MENU

quarta-feira, 23 de agosto de 2017 - 0:54Legião urbana

LEGIÃO URBANA

Rara colaboração externa, porque vem de um leitor que se lembrou de um post de 2015, e a lembrança — e as fotos — geraram até matéria no grande “Maxicar”, grande portal de clássicos do Brasil. Obrigado ao Jorge Filho, que achou um Fox nos EUA!

DSC03196

21 comentários

  1. Diogo Kugler disse:

    Flávio,

    Já viu esse fotógrafo que fez uns cliques da F1 com uma camera de 1913!
    Confere aqui: https://petapixel.com/2017/05/13/photographer-shoots-f1-1913-graflex-4×5-view-camera/

    As fotos estão lindas!

  2. Flavio disse:

    Costumava ver o Fox (sedan e wagon) aqui por Toronto mas deram uma sumida nos ultimos anos….Faz tempo que nao vejo um rodando por aqui….

  3. JP disse:

    Uma amiga minha tinha um 1.5, 4 marchas com carburação simples e platinado. E mesmo assim era um carro maravilhoso!

  4. Andre Decourt disse:

    Se não visse a placa pensaria em um Gacel em Buenos Aires, esse Fox aí está mais com cara de carro portenho que novaiorquino..

  5. Thiago disse:

    Uma coisa totalmente nada a ver em relação ao post mais que eu tava pensando esses dias e seria um tema legal de um post em seu blog, já pensou no monte de coisas que mudaram na F1 desde que o Schumacher se acidentou?, se de repente o cara acorda ele ia encontrar tudo muito diferente, essas merdas de V6 hibridos de carrinho de controle remoto, Vettel na Ferrari, Alonso de volta a McLaren, Raikkonen de volta na Ferrari, Rosberg campeão mundial, Bernie Ecclestone fora do comando da categoria, essas droga de Halo, Mercedes que ele ajudou no começo como a equipe a ser batida, Red Bull penando, a F1 cada vez mais chata, entre outras que eu nem lembro.

  6. Eugenio Bastos disse:

    Eu às vezes via um perto da minha casa aqui nos EUA porém não me recordo da placa. A cor é exatamente a mesma. Vou ficar atento se o vejo novamente

  7. Anselmo Coyote disse:

    Tive dois, 1982, 1.5. Um branco polar e outro verde metálico claro, não lembro o nome da cor, Eu gostava desses carros. Bem alinhados, balanceados, com as trocas todas em dia e com a calibragem certa eram muito bons de guiar. Cambios justos e curtos, boa área envidraçada (o branco tinha vidro branco sem insulfilm e o verde tinha vidros verdes Ray Ban 50, originais).
    Mto bons.
    Abs,

  8. Jorge Filho disse:

    Seu BLOG é um show! Tem que ser lembrado sempre! Abração, caríssimo Flávio Gomes.

  9. Hélio Biágio disse:

    Sou engenheiro mecânico e fiz estágios na VW nos anos de 84 e 85, trabalhando no desenvolvimento deste carro, na época chamado projeto 90, pois a previsão era exportar 90 mil unidades. Participei do projeto da nova fixação do banco traseiro, devido às exigências maiores do mercado americano.
    Como estagiário, lógico que minha participação foi pequena, mas tenho orgulho de ter participado desta história.

  10. Jorge Filho disse:

    Caríssimo Flávio Gomes, seu BLOG é um show! Tem que ser lembrado sempre! Abração.

  11. Capilé disse:

    Olá Flávio, boa tarde, eu possuo 3 carros que não uso, mas todos os anos tenho que arcar com o licenciamento, estou pensando em me desfazer deles, gostaria de saber como funciona esses impostos em outros países, se eu não uso em um ano, acho que não precisaria recolher, rsrs

  12. Rogerio disse:

    Colaboração externa já não é coisa tão rara nesta seção, 7 das últimas 14. Acho válido!

  13. Alex disse:

    Sempre gostei do voyage, principalmente os feitos entre 87 e 90. O fox também era legal, não tanto pelos retoques visuais mas pela injeção principalmente. O jeitão do lugar mostrado na foto já entrega que foi tirada em Nova Iorque

  14. Paulo F. disse:

    Fui dono de um Voyage 84., preto. No manual era dito que possuía 81 cv, mas um engenheiro da VW disse: balela , tá mais para 100 cv , O seguro agradecia. Tal como os mágicos 199 cv do Dodge Dart, interessante , igual ao limite de taxação da TRU ( o IPVA da época!).

