse:

    Fato interessante: antes da corrida começar Bottas estava 35 pontos atrás do primeiro colocado no campeonato. Ao final da corrida ficou a 23 pontos. Número que permite pular para primeiro em uma única corrida. Teria que ser atípica, com Vettel e Hamilton ficando pelo caminho. Mas é possível! Principalmente porque Hamilton e Vettel só tem olhos um para o outro.
    Dá para dizer que Bottas entrou na briga?

    • ZéTros disse:

      Só na teoria, pq na prática Bottas vai ser o escudeiro de Hamilton esse ano. Pelo menos, é essa a impressão que eu tenho.

      Ano que vem, se o filandês ficar na Mercedes, estará livre para disputar o título com Hamilton.

    • Luiz G disse:

      Acho que Bottas só entra na briga “de verdade” se algo acontecer com Hamilton.
      Mas há de se tirar o chapéu pro finlandês. Está ganhando corridas, fazendo pódios, hoje saiu de nono pra chegar em segundo. Está fazendo um ano fantástico.
      Não há dúvida de que é merecedor da oportunidade que ganhou e merece permanecer na equipe ano que vem com um contrato mais seguro.

  40. valter rodrigues disse:

    Hamilton tetra campeão. Acabou o campeonato. A superioridade do carro da Mercedes é irritante.

  41. Giuliano disse:

    Muito esquisito esses problemas nos pneus das Ferraris, os dois pilotos tiveram problemas nos dianteiros esquerdos, o Magnussen rodou muito mais com o mesmo tipo de pneu e ainda conseguia segurar as Force Índia com pneus bem usados. De qualquer forma o carro Mercedes é melhor, Vettel só está na frente por circunstâncias das corridas, e a Ferrari o privilegia em prol do campeonato, mas acho que na Hungria a Mercedes passa na Frente e Vettel está ameaçado a ter o lugar tomado até por Bottas que se não é um piloto brilhante, faz o que tem que ser feito pra quem dispõe do melhor carro do Grid.

  42. Rafael Rego BH disse:

    Não da pra falar nada do Hamilton: final de semana perfeito.
    Minha torcida no começo do ano era para o Vettel, mas diante de atuação tão perfeita do ingles não tem como não se curvar ao talento do cara. Parabens pra ele.

    Nota negativa do dia vai para o Kvyat, ta ficando feio ja.

  43. Clodoaldolelli disse:

    Nesta configuração de carro a Mercedes está muito mas muito à frente do resto em condições normais vai ser igual o ano passado quanto a Hamilton é só o botas cutucar que ele entrega a rapadura como aconteceu com o rosberg ano passado coloca o Ricardo no lugar dele e será campeão antes das férias

  44. Toto disse:

    O Mundial está no papo para Mercedes e Hamilton.
    Mercedes já começou a dominar. A corrida do Bottas é prova disso, mais até do que a do Hamilton.
    O Vettel cair na tabela era questão de tempo, só achei que demoraria mais.
    Se o Bottas não tivesse vestido a roupa de segundo piloto cedo demais, teríamos uma briga. Mas agora é tarde…

    • Luiz G disse:

      Acho que o Bottas está fazendo o que tem que fazer para garantir o emprego ano que vem. Se batesse de frente com Hamilton tendo contrato de uma temporada, poderia ser cortado no fim do ano.
      A Mercedes é de Hamilton e Bottas sabe.
      Tem que comer pelas beiradas.

  45. Tiago disse:

    A corrida foi muito boa. Vibrei quando o Vettel mimimi estourou o pneu (não vejo ele como um vilão, mas criei uma antipatia por ele reclamar demais).
    O pior foi o narrador começar a falar de Silvastone. Tenha a santa paciência!! Desapega.

    • GARLET disse:

      Resumidamente vc não curte F1, é só mais um xarope fan boy do HAmilton. Pois pela sua preferência teríamos um campeonato entediante até o final do ano, porque vc nao gosta de um pilot. Brasileiro é burro baguaray.

      • Tiago disse:

        No ano passado torci para o rosberg. E não sou fã do hamilton. Gosto de corrida, mas me dá uma sensação boa quando alguém chato se sai mal um pouco.

      • Marcelo disse:

        Você não dizer nada, vive postando comentários contra o Hamilton e a favor do Vettel. É fanboy do Vettel e tá putinho porque o Alemão levou do Hamilton, do Verstapen e do Bottas. Ah, do Raikkonen também. Chora na cama que é quente. Kkkkkkkkk. Esse Vettel é fraquinho demais. Levando do Raikkonen, que é um semi- aposentado. Kkkkkkkkkk

      • Edu Zeiro disse:

        Putz, o Brasil se caracterizou, muitos anos atrás, a ter belíssimas vedetes. Agora, tá cheio é de vettetes. Triste, muito triste…

      • Bola da Vez disse:

        Putz, mais um comentário medíocre e desnecessário.

