MENU

sexta-feira, 15 de setembro de 2017 - 10:07F-1

ANÚNCIOS, ANÚNCIOS, ANÚNCIOS

RIO (ainda atrapalhado) – A sexta-feira começou com uma série de anúncios oficiais em Singapura* já esperados, mas que sempre têm um impacto quando finalmente emergem:

- A McLaren se divorciou da Honda. Terá, pela primeira vez, motores Renault. O acordo é de três anos. Ótimo para os dois e para Alonso, que vai acalmar e seguirá na equipe.

- A Honda vai para a Toro Rosso. Bom para a Honda, que sem pressão de time grande poderá trabalhar com mais tranquilidade. Para a filial da Red Bull, meio que tanto faz. O que pode estar acontecendo, na verdade, é um ensaio de uma parceria futura dos japoneses com a equipe principal. A Renault já teria avisado à Red Bull que no fim de 2018 não renovará o contrato.

- Sainz Jr. vai para a Renault. Palmer dançou, e agora a questão é saber quem a Red Bull colocará na Toro Rosso. Gasly é o candidato mais provável.

- Rosberguinho será empresário de Kubica. Quer ajudar o polonês a voltar à F-1. Que história mais doida…

Já voltamos.

* Passamos a grafar o nome do país com “S”, de acordo com o acordo ortográfico entre Brasil e Portugal, que unificou a forma de escrever “Singapura”. Até 2016, as duas grafias — “Cingapura” e “Singapura” — eram aceitas.

23 comentários

  1. Pra 1993 teve uma possibilidade de a McLaren ter motores Renault, mas os combustíveis da McLaren (Shell) e Renault (Elf) impediram.

  2. Caique Pereira disse:

    Acho que o Kubica da BMW e Lotus já era…não esperem nada a mais que um piloto normal, que eventualmente terá um dia ótimo.

  3. Eustáquio disse:

    Será que essa decisão da Mclaren, forçada por Alonso, de troca de motores a Honda acerta o motor ano que vem? Vai cair na na conta do espanhol que ele só escolhe decisões erradas.

  4. Luiz G disse:

    Só eu estou triste porque Alonso não vai pra Indy?
    Como torcedor, estou arrasado….Seria um espetáculo para a Indy e para Alonso….

    mas…vida segue…sniiif…

  5. Wesley Andrade disse:

    Eu sempre preferi Cingapura sobre Singapura… Sentirei saudades.

  6. EUGÊNIO VIEIRA disse:

    Algum dia, a Honda vão acertar…vai ser bem legal ver a cara de muita gente o dia que isso acontecer… Hoje ninguém quer…Lembram na segunda metade dos anos 80 quando todo mundo queria? Quem sabe…

  7. Saima disse:

    Com a sorte e o timing que o Alonso tem, no ano que vem a Honda vem com um canhão e arrebenta com todo mundo. De 1983 a 85, eles patinaram. De 86 em diante foi o que se viu.

  8. Teo disse:

    Alguém lembra do bar Singapura que tinha em SP? Ahh, os anos 80, bons tempos….

  9. JAIRO FARIA disse:

    Honda é Honda! Eles já dominaram esse negócio, e não é o caso de paixão por competir,. é o mercado mundial de automóveis em jogo,.. os caras não vão deixar barato,… e recordem que já aconteceu… na CART, e na época a Chip Ganassi colheu os frutos com Zanardi com um motor que ninguèm queria! No entanto o que a meu ver da força a essa minha teoria, .. vem a ser a faculdade especialissima de Fernando Alonso para sempre estar na equipe errada no momento errado,.. (ele não erra uma!) E cá prá nós é um mala e mal caráter!

  10. Nuno Cardoso disse:

    O Horner hoje à sky f1 quase confirmou que a Aston Martin será fornecedora de motores da RedBull quando o contrato com a renault acabou – http://www.skysports.com/watch/video/sports/f1/11036520/horner-hints-at-new-engine-deal (não sei se posso postar link de video, mas aqui vai na mesma ;)

    • Luigi disse:

      Seria um risco maior que a própria Renault e Honda juntas.
      A Aston Martin nunca fez nada na F1 e a única vitória em uma prova de respeito e repercussão, foi em 1959 com a vitória.nas 24h de Le Mans, com Carol Shelby e Roy Salvatore. E em tempos que os carros não eram tão tecnológicos e a habilidade dos pilotos eram muito mais exibidas, erros bobos como os que acontecem atualmente, costumavam ser fim de carreira para pilotos.

  11. Fabio Tust disse:

    Foi interessante ouvir o Christian Horner falando sobre a troca de motores. No momento ainda não havia sido confirmado então ele não quis entrar muito no assunto, mas aproveitou para criticar as regras para os motores e a complexidade dos mesmos. Disse que quando duas empresas gigantes, como Honda e Renault, tem problemas para conseguir atender as regras dos motores híbridos e não conseguem uma boa relação de velocidade e confiabilidade é por que existe algo muito errado nestas regras.

  12. Pedro disse:

    A Honda vai botar pilha pra ter um japonês na toro Rosso. Nessa brincadeira, o Kviat pode dançar…acho que o Gasly oferece mais que ele.

  13. Paulo Pinto disse:

    O problema é que fica estranho quando a gente escreve Singapuragate…

  14. Andre C L disse:

    McLaren conseguiu se livrar da Honda, mas não do Alonso…

  15. Wellington disse:

    Alguma duvida que ano que vem a Honda vai produzir um foguete e o Alonso vai ficar com aquela cara de “de novo nao”. Ele esta sempre no lugar errado, na hora errada.

  16. Flavio Costa disse:

    O Fumassa vai dançar!

  17. Amaral disse:

    Periga da Renault fazer água com o Alonso. Espero que não. Assim como torço muito pela Honda se dar bem e continuar na categoria. Vai que a Honda finalmente acerta e faz da Toro uma nova Force India…
    Palmer já vai tarde. Monta uma equipe com o Gutierros na Indy. Vai se dar bem lá estampando muro. Não vou sentir a mínima saudade dele.
    E já falei num outro momento que a missão do Massa já acabou. Desencana da F-1 e vai ser feliz correndo onde der na telha. Bota o Kubica lá pra gente saber se ele com um braço e meio corre mais que o Stroll com dois braços e hack de dinheiro infinito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>