  15. Estevão disse:

    Por falar em Voyage/FOX, segue matéria muito interessante do Flatout de um VW Voyage que viajou dos EUA para a Alemanha e correu em Nürburgring.

    https://www.flatout.com.br/este-vw-voyage-viajou-dos-eua-para-a-alemanha-e-correu-em-nurburgring/

  16. João Paulo Toledo Piza disse:

    Li a matéria ontem no sensacional http://www.maxicar.com.br ,no qual acompanho desde que ,vi o elogiando .Voyafox ,carrinho inesquecível ,quando lançou ainda com motor de Passat 1.5 em 82 meu Pai teve um Voyage LS prata https://www.google.com.br/imgres?imgurl=https%3A%2F%2Fimganuncios.mitula.net%2Fvolkswagen_voyage_1982_gasolina_vw_volkswagen_voyage_ls_1_5_placa_preta_otimo_estado_1982_1170013497123255673.jpg&imgrefurl=https%3A%2F%2Fcarros.mitula.com.br%2Fcarros%2Fvolkswagen-voyage-ls-1982&docid=qcW8NCUUZn9XmM&tbnid=4seX_RCyqN7MVM%3A&vet=10ahUKEwj4-bixvu3VAhVFfZAKHepfAKAQMwiBAShQMFA..i&w=576&h=432&bih=566&biw=1215&q=voyage%20ls%2082%20prata&ved=0ahUKEwj4-bixvu3VAhVFfZAKHepfAKAQMwiBAShQMFA&iact=mrc&uact=8 ,no qual , fizemos uma viagem pelo Sul incluindo: Paraguai e Argentina ,foi demais!!! Depois em 98 ,tive um 87 GL (frente nova com interior antigo) marrom metálico ,um achado de uma senhora de vinhedo-SP, com 30.000km https://www.google.com.br/imgres?imgurl=http%3A%2F%2Fprimeiramao.band.com.br%2Fuploads%2Fclassifieds%2Fphotos%2Fa3%2Fbf0a%2F0aab3dfdfdbf048dfd3aa40b6bbb0a00052%2F1643399%2Fbig_7f434d4c26387266d61bca4299729c32a908859d.jpg&imgrefurl=http%3A%2F%2Fprimeiramao.band.com.br%2Fcarros%2Fvoyage-gl-87-barra-87-marrom-2-portas-bom-estado%2Fo%2F5c09c3a5&docid=FGvAMCaeCkD5hM&tbnid=Gi9dccxC4fBr7M%3A&vet=10ahUKEwiK6d3jvu3VAhXDgpAKHR6bA3QQMwgmKAAwAA..i&w=575&h=450&bih=566&biw=1215&q=voyage%20gl%2087%20gl%20marrom&ved=0ahUKEwiK6d3jvu3VAhXDgpAKHR6bA3QQMwgmKAAwAA&iact=mrc&uact=8 , talvez o melhor carro que tive.Grande abraço Flavio .

  17. Marco Cordobe disse:

    Bom dia.
    Este FOX que foi exportado para os Estados Unidos, recebeu uma série de modificações para se adequar às exigências da legislação deles. Mesmo aqui no Brasil o Voyage era um carro muito legal já nesta época. Tivemos um 83 “S” à álcool, 1.6 , 4 marchas…mesmo com esta configuração, andava bem e não era dos mais gastadores. Claro, o acabamento era bem simples, o espaço limitado, mas tinha um bom porta malas, câmbio de engates curtos, muito gostoso de dirigir…
    Abraços e sorte

    • Victor Serrão disse:

      Legal, mas achei meio mal contada essa história… O Fox sempre teve injeção eletrônica, por que sairia um carburado para venda no Brasil? Talvez a Ala Zero explique esse enigma…

      • Andre Decourt disse:

        Alguns carros foram desviados para o mercado interno, cna maioria das unidades os faróis eram trocados para assimétricos, os parachoques USA retirados mas a injeção ( por exigência da SEI) sempre era trocada por um carburador. De resto o carro permanecia como um Fox

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>