    • Fernando disse:

      Pois digo que tbm dei risada quando o Vettel teve que ir pros boxes. É uma baita piloto mas é de longe o mais mimizento de todos. E ficou bom pois equilibrou o campeonato de novo.

      Me desculpem os fãs do Alemão, apesar de tetracampeão, ainda está um degrau abaixo do Alonso e Hamilton.

      • John Player disse:

        Ah tá. Como se Hamilton e Alonso não reclamassem de nada, nunca…
        Já ouviu falar de youtube? Serve para pessoas que não tem memória. Pesquisa lá videos de temporadas passadas de Hamilton e Alonso s comunicando com os boxes via radio, e vai encontrar MUITO MIMIMI, muita rebeldia, muito chilique…
        De acordo com a torcida/preferência, o brasileiro tem amnésia, cegueira e surdez seletiva….

    • Ricardo Cardoso disse:

      Pior que dessa vez quem puxou a história foi o Burti.

  46. GASTAO disse:

    A parada do Kimi Räikkönen no finalzinho da prova ,merece um comentário.
    Nunca a expressão “o tiro saiu pela culatra” caiu tão bem…

    • Anselmo Coyote disse:

      Tbm vi assim.
      A Ferrari quis editar a corrida passada mas o tiro saiu pela culatra. Ele, Kimi, teve de andar 6 voltas a mais do que Vettel. Parece pouco mas em termos percentuais ele exigiu dos primeiros pneus mais de 20% de sua capacidade.
      Outro tiro no pé: a Ferrari, atirando no próprio pé, comemora a ascensão de Bottas como se ele fosse tirar pontos do Hamilton. Não vai. Ele quer o título ou ficar em segundo. Ao contrário ele está ajudando o Hamilton a tirar pontos do Vettel. E além disso ao se aproximar ele põe a faca na na boca do Hamilton.
      PS. Ouvi que a Ferrari errou ao não fazer duas paradas. Discordo. Uma estratégia que funciona até a última volta numa corrida de 51 voltas não está errada.
      Abs,

      • GunneR disse:

        https://pbs.twimg.com/media/DE3qqXAWsAA4B04.jpg

        Se a Ferrari tentou conspirar contra o Raikkonen, como você explica as estratégias de Hamilton, Vandoorne, Perez, Grosjean e Hulkenberg?

      • GunneR disse:

        Coyote,

        https://pbs.twimg.com/media/DE3qqXAWsAA4B04.jpg

        Se a Ferrari tentou conspirar contra o Raikkonen, como você explica as estratégias de Hamilton, Vandoorne, Perez, Grosjean e Hulkenberg?

        PS:
        Flávio, se quiser, descarte o post do primeiro e-mail (ig), pois o digitei errado. O correto é “bol” e não “ig”.

        Atte.

      • Anselmo Coyote disse:

        Gunner, o seu questionamento é muito primário.
        A comparação é mais justa e objetiva quanto mais parecidos forem os objetos comparados.
        Por que eu deveria comparar um carro da Ferrari com um carro da Red Bull, que é muito diferente, se as duas ferraris são iguais e em tese (apenas em tese) estão competindo entre si?
        Sejamos honestos: que viva alma que assistiu a essa corrida não esperava ansiosamente para ver em que momento a Ferrari passaria o Vettel à frente do Kimi?
        Abs.

      • GunneR disse:

        ANSELMO COYOTE,

        Com todo o respeito, mas primário é o seu entendimento, pois o Vettel parou antes para tentar o undercut pra cima do Verstappen!

        Quanto ao seu “sejamos honestos”, infelizmente, você se parece muito com o FDP do Juiz Sérgio Moro, cujo mesmo adora julgar com base nas convicções e nãos em provas.

        Abs.

  47. Samuca SDMF disse:

    No meio do grid acho que dá pra destacar o desempenho do incrível Hulk,6ª posição com uma Renault que claramente evoluiu bem neste fim de semana e que na minha visão pode encostar nos pontos da Willians no decorrer do campeonato.
    Ontem poderia parecer que o desempenho tinha sido bom por conta da chuva que embola um pouco as coisas,hoje deu pra ver que além da habilidade do alemão o carro melhorou.

  48. Luis disse:

    O que impressionou nesse final de corrida é justamente a dupla da Ferrari ter problemas com pneu, no carro que até então se dizia ser o que menos exigia deles